Praia Cayo Coral - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo Praia Cayo Coral - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo
Publicado em Janeiro 19, 2018

Viajar para Bocas del Toro, Panamá

Américas/ Panamá [ Bocas del Toro ]

No Panamá, Bocas del Toro é muito provavelmente uma das suas províncias mais turísticas e um dos destinos mais procurados. A capital tem o mesmo nome (Bocas del Toro) e é conhecida pelas suas ilhas de águas cristalinas, recantos de natureza (procurados por quem gosta de caminhadas), ondas para surfistas e um centro muito animado, com bares e comida do mundo. A maior parte da sua população é descendente de indígenas e ainda se encontram alguns a viverem em casas de madeira, junto do mar.

Saída do Ferry - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Saída do Ferry – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Bocas del Toro - vista do avião - Panamá © Viaje Comigo

Bocas del Toro – vista do avião – Panamá © Viaje Comigo

O arquipélago tem nove ilhas principais e 52 cayos, ou seja, ilhas baixas e arenosas, formadas na superfície de recifes de coral e tem também outros milhares de ilhotas. O Parque Nacional Marinho é Património da Humanidade da UNESCO e é um dos destinos eco-turísticos mais visitados, com uma grande diversidade de fauna e flora. As viagens entre ilhas são feitas de barco e existem muitas agências que providenciam os tours – mas poderá também negociar diretamente com os proprietários dos barcos e até conseguir preços mais em conta.

Bocas del Toro - vista do avião - Panamá © Viaje Comigo

Bocas del Toro – vista do avião – Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Onde se ganham os barcos: nas traseiras das casas – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Toda a minha visita a Bocas del Toro – fui da Cidade do Panamá a bordo de um “micro” avião e só podia levar uma mala até 14Kg no porão e de 4Kg comigo – teve o centro na Isla Colon, que é a ilha mais populosa do arquipélago de Bocas del Toro e a capital da província. A maior parte dos hotéis, restaurantes, bares, agências turísticas e outros negócios estão aqui localizados, assim como o Aeroporto Internacional de Bocas del Toro. É aqui que chega os turistas e é daqui que saem os passeios para toda esta região.

Aeroporto de Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Aeroporto de Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

A Bocas Town fica na parte sul da Isla Colon e é a capital e cidade principal das ilhas de Bocas del Toro. Apesar de ser um local muito movimentado, é pequena e é muito fácil andar por lá. Fica tudo perto e nem precisa de transportes – exceto para os passeios das ilhas, de barco, e praias locais, de jipe. Faz-se tudo muito bem a pé (mas andar de táxi não é muito caro), para procurar lojas ou os locais onde comer.

A maior parte das lojas, hotéis, restaurantes e bares estão nas Ruas 1, 2 e 3 (as ruas têm números) e, no centro da cidade, está o Parque Simon Bolivar, onde pode encontrar um parque infantil e barraquinhas com artesanato e com comida tradicional. No centro do Parque está um coreto e edifício antigo – rodeado de canhões – que alberga serviços administrativos e os correios.

Parque Simon Bolivar - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Ao anoitecer, os bares ganham muita vida e têm festas temáticas até de madrugada. Há também restaurantes com cozinhas diferentes, do sushi ao italiano, ou do francês ao panamiano, para poder variar em cada dia. Experimentei alguns desses locais (ver mais abaixo do texto os restaurantes) no centro da cidade.

Restaurantes na Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurantes na Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Apesar de ter muitos negócios em Bocas Town, fique com um aviso muito importante: não há casas de câmbio na Isla Colon! Tem banco mas não fazia câmbio quando visitei (em 2017). Tinha duas caixas Multibanco onde podia levantar dinheiro.

Nota: nos passeios de barco, leve água consigo, chapéu, repelente de mosquitos e protetor solar (muito!). Leve biquini já vestido (em alguns locais dá para mergulhar e fazer snorkelling), toalha e chinelos de praia.

Cayo Coral - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Cayo Coral – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Na Isla Colon encontrará algumas das melhores praias do arquipélago de Bocas del Toro: as mais calmas, para nadar, são a Starfish Beach, Sandfly Beach e a Big Creek Beach. Já a Bluff Beach é muito conhecida mas mais pelo surfistas e por causa das suas ondas grandes. Vai ver os avisos repetidos para ter cuidado com as fortes correntes. Então, não se aventure muito a nadar nesta praia, ou seita os conselhos para não nadar contra a corrente. Para chegar à Praia Bluff, a partir de Bocas Town, pode ir de bicicleta mas há carrinhas que fazem o trajeto (que é só de areia e de terra e com muitos buracos) por 3.50$. Apesar de o caminho ser duro, vale muito a pena chegar a este local paradisíaco.

O paraíso na Praia Bluff, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O paraíso na Praia Bluff, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Na estrada, junto da entrada na praia, há inúmeros hotéis e todos com piscina (mesmo que seja pequena) porque o mar, por vezes não deixa nadar. São hotéis bonitos, alguns tipo resort, outros de ambiente ecológico. E estão a apenas alguns metros da praia. É um local mais calmo que o centro de Bocas Town. Aqui, também vai encontrar outras praias: a praia Istmito, a Playa Tortuga, Big Creek e a Praia Paunch (esta última também muito procurada pelos surfistas).

Piscina de resort na Praia Bluff - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo.

Piscina de resort na Praia Bluff – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo.

Numa viagem de barco fui ter à Praia das Estrelas do Mar (Starfish Beach) e a Boca del Drago. São bons locais para snorkelling e têm restaurantes em cima da praia. São locais excelentes para passar um dia de “dolce far niente” num pedacinho de paraíso. Depois de almoçar, em Boca del Drago, pode fazer uma caminhada até à praia onde as estrelas do mar estão ali, aos nossos pés. É estritamente proibido pegar nelas e muito menos tirá-las da água, mesmo que seja por breves segundos. Isso matará as estrelas do mar.

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Aqui perto está a Ilha dos Pássaros, que é uma das mais populares ilhas do arquipélago. É uma pedra gigante que é casa de dezenas de espécies de aves – algumas delas aves raras. Nesta viagem, o barco não pára; dá a volta à ilha para podermos ver os seus habitantes e afasta-se lentamente.

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O QUE FAZER EM BOCAS DEL TORO

1 – CONHECER BOCAS TOWN

É a cidade principal da Isla Colón, capital da Província de Bocas del Toro. É o centro turístico desta área, onde se concentraram hotéis, restaurantes, bares e comércio em geral. Pode ficar a conhecer tudo a pé e, perto da praça central, tem barraquinhas com comida regional e lojas de artesanato. É aqui que chega o ferryboat, vindo de terra firme e é daqui que saem todas as excursões de barco para o resto da ilha.

Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Parque Simon Bolivar - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Barraquinhas de artesanato e comida tradicional – Parque Simon Bolivar – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Lojas na Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

2 – CAYOS ZAPATILLA

São duas ilhas desabitadas, que podem ser visitadas por turistas, que ficam a leste da Isla Bastimentos. A do norte tem 14 hectares de extensão e a do Sul tem 34 hectares. Ambas as ilhas estão dentro da área do Parque Nacional Marinho Isla Bastimentos e são locais perfeitos para snorkelling.

Snorkeling - Cayo Zapatilla - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Snorkeling – Cayo Zapatilla – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Snorkeling - Cayo Zapatilla - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Snorkeling – Cayo Zapatilla – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

3 – BAÍA DOS GOLFINHOS

É conhecida como La Laguna Porras, um lago natural de água salgadas, rodeada por mangais, com diversos canais. Com sorte poderá ver alguns golfinhos mais atrevidos, apesar de a maior parte fugir das lanchas e dos turistas.

4 – PLAYA RED FROG

Fica na Isla Bastimentos e é uma praia denominada Red Frog ou La Rana Roja. Pode chegar ao local de barco desde a Isla Colón. Paga cerca de 3 dólares para entrar no Parque. Como só há um restaurante nesta zona, poderá optar por levar comida e bebida e fazer um piquenique.

5 – ISLA BASTIMENTOS

É uma das maiores ilhas de Bocas del Toro e aqui encontra a cidade Old Bank, a comunidade indígena Quebrada do Sal e o Parque Nacional Marinho Isla Bastimentos – o parque foi criado em 1988. As suas temperaturas médias anuais de 26 graus e chuvas proporcionam o crescimento da flora como se de uma floresta tropical se tratasse, com plantas que exibem diferentes verdes. O Parque tem uma extensão de 13.226 hectares, dos quais 11.596 são marinhos.

Tem muitas praias para desfrutar e observar animais – sem os perturbar – como macacos e preguiças. É um bom local também para fazer snorkelling. Saiba mais.

Isla Bastimentos, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Bastimentos, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Bastimentos, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Isla Bastimentos, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

6 – PLAYA DE LAS ESTRELLAS

Uma bonito areal, rodeado de floresta, com água muito quente e límpida onde se podem observar as estrelas do mar. É totalmente proibido pegar nas estrelas do mar. Tem restaurantes e branquinhas de artesanato. Saiba mais.

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

7 – PRAIA BLUFF

Mais procurada por surfistas, por causa das suas ondas grandes, a Bluff conquistou-me com o seu ambiente tranquilo e longo areal. É preciso ter muito cuidado com as correntes fortes neste local – siga as indicações. Saiba mais.

O paraíso na Praia Bluff, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O paraíso na Praia Bluff, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O paraíso na Praia Bluff, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

8 – ISLA DE LOS PÁJAROS

É uma ilha com várias rochas habitadas por dezenas de aves, migratórias e nativas. A Isla de los Pájaros, e também conhecida como Swan Cay, é um dos locais mais afastados de Bocas del Toro e é tida como uma das mais belas e mais bem protegidas ilhas do país. Leia mais.

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

A Ilha dos Pássaros, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

9 – PARQUE INTERNACIONAL DE LA AMISTAD

Não tive tempo para conhecer este parque, porque só fiquei dois dias em Bocas del Toro, mas está em todos os guias turísticos. Foi criado em 1988 pelos Governos do Panamá e Costa Rica, já que os dois países dividem fronteira. O Parque Internacional de la Amistad (PILA) estende-se por mais de 207 mil hectares, no lado panamiano, e está localizado na Cordilheira Central. É a casa de mais de 400 espécies protegidas.

10 – BOCA DEL DRAGO

No lado noroeste da Isla Colón, no Panamá, está a cidade de Boca del Drago, sendo este o ponto mais próximo ao arquipélago de terra firme. Pode chegar lá através de via terreste ou marítima (eu fui de barco e demora-se cerca de 20 a 30 minutos) e muita gente vem por aqui para depois chegar à Playa de las Estrellas, caminhando cerca de 20 minutos pela praia – um passeio muito bonito. Boca del Drago tem restaurantes e casas turísticas para alugar. Leia mais.

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

PROGRAMA DE 2 DIAS EM BOCAS DEL TORO

PRIMEIRO DIA

Acordar bem cedo para ir até à Isla Cayo Zapatilla / Parque Nacional Marinho, fazer uma caminhada no parque e snorkeling no mar. Depois destas atividades, o almoço é servido com o espetacular cenário de Cayo Coral, num bungalow com uma vista paradisíaca, no restaurante Alfonso, que serve a cozinha panamiana. Muitos barcos de passeios páram aqui e deixam os turistas para provarem a comida regional. Um dos pratos mais típicos tem o peixe fresco, grelhado, arroz com côco e os patacones, que são fritos de plátano verde. Estamos num espaço simples, mas paga-se esta exclusividade e a vista: cada refeição custa cerca de 20 dólares.

Acabado o almoço, fazemos o passeio de barco por estas águas cristalinas onde se conseguem ver os peixes e as estrelas do mar, mesmo sem mergulharmos. Regressamos a Bocas Town e seguimos, de jipe, até à Praia Bluff, com paragem numa das esplanadas dos hotéis à beira-mar plantados. É o local perfeito para o final de dia.

Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Vista do WC do Alfonso - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Vista do WC do Alfonso – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

SEGUNDO DIA

De manhã cedo partimos para a Ilha dos Pássaros. São cerca de 25 minutos de barco – como o tempo estava a fazer caretas, o mar estava com ondas e meio revolto. Mal abriu, e as nuvens se dissiparam, também o mar acalmou. Depois da visita a esta casa de aves raras, fomos almoçar a Boca del Drago, em cima da praia. Um restaurante típico (restaurante Yarisnori) e com peixe fresco (tal como dia anterior) grelhado, servido com arroz de côco e patacones (fritos de plátano verde).

Depois do almoço, faz-se a caminhada até à Playa de las Estrellas. A água está muito quente, não há quase turistas (fui em Maio de 2017) e não dá vontade de ir embora. Este local é um pedacinho de paraíso. Neste dia, regresso mais cedo à Isla Colón para dar uma volta e conhecer o centro da cidade.

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Boca del Drago, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Playa de las Estrellas, Isla Colón, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio - Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio – Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

RESTAURANTES: ONDE COMER NA ISLA COLON

Nos dois dias que fiquei na Isla Colón, experimentei dois restaurantes mesmo no centro da cidade, ao jantar. O El Último Refúgio (preço médio 20$), tem vista para o mar e cruza a gastronomia panamiana, com pratos descomplicados e sabores internacionais. Tem um ambiente jovem e também tem serviço de bar, aberto para todos, mesmo que não vá jantar.

O restaurante Buena Vista tem as traseiras viradas para o mar e música ambiente, estando situado na rua principal de Bocas Town. Abriu em 1997 e serve desde pequenos-almoços, almoços e jantares, estando ainda aberto para a Happy Hour e convívio. É bar e tem como especialidades os grelhados, principalmente os peixes – com base na cozinha tradicional panamiana. Também serve wraps e outros snacks para ir petiscando.

Buena Vista - Isla Colon - Bocal del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Buena Vista – Isla Colon – Bocal del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Buena Vista - Isla Colon - Bocal del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Buena Vista – Isla Colon – Bocal del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Buena Vista - Isla Colon - Bocal del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Buena Vista – Isla Colon – Bocal del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Buena Vista - Isla Colon - Bocal del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Restaurante Buena Vista – Isla Colon – Bocal del Toro – Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio - Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio – Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio - Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio – Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio - Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

El Ultimo Refugio – Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

ONDE SAIR NA ISLA COLON

Percebi que, na Isla Colón, a maior parte dos restaurantes tem a Happy Hour e coloca os preços das bebidas mais baratas ao final do dia, antes do jantar. É a hora do convívio, quase obrigatória, antes de ir matar a fome. E se for pela rua vão chamá-lo e “seduzi-lo” para escolher um bar em detrimento de outros.

Depois disso, pela noite fora, vai encontrar bares e discotecas e espaços com música ao vivo. São muitos! Fui até a um dos mais míticos, o Barco Hundido, que foi construído em redor de destroços de um navio. Aliás, junto da entrada do bar, está o areal e o mar. O bar está construído acima da água. É um espaço muito agradável, sem paredes, com DJ’s e um espaço de pista que dá para dançar. Muito animado!

Barco Hundido - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Destroços de barco – Barco Hundido – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Barco Hundido - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Barco Hundido – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

Barco Hundido - Isla Colon - Bocas del Toro - Panamá © Viaje Comigo

Barco Hundido – Isla Colon – Bocas del Toro – Panamá © Viaje Comigo

HOTÉIS: ONDE FICAR NA ISLA COLON

No Panamá, na Isla Colón, que é ilha principal do Arquipélago de Bocas del Toro – aliás, é a maior ilha da província de Bocas del Toro e a quarta maior do país – fiquei instalada no Hotel Bocas Town mesmo no centro da Isla Colón. Um local simples, com ambiente de praia. O pequeno-almoço é igualmente simples. Leia mais.

– Procura outros hotéis no Panamá? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida
Hotel Bocas Town, Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Traseiras do Hotel Bocas Town, Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Hotel Bocas Town, Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Hotel Bocas Town, Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

VOAR PARA BOCAL DEL TORO

O avião é muito pequeno e sai do aeroporto da Cidade do Panamá. Precisamente por ser pequeno só pode levar malas até 14 Kg, no porão, e só 4 kg como bagagem de mão. As garrafas de água não poderão entrar se estiverem abertas. Mas, tem garrafas de água numa máquina e doces, dentro do aeroporto. O aeroporto de Bocas del Toro é muito pequeno – e é natural que o voo vá cheio de norte-americanos que aqui vêm passar férias.

Bocas del Toro - vista do avião - Panamá © Viaje Comigo

Bocas del Toro – vista do avião – Panamá © Viaje Comigo

O QUE COMPRAR

Além do óbvio chapéu do Panamá, há cestaria e peças de madeira de artesanato que poderão ser interessantes. Em Bocas del Toro poderá encontrar as tradicionais Molas, assim como os habituais ímanes, tshirts, bolsas, roupas, etc. Eu trouxe, como recordação, uma das tartarugas-íman feita em madeira.

O que comprar: chapéus - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O que comprar: chapéus – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Ímanes – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Tartarugas de madeira - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Tartarugas de madeira – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Pulseiras - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Pulseiras – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O que comprar: Fitas com molas - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

O que comprar: Fitas com molas – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Loja de artesanato - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Loja de artesanato – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Esta viagem foi feita com o apoio da Autoridade Turismo do Panamá, com a coordenação do departamento de comunicação internacional. Voei para o Panamá com a Copa Airlines, a partir do Brasil. Saí do Rio de Janeiro e voltei para Porto Alegre, dois dos aeroportos brasileiros para onde voa esta companhia panamiana.

Saiba mais sobre a viagem ao Panamáleia aqui

Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

“Bocas es amor” – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Loja de artesanato - Isla Colon - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Loja de artesanato – Isla Colon – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Peixes no Restaurante Alfonso - Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Peixes no mar – no Restaurante Alfonso – Bocas del Toro, Panamá © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo