Foto avião e neve © Viaje Comigo
Publicado em Abril 8, 2020

Cancelamentos de viagens devido à Covid-19

Covid-19/ Notícias

Ia de viagem? Eu também! Se puder, não cancele as suas viagens, remarque-as. Primeiro, cada um vai ter de olhar para a sua própria situação financeira e, depois, perceber que o cancelamento de viagens pode levar ao desemprego de milhares (milhões) de pessoas, a nível mundial, e acabar com a sobrevivência de muitas empresas ligadas ao setor do turismo, desde os hotéis, aos aviões, transportes, restaurantes, etc.

Atenção que, sublinho mais uma vez, faça a remarcação, em vez do cancelamento, “se o puder fazer”, uma vez que terá de verificar novas datas para a sua viagem e se a própria agência/companhia/ empresa estará a tratar do assunto para que consiga arranjar a melhor solução para o seu caso.

Assim, devido à pandemia da Covid-19 o mundo está parado e as viagens, tema central dete site, terão de ficar paradas à espera de dias em que possamos sair livremente à rua.

Como contei, na minha “aventura” para sair do Chile – 24 horas depois de terem decretado que iam encerrar as fronteiras – em cada dia havia uma nova informação, um pedido para ter calma, que ia ter voos, uma informação que os voos eram cada vez menos para a Europa, que não tinha ligação de Madrid para o Porto… Enfim, foi um desafio conseguir chegar a casa no meio do caos mundial e… com apenas a troca dos meus voos originais.

Claro que a minha viagem ia durar até dia 28 de março e acabou a 17… mas consegui que me colocassem nas mesmas companhias e nos voos, apenas com troca, sem ter de pagar mais dinheiro por isso. Apenas tive de pagar o aluguer do carro que me fez chegar a casa, a partir de Madrid, uma vez que os voos entre Portugal e Espanha não existiam. Ainda vou solicitar à Iberia o voo que não se realizou entre Madrid-Porto (pedi um voucher para, mais tarde, utilizar esse voo).

Assim, todas as minha viagens este ano – que eram de trabalho e voluntariado -, à medida que os países foram encerrando fronteiras, foram sendo adiadas. Nenhum tour foi cancelado, uma vez que tenho esperança, e pensamento positivo, que ainda se vão realizar todas, apenas mais para a frente… A ver vamos!

No avião © Viaje Comigo

No avião © Viaje Comigo

Muitas companhias estão a pedir para que as pessoas fiquem com vouchers dos voos que foram cancelados. Claro que, em alguns casos, pode pedir o seu dinheiro de volta (noutros casos não pode!), mas, na minha opinião, se ainda pensa em fazer essa mesma viagem aguarde mais um pouco e veja como as coisas se vão processando.

Vivemos tempos especiais, que exigem medidas especiais e também uma especial paciência. Se todos formos pedir o dinheiro de volta estamos a assinar, em muitos casos, o despedimento de muita gente e o encerramento de pequenas, médias e grandes empresas. Porque somos milhões, no mundo, os afectados com toda esta situação.

Prevê-se que o futuro, economicamente falando, não vá ser fácil, uma vez que está quase tudo parado ou a meio gás. Estamos em casa à espera de ver como situação evolui e como pode qualquer um de nós ajudar. Em tempos assim, de apertar o cinto (mais uma vez!), é natural que queira ficar com o dinheiro para os seus gastos. Cada um terá de ver qual a sua melhor opção.

Se tratou de tudo com uma agência de viagens, vá falando com a mesma e vendo quais as melhores opções. Lembre-se que o futuro de vários postos de trabalho está seguro por um fio e nós todos poderemos ajudar a atenuar o que vai ser um caos económico.

Tem uma viagem num futuro próximo e já não a quer fazer por causa do Covid-19 ou porque já não existem os voos?

Atenção: devido à evolução dos acontecimentos e da pandemia, algumas das informações das companhias de aviação poderão estar desatualizadas. Sendo assim, sugiro que pesquisem dentro dos sites das próprias companhias/empresas a informação mais atualizada.

– Se marcou com a agência poderá tratar de tudo com eles. Eles ajudarão a tratar de tudo e a prestar-lhe as melhores informações.

– O que não impede que você também pesquise por sua conta. No entanto, tomar a decisão de cancelar viagens, sejam de trabalho ou lazer, é sempre difícil e cansativo. Lembre-se também que muita gente está a fazer o mesmo e poderá esperar mais tempo do que o normal por uma resposta.

– Booking: fale com o Booking e diretamente com os alojamentos onde tinha a sua reserva. Tente remarcar para datas convenientes para ambas as partes.

– Aviação: dependendo das companhias aéreas, pode solicitar o reembolso; um bilhete aberto (open ticket), ou seja, que fica em aberto até querer fazer a sua nova marcação; ou receber um voucher com o valor do mesmo e depois poderá escolher novas datas e até novo destino.

– Muita gente me colocou a questão da Logitravel: aqui cada um terá de ver as condições da compra do pacote, se for o caso. Há companhias que não devolvem nada se a compra tiver sido em pacote.

A Logitravel dividiu a questão em quatro situações (preencha o formulário do link de acordo com a sua situação):

1 – Antes do Estado de Emergência Reservas com partidas de 09/03/2020 a 14/03/2020

2 – Durante o Estado de EmergênciaReservas com partidas de 15/03/2020 a 17/04/2020
Logitravel diz: “Estamos gerando ‘bonos de viaje’ com o valor pago por cada reserva, para que possa usá-lo mais tarde. O voucher pode ser trocado em nosso site por qualquer outro tipo de viagem no futuro. Você receberá o comprovante por e-mail, com as instruções de uso, sem precisar fazer mais nada.”

3 – Após o Estado de EmergênciaReservas com partidas de 18/04/2020 a 01/05/2020
Logitravel diz: “Como a sua próxima viagem é tão próxima das datas de término do estado de emergência, entendemos que não deseja realizá-la nas datas programadas. Preencha o seguinte formulário e envie-nos com o seu pedido.

Estamos gerando ‘bonos de viaje’ com o valor pago por cada reserva, para que possa usá-lo mais tarde. O voucher pode ser trocado em nosso site por qualquer outro tipo de viagem no futuro. Você receberá o comprovante por e-mail, com as instruções de uso, sem precisar fazer mais nada.”

4 – No futuroReservas com partidas desde 02/05/2020

Bocas del Toro - vista do avião - Panamá © Viaje Comigo

Vista do avião – Panamá © Viaje Comigo

Como estou registada em diversas companhias aéreas, fui recebendo informações de cada uma delas, sobre o processo de demarcação dos voos:

TAP Air Portugal
Operação para o meu destino e voo foram cancelados:
Após solicitação, será emitido um voucher, no valor do bilhete não utilizado e não será alocado reencaminhamento. O voucher será enviado por e-mail e será válido para uma próxima compra com a TAP.

Operação para o meu destino mantém-se mas o meu voo foi cancelado:
Caso pretenda ser reencaminhado noutro voo, deverá entrar em contacto com a TAP. Em alternativa, poderá pedir emissão de um voucher no valor do bilhete não utilizado aqui. O voucher será enviado por e-mail e será válido para uma próxima compra com a TAP.

Quero alterar/desistir da viagem:
Altere ou cancele com antecedência a sua viagem.
Utilize o Gerir Reserva para alterar as datas do(s) seu(s) voos(s) de forma gratuita e online. É válida uma alteração gratuita por reservas.
Em alternativa, poderá pedir emissão de um voucher no valor do bilhete não utilizado. O voucher será enviado por e-mail e será válido para uma próxima compra com a TAP.

– Swiss International Air Lines: voos reservados até 31 de março podem ser remarcados, sem qualquer custo. Os bilhetes podem ser alterados para novos destinos; pode ficar com o bilhete em sua posse (reserva no e-mail) e posteriormente remarcar, sem taxas; o valor do bilhete será o mesmo e será adicionado um desconto de 50CHF posteriormente. Saiba mais aqui

Iberia: Se você tiver um bilhete para voar de 1º de março até 30 de junho, nós lhe oferecemos a possibilidade de solicitar um bônus no valor do bilhete ou de trocar a ata do seu voo.
Os bônus lhe oferecem a mais alta flexibilidade, porque são válidos para voos até o dia 30 de junho de 2021, sem restrições de datas, e você poderá usá-lo para um ou mais bilhetes, até esgotar todo o seu montante. Para solicitar o bônus, preencha formulário online.

Lufthansa: podem remarcar a viagem até 31 de abril de 2021; para novo destino, demarcações até fim de agosto; desconto de 50€ para quem tiver bilhete remarcado antes do fim do ano; também pode ter um voucher; mais info aqui.
“As reservas podem ser feitas através do nosso Call Center ou do seu agente de viagens. Não precisa entrar em contato connosco antes da data original do voo – seu bilhete manterá a validade mesmo após a data original do voo. Poderá agendá-lo novamente a qualquer momento até 31 de agosto de 2020. Devido ao atualmente volume muito grande de chamadas para os nossos Call centers , pedimos-lhe que entre só em contato connosco se viajar nas próximas 72 horas”.

Para ver outras companhias aéreas domando inteiro, veja aqui.

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo