Grande Palácio, Banguecoque, Tailândia @Viaje Comigo
Publicado em Junho 29, 2015

Dicas para viajar para a Tailândia

Ásia/ Tailândia

Vai viajar para a Tailândia? Estas são as primeiras informações que qualquer viajante, que está a preparar a viagem, tem de saber.
O lema do Reino da Tailândia é “Nação, Religião, Rei”. O sorriso é algo que é muito cultural, por isso, se algo correr mal, siga o mote e… sorria.

Religião: 94% budistas, 4% muçulmanos e 1% católicos.
Desporto: Muay thai é o chamado “boxe” tailandês e é o desporto nacional

Os reis tailandeses estudaram em Inglaterra e trouxeram alguns hábitos ingleses como o conduzir à direita.

A bandeira: vermelho representa a unidade do povo tailandês; o branco, o budismo; e o azul a monarquia.

Na chamada “Terra dos Sorrisos” há coisas importantes que deve saber:
– Não desrespeitar o Rei e a família real. Não é só por uma questão cultural e de educação… é porque dá pena de cadeia.

– Não deve apontar os pés para as estátuas do Buda. Porquê? Os pés são considerados a parte mais suja do corpo – até porque são a ligação ao mundo terreno – e por isso nunca se deve colocar pés em cima de mesas, por exemplo, nem apontar os pés para as estátuas. Cruze as pernas à chinês ou coloque os pés para trás. Nunca para a frente. À entrada de templos terá de tirar sempre os seus sapatos e em algumas casas também.

– Por oposição aos pés, a cabeça é a parte mais limpa do nosso corpo. Não deve por isso tocar na cabeça de um tailandês, nem mesmo (como se costuma fazer tantas vezes) às crianças.

– Uns quilómetros após o aeroporto um letreiro gigante diz “não compre imagens do Buda”, e “não faça tatuagens com Buda”. Os tailandeses são muito conservadores em relação à sua religião. Não brinque com isso e não tente trazer artigos religiosos consigo na viagem de volta.

– Ao entrar nos templos deverá obedecer a um “dress code”: nada de ombros à mostra, decotes, nem pernas à mostra. Saias e calções curtos são banidos. Sandálias e chinelos também não são muito bem vistos.

– Não toque nos monges e respeite os espaços que lhes são reservados.

– A posse e uso de drogas é severamente penalizada na Tailândia. Por causa delas alguns turistas ganharam estadia permanente nas cadeias tailandesas.

– Peça sempre para tirar fotografias aos tailandeses. Normalmente dirão que sim, mas por questão de educação devia sempre fazê-lo e perguntar antes.

Ayutthaya, Tailândia © Viaje Comigo

Ayutthaya, Tailândia © Viaje Comigo

Capital: Banguecoque, com 8 milhões de habitantes no centro; e mais de 14 milhões na Grande Banguecoque
Governo: monarquia constitucional
Língua: tailandês
Moeda: Bath
Tamanho: 513.115 Km2;
População: 67.741.401 habitantes (dados de 2014)

Fuso horário em relação a Portugal: + 6 horas
Fuso horário em relação à Brasília: + 10 horas

Clima: sempre quente e húmido
Documentação necessária: não é preciso visto para entrar na Tailândia, apenas um passaporte com validade mínima de 6 meses. Visto é só necessário para quem quiser permanecer no país por mais de 90 dias.
Eletricidade: 220v; tomadas de 2 pinos redondos e paralelos

Também pode ficar a saber algum do Vocabulário básico tailandês.

Site de turismo da Tailândia

– Procure hotéis na Tailândia

Grande Palácio, Banguecoque, Tailândia @Viaje Comigo

Grande Palácio, Banguecoque, Tailândia @Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo