Rio Douro © Viaje Comigo
Publicado em Fevereiro 28, 2017

Cachão da Valeira, Douro

Norte/ Portugal [ Douro/ Uma fotografia por dia... ]

A imagem de destaque é uma das minhas favoritas. Sem filtros, o Douro como ele é, em dias de sol… Estava um dia lindo no rio Douro quando fui fazer um passeio de barco e ao chegar à zona do Cachão da Valeira, o rio virou chão… nem um movimento se sentia…

Um ponto histórico deste passeio é a passagem pelo Cachão da Valeira onde está cravado na rocha (ver imagem abaixo), como homenagem, um marco.

Foi aqui que morreu afogado o barão Forrester. O escocês, cujo nome está associado à história do vinho do Porto, faleceu no local que mais temia, um dos mais perigosos na navegação do rio, onde muita gente perdeu a vida a fazer o transportes dos vinhos do Douro.

Foi em 1861 que o barco se afundou e, segundo reza a história, as senhoras (entre as quais estava D. Antónia Ferreira, conhecida como Ferrerinha) safaram-se por causa dos balões das saias que as mantiveram à superfície da água.

Já de Forrester, cujo corpo nunca chegou a aparecer, diz-se que andaria sempre carregado de moedas e que isso terá feito com que fosse ao fundo mais rapidamente.

Desafio 2017 – #59 Uma fotografia por dia…
Em 2017 tenho este desafio… colocar uma fotografia por dia, aqui no Viaje Comigo, relatando a história que está por detrás da mesma. E o desafio vale também para os leitores que queiram partilhar connosco as suas histórias e imagens!

Veja aqui outras imagens e outras histórias da rubrica “Uma fotografia por dia…”. Boas viagens!

Cachão da Valeira, Douro © Viaje Comigo

Cachão da Valeira, Douro © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo