Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo
Publicado em Janeiro 15, 2016

Red Light District, Amesterdão

Europa/ Holanda [ Amesterdão ]

Faz parte dos “roteiros turísticos” mas aqui não pode tirar fotografias nem filmar as montras. Na Holanda a prostituição está legalizada e, em Amesterdão, o famoso Bairro da Luz Vermelha (Red Light District) é onde estão concentradas as casas… com as luzes vermelhas.

Nas montras, as mulheres costumam estar de lingerie ou biquini (fluorescente) para chamar a atenção dos que ali passam, mas tudo dentro de um clima muito normal, afinal… é trabalho. No Red Light District trabalham cerca de 900 prostitutas em mais de 300 montras.

Apesar de a legalização da prostituição ter surgido para evitar a tráfico sexual, continua a existir a exploração de muitas mulheres. Apesar de ser proibido filmar e fotografar, há quem o tente e existem histórias dos seguranças das prostitutas que ficam com as câmaras fotográficas ou as mesmas vão parar aos canais.

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo5

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo5

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Neste mesmo bairro há muitos bares, coffeeshops, casas de shows de sexo ao vivo, peep shows, cabinas para assistir a filmes, sex shops, cinema erótico, Museu da Prostituição e muito mais.

Conta a história, que o bairro do Red Light District foi criado no século XIII, quando chegavam aos portos de Amesterdão os marinheiros e piratas e queriam divertimento com o sexo feminino. As casas das prostitutas eram iluminados com luzes vermelhas e assim ficou conhecido até aos dias de hoje. As montras apareceram em finais do século XIX e a atividade é legalizada desde 2000.

A maior parte das casas que já falamos (as mulheres estão nas montras porque é proibido a prostituição não pode estar nas ruas) está nas ruas Oudezijds Achterburgwal e Gordijnensteeg e Korte Stormsteeg, mas o famoso bairro é o De Wallen.

O bairro não é uma coisa à parte da cidade, pelo contrário, está completamente integrado numa zona onde há famílias a viver, escolas, etc. Algo o mais normal possível, mas com muitos turistas em redor.

O que vai visitar mais em Amesterdão? Pode comprar já – sem filas e sem perder tempo – os seus bilhetes para as maiores atrações e passeios em Amesterdão. Clique aqui.

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Sex Museum em Amesterdão © Viaje Comigo

Sex Museum em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Red Light District em Amesterdão © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo