Mural na Travessia do Mouro Traidor- Jijona - Espanha © Viaje Comigo Mural na Travessia do Mouro Traidor- Jijona - Espanha © Viaje Comigo
Publicado em Setembro 5, 2017

Guia para descobrir Jijona: O Lugar Mais Doce do Mundo – Alicante, Espanha

Espanha/ Europa/ Notícias [ Alicante/ Jijona ]

Há frases do marketing turístico que funcionam. E, para mim, Jijona auto-intitular-se “O Lugar Mais Doce do Mundo” é mais do que justo e verdadeiro, já que é o local onde estão as fábricas de produção do tradicional torrão. Fui conhecer Jijona (ou Xixona) – um município de Espanha, na província de Alicante, Comunidade Valenciana – num dia muito quente de verão.

Rua de Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Rua de Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Torre Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Torre de Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Se também for num dia muito quente aconselho a começar a visita primeiro pelo Castelo de Torre Grossa. O monumento, do século XII, tem apenas ruínas e a torre é o único resto arqueológico ainda visível. Foi a partir daqui, do topo, que surgiu a povoação, que depois se alargou para o sopé do monte. No cimo do monte tem uma panorâmica sobre Jijona e pode, a partir daqui, ir descendo, a pé, até chegar ao centro.

Torre Grossa - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Torre Grossa – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Torre Grossa - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Torre Grossa – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Curiosidade: diz-se que foi o Castelo de Torre Grossa que, durante a Guerra da Sucessão, serviu de refúgio aos apoiantes da causa de Felipe V. Em 1708, passou a ser propriedade dos habitantes de Jijona, por privilégio real, concedido por Felipe V.

Torre Grossa - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Vista da Torre Grossa – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

À medida que for descendo, fique atento às fontes e aos canos de água e às caras que lá estão. Diz a lenda que são uma espécie de anjos e que batizariam a água que cai nos canos, tornando a casa forte contra impurezas e maldades… Crenças à parte, é um pormenor curioso para ir verificando pelas ruas de Jijona.

Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Uma das partes que mais gostei em Jijona, enquanto caminhávamos na descida do centro, foi de um mural, na Travessa do Mouro Traidor, que ilustra alguma das tradições desta região. E é tão colorido e bonito! É impossível não parar para tirar uma fotografia.

Mural na Travessia do Mouro Traidor- Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Mural na Travessia do Mouro Traidor- Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Mural da Travessa do Mouro Traidor – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Mural da Travessa do Mouro Traidor – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Na descida, vai passar pelo Igreja de Santa Maria (ou Igreja Velha), ou melhor, pelo que resta dela. Segundo a história, a igreja terá sido mandada construir pelo rei Jaume I, mandando construir sobre uma antiga mesquita muçulmana do século XIII. Da Igreja Velha, de estilo gótico, resta pouco para ver… somente uma janela e uma parede.

Igreja de Santa Maria - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Daqui tem vista sobre a Igreja de Nossa Senhora da Assunção, edificada em finais do século XVI e princípios do século XVII, de sitio renascentista.

Igreja Nossa Senhora Assuncao - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Igreja Nossa Senhora Assunção – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Porta da Igreja Nossa Senhora Assunção - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Porta da Igreja Nossa Senhora Assunção – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

E, pelo caminho, vai encontrar muitas fontes de água fresca… e potável. Pode beber, à vontade! É o caso da Fonte de l’Andarra, instalada nos finais do século XIX

Fonte de l'Andarra - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Fonte de l’Andarra – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Há crianças a brincar nas ruas do centro histórico e os risos delas enchem-nas de vida, mesmo que agora poucas pessoas habitem aqui. O centro foi sendo abandonado nos últimos anos, apesar de a autarquia dinamizar com subsídios a quem queira reabilitar casas.

Um dos miúdos vem ter connosco e pede que o ajudemos a tirar a bola de uma varanda. Está cabisbaixo, mas o nosso guia diz que ele é que tem de ir lá à casa pedir. Passados nem dois minutos, já esqueceu a bola e atravessou-se à nossa frente com um camião de brincar.

Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Paramos aqui ao lado para visitarmos o forno medieval, do início do século XVI. O Forn del Raval de la Peñita diz-se ser o mais antigo de toda a Comunidade Valenciana e ainda funciona.

O forno secular ainda funciona, hoje em dia, dentro de uma padaria tradicional no centro histórico de Jijona. Atrás do balcão de atendimento, um grande forno é famoso por fazer, até aos dias de hoje, os bolos, bolachas, pães e outras coisas (quando lá chegamos estava a sair um arroz do forno, com um cheiro maravilhoso).

É do Forn del Raval que saem doces típicos como os Iguales (com amêndoa, farinha, manteiga, limão e canela), os Doblades (para a Festa de Todos os Santos), as Madalenas, e os Toñetes, que levam azeite e anis (além da farinha, gemas de ovo e açúcar).

Forn del Raval - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Forn del Raval – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

E quase em frente está a Fonte de Raval, de finais do século XIX, que foi recuperada (era muito maior). Apesar de ter muitas casas abandonadas, o centro histórico de Jijona é bonito e fácil de visitar.

Fonte de Raval - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Fonte de Raval – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Numas portas ao lado do forno, está a Ermida de Raval (Cerrer Raval, 28). Tem entrada grátis (segunda a domingo, 10h00-14h00 e 17h00-21h00) e é uma igreja construída numa vivenda particular, que no século XVII foi tornada uma Ermida. Se não estiver aberta, pergunte na padaria e alguém virá abrir a porta.

Ermida del Raval - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Ermida del Raval – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Ermida del Raval - Jijona - Espanha © Viaje Comigo1

Ermida del Raval – Jijona – Espanha © Viaje Comigo1

A Avenida da Constituição é a principal avenida de Jijona, conhecida também como Praça, já que originalmente assim foi desenhada. Aqui vai encontrar o edifício do Ajuntamento de Xixona, A Associação El Casino, a Casa Fábrica de Turronas Primitivo Rovira (primeira casa a albergar uma fábrica de torrão, de 1910) e a Casa Monerris (1928).

Nas ruas de Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Nas ruas de Jijona – Espanha © Viaje Comigo

La Turroneria - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

La Turroneria – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

O torrão tornou-se a iguaria mais típica de Jijona e há inúmeras festas, ao longo do ano, que divulgam a iguaria e não só… criam tapas com o torrão: “Tapeando com Turrón”.

É o exemplo da Esfera de Turrón do Restaurante L’Entrepà (onde almocei) e que foi eleita a Melhor Tapa na terceira edição do concurso.

Restaurante L'Entrepà - Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Croqueta de torrão – Restaurante L’Entrepà – Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Depois de almoço, está na altura de conhecer o rei da terra: o torrão. A empresa das marcas centenárias como El Lobo e 1880 (e também da Doña Jimena e Imperial Toledana) criou um Museu, em Jijona, onde pode ficar a saber mais sobre o processo de produção deste doce que, por tradição, é mais consumido na época natalícia.

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

O Museo del Turrón mostra parte da história do torrão e da própria empresa.

Em duas salas estão expostos instrumentos, peças e máquinas antigas, que mostram como tem evoluído a produção, apesar de esta ainda se manter bastante artesanal. O que mais sobressai numa das salas: A carrinha (camião) Rolls Royce antiga, com a inscrição do torrão 1880, que foi usado para publicidade e marketing.

A visita ao museu começa com entrada pela loja, mas… calma! Vai voltar aqui para as provas e compras. Subimos, então, para a sala onde podemos ver um vídeo sobre a produção do torrão. Se visitar a fábrica durante a semana poderá ver in loco a produção dos doces.
Fique a saber mais sobre este museu, aqui.

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Caixas antigas no Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón - Jijona - Alicante - Espanha © Viaje Comigo

Museo del Turrón – Jijona – Alicante – Espanha © Viaje Comigo

Só estive um dia em Jijona e como podem ver há muito para conhecer. Vejam aqui mais pontos turísticos a visitar.

Pode também aproveitar uma das festas locais, como a Semana Santa, por exemplo, para agendar a sua visita. A Festa de Mouros e Cristãos é uma delas e enche as ruas de festeiros na segunda metade do mês de agosto. Veja aqui outras festas de Jijona.

O que ver nas redondezas:
– Penyan Migjorn com 1.226 metros de altura, a cavidade na montanha proporciona uma vista fantástica sobre os montes
– Fontes e nascentes das montanhas
– Na altura das amendoeiras em flor é um espetáculo a ver as árvores todas floridas

– Procura hotéis em Jijona? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida
Pelas ruas de Jijona - Espanha © Viaje Comigo

Pelas ruas de Jijona – Espanha © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página