Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo
Publicado em Fevereiro 16, 2017

Fortaleza de Maputo, Moçambique

África/ Moçambique [ Maputo ]

Com entrada virada para a Praça 25 de Junho, a Fortaleza de Maputo – ou praça de Nossa Senhora da Conceição – é um dos principais monumentos históricos da capital moçambicana e que retrata a presença portuguesa neste país. O espaço foi ocupado no início do século XVIII mas esta estrutura atual começou a ser construída em inícios do século XX.

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

A Fortaleza tem uma planta quadrangular, construída com pedra avermelhada, e com um único portão de acesso que se abre para um pátio central. No interior, divide-se em várias salas com exposições diversas, algumas permanentes e outras temporárias, organizadas pela Universidade Eduardo Mondlane.

Foto antiga da Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Foto antiga da Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Estátua de Mouzinho de Albuquerque - Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Estátua de Mouzinho de Albuquerque – Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

No pátio exterior da Fortaleza, rodeado de antigos canhões, destaca-se (com quase 5 metros de altura) a estátua equestre de Mouzinho de Albuquerque – antes da Independência de Moçambique estava em frente à Câmara Municipal de Lourenço Marques – que foi comissário régio em Moçambique, em finais do século XIX. A autoria da estátua é atribuída a Simões de Almeida e António Couto.

Estátua de Mouzinho de Albuquerque - Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Estátua de Mouzinho de Albuquerque – Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Nos jardins da fortaleza está ainda uma outra estátua, de António Enes, que foi comissário régio da Província em 1895. A estátua, de 1910, é da autoria de Teixeira Lopes.

Estátua António Enes - Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Estátua António Enes – Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

No centro do jardim, estão canhões com uma réplica dos padrões utilizados por Vasco da Gama, durante as suas descobertas e expedições.

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Também nos jardins fique atento aos painéis de esculturas onde estão representações históricas como a prisão de Gungunhana e a carga militar contra o império de Gaza.

Painéis na Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Painéis na Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Painéis na Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Painéis na Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Aqui jazem também, em urna de madeira, os restos mortais de Ngungunhane (Gungunhana) – Frederico Gungunhana, foi o último imperador do Império de Gaza, no território que actualmente é Moçambique -, transladados da ilha Terceira, nos Açores, em 1985. Esta sala foi anteriormente a capela da fortaleza e acolhe uma exposição que conta a história de Gungunhana.

Ngungunyane - Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Ngungunyane – Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

O reinado de Gungunhana (1884 – 1895) foi interrompido quando foi feito prisioneiro por Joaquim Mouzinho de Albuquerque. A administração colonial portuguesa decidiu condená-lo ao exílio e foi transportado para Lisboa, acompanhado por um filho e por outros dignitários, e depois desterrado para a Ilha Terceira, nos Açores, onde viria a falecer em 1906.

INFORMAÇÕES

Fortaleza de Maputo, junto ao porto de pesca
Morada: Praça 25 de Junho, Maputo, Moçambique
Entrada: 20 Mt
Horário: encerra à segunda-feira; 09h00-12h00 e 14h00-17h00

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Fortaleza de Maputo, Moçambique © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo