República dos Tambores -Pelourinho - Salvador - Bahia - Brasil © Viaje Comigo
Publicado em Abril 1, 2022

Músicas que nos fazem viajar até Salvador e Bahia

Américas/ Brasil [ Bahia/ Salvador ]

Durante a minha viagem de um mês por Salvador, na Bahia (Brasil), ouvi várias vezes “baiano não nasce, ele estreia!”. E é a mais pura das verdades. É neste Estado da Bahia onde nasceram alguns dos maiores nomes da música brasileira, ou se não nasceram para aqui se mudaram, ou decidiram fazer músicas a ela dedicada. A Bahia é considerada um enorme pólo cultural do Brasil, em todos os sentidos.

No Largo do Pelourinho - Salvador - Bahia - Brasil © Viaje Comigo

No Largo do Pelourinho – Salvador – Bahia – Brasil © Viaje Comigo

– Está à procura de alojamentos para a sua viagem? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida

Precisas de SEGURO DE VIAGEM? Ao ires por este link tens, como leitor do Viaje Comigo, 5% de desconto! Viaja em segurança!

Iati seguros

E foi ao estar na Bahia que percebi que qualquer lugar serviu de inspiração para centenas de músicos. A arte de escrever sobre os locais que nos cortam a respiração, os pontos de festa (e de Carnaval); a cultura africana que tanto aqui se sente; a História; o Candomblé; a capoeira; a Timbalada; os batuques que se ouvem em qualquer lado de Salvador; há alegria, há movimento, há paixão na veia deste povo e samba. O samba nasceu na Bahia, já dizia o carioca Vinicius de Moraes.
“Ponha um pouco de amor numa cadência
E vai ver que ninguém no mundo vence
A beleza que tem um samba, não

Porque o samba nasceu lá na Bahia
E se hoje ele é branco na poesia
Se hoje ele é branco na poesia
Ele é negro demais no coração”
(“Samba da Benção” de Vinícius De Moraes)

E há romantismo também! “Ah, Susana, se você facilita aqui no Brasil, vai quebrar o coração muitas vezes”, dizem-me entre muitos risos, incluindo os meus. Aqui, tudo é pura inspiração.

Casa do Carnaval da Bahia - Salvador - Brasil © Viaje Comigo

Casa do Carnaval da Bahia – Salvador – Brasil © Viaje Comigo

E foi na Cidade da Música da Bahia que fiquei a saber mais sobre o Carlinhos Brown, a música e instrumentos que criou e como a sua arte mudou o seu bairro, o Candeal. Depois vi a Itapuã cantada por e eternizada por Vinicius de Moraes, Toquinho e Caymmi.

Tarde em Itapuã – Toquinho e Vinicius de Moraes

Passar uma tarde em Itapuã
Ao sol que arde em Itapuã
Ouvindo o mar de Itapuã
Falar de amor em Itapuã
Enquanto o mar inaugura
Um verde novinho em folha
Argumentar com doçura
Com uma cachaça de rolha

E porque fiquei na mente com algumas das músicas que marcaram a minha viagem, deixo-vos aqui uma pequena seleção – porque há muitas mais!! – e algumas das letras para entrarem no espírito baiano! Podem ouvir a playlist com músicas que fazem lembra a Bahia… ou que vos preparar para visitarem esta terra linda. Basta clicarem aqui.

Começo por uma das vozes que nasceu em Portugal mas (como eu!) se apaixonou pelo Brasil: Carmen Miranda
O que é que a baiana tem?
Que é que a baiana tem?

Tem torço de seda, tem (Tem)
Tem brincos de ouro, tem (Tem)

Corrente de ouro, tem (Tem)
Tem pano da costa, tem (Tem)
Tem bata rendada, tem (Tem)
Pulseira de ouro, tem (Tem)

Tem saia engomada, tem (Tem)
Sandália enfeitada, tem (Tem)
Tem graça como ninguém
Como ela requebra bem

E Michael Jackson que foi gravar com Olodum no Pelourinho (e não só!), no centro histórico de Salvador.

João Gilberto – Eu Vim da Bahia

Eu vim
Eu vim da Bahia cantar
Eu vim da Bahia contar
Tanta coisa bonita que tem na Bahia que é meu lugar
Tem meu chão, tem meu céu, tem meu mar
A Bahia que vive pra dizer
Como é que faz pra viver
Onde a gente não tem pra comer
Mas de fome não morre
Porque na Bahia tem mãe Iemanjá
De outro lado o Senhor do Bonfim
Que ajuda o baiano a viver
Pra cantar, pra sambar pra valer
Pra morrer de alegria
Na festa de rua, no samba de roda
Na noite de lua, no canto do mar
Eu vim da Bahia
Mas eu volto pra lá
Eu vim da Bahia mais algum dia eu volto pra lá

Novos Baianos – Farol da Barra

Quando o sol se põe, vem o farol
Iluminar as águas da Bahia
No Farol da Barra, o encontro é pouco
A conversa é curta, tudo é tão rápido como
Se furta
Como a luz bate nas águas
Como tudo que se passa

Luiz Caldas Homenagem A Salvador ‘Muito Prazer! Meu Nome É Salvador’
Muito prazer! Meu nome é Salvador
(Luiz Caldas e César Rasec)

Salvador é mistério
É paixão imediata
É o simples e o complexo
Faz poesia com seu verso
É o meu bem-querer

Salvador é Bahia
E Brasil no seu começo
Sua praia, seu jardim
Com seu povo sempre a fim
De viver, de amar, de curtir

Tá no som do berimbau ioiô
Atabaques no quintal iaiá
As ladeiras do Pelô
Sua comida, seu sabor e seus cantos

A igreja do Bonfim iaiá
O farol de Itapuã ioiô
Sua mistura de cor
Faz da nossa Salvador
Um encanto

Tem capoeira pra jogar
Samba de roda pra sambar
No Rio Vermelho, Amaralina
E na Ribeira

Tem a cultura popular
Do engraxate ao doutor
Muito prazer!
Meu nome é Salvador

Baianidade Nagô – Daniela Mercury

Na avenida Sete
Da paz eu sou tiete
Na barra o farol a brilhar
Carnaval na Bahia
Oitava maravilha
Nunca irei te deixar, meu amor

Toda menina baiana – Gilberto Gil

Toda menina baiana tem um santo, que Deus dá
Toda menina baiana tem encantos, que Deus dá
Toda menina baiana tem um jeito, que Deus dá
Toda menina baiana tem defeitos também que Deus dá
Que Deus deu
Que Deus dá
Que Deus entendeu de dar a primazia
Pro bem, pro mal, primeiro chão na Bahia
Primeira missa, primeiro índio abatido também
Que Deus deu
Que Deus entendeu de dar toda magia
Pro bem, pro mal, primeiro chão na Bahia
Primeiro carnaval, primeiro pelourinho também
Que Deus deu

Dorival Caymmi – Você já foi à Bahia?

Você já foi à Bahia, nega?
Não?
Então vá!
Quem vai ao Bonfim, minha nega
Nunca mais quer voltar
Muita sorte teve
Muita sorte tem
Muita sorte terá
Você já foi à Bahia, nega?
Não?

Então vá!
Lá tem vatapá
Então vá!
Lá tem caruru
Então vá!
Lá tem munguzá
Então vá!
Se quiser sambar
Então vá!

Nas sacadas dos sobrados
Da velha São Salvador
Há lembranças de donzelas
Do tempo do Imperador
Tudo, tudo na Bahia
Faz a gente querer bem
A Bahia tem um jeito
Que nenhuma terra tem

E também Caetano Veloso:

O Mais Belo Dos Belos – Daniela Mercury

Quem não curte não sabe, negão
O que está perdendo
É tanta felicidade
O Ilê Ayê vem trazendo
Dezoito anos de glória, não
São dezoito dias
Nessa linda trajetória
No carnaval da Bahia

We are the World of Carnaval

Ah, que bom você chegou
Bem-vindo a Salvador
Coração do Brasil, do Brasil
Vem, você vai conhecer
A cidade de luz e prazer
Correndo atrás do trio
Vai compreender que o baiano é
Um povo a mais de mil
Que ele tem Deus no seu coração
E o Diabo no quadril

São Salvador – Dorival Caymmi

São Salvador, Bahia de São Salvador
A terra de Nosso Senhor
Pedaço de terra que é meu
São Salvador, Bahia de São Salvador
A terra do branco mulato
A terra do preto doutor
São Salvador, Bahia de São Salvador
A terra do Nosso Senhor
Do Nosso Senhor do Bonfim
Oh Bahia, Bahia cidade de São Salvador
Bahia oh, Bahia, Bahia cidade de São Salvador

Alegria Geral – Olodum

E canta, canta Salvador, canta, canta
Canta meu amor, canta, canta
Olodum do Pelô
E canta, canta Salvador, canta, canta
Canta meu amor, canta, canta
Olodum do Pelô
Todos os domingos e terças-feiras
Tem samba de roda e capoeira
Domingo tem Olodum no Pelô
Na terça tem a benção do Senhor
Pelourinho se transforma em carnaval
Nesse momento a alegria é geral
No samba de roda eu toco agogô
Junto com Tom Zé, Capinam e Canô

Gerônimo – É D’Oxum

Nesta cidade todo mundo é d’Oxum
Homem, menino, menina, mulher
Toda essa gente irradia magia
Presente na água doce
Presente n’água salgada
E toda a cidade brilha
Presente na água doce
Presente n’água salgada
E toda a cidade brilha

Música – Protesto Do Olodum (Força e pudor)

Força e pudor
Liberdade ao povo do Pelô
Mãe que é mãe no parto sente dor
E lá vou eu
Declara a nação,
Pelourinho contra a prostituição
Faz protesto, manifestação
E lá vou eu
Aqui se expandiu
E o terror já domina o brasil
Faz denúncia olodum Pelourinho
E lá vou eu
Brasil liderança
Força e elite da poluição
Em destaque o terror, Cubatão
E lá vou eu
Io io io io io
La la la la la la la
Io io io io io
La la la la la la la
E lá vou eu
Brasil nordestópia
Na bahia existe etiópia

Saudades da Bahia – Dorival Caymmi e Tom Jobim

Ai, ai que saudade eu tenho da Bahia
Ai, se eu escutasse o que mamãe dizia
Bem, não vá deixar a sua mãe aflita
A gente faz o que o coração dita
Mas esse mundo é feito de maldade e ilusão

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo