Parque do Retiro, Madrid ©Viaje Comigo
Publicado em Março 16, 2015

Visitar Madrid, Espanha

Espanha/ Europa [ Madrid ]

Em Espanha, a capital Madrid é uma cidade de culto boémio desde o período pós-franquista – conhecido por “movida madrilena”. Hoje em dia, continua a destacar-se tanto pela animação, como pelos museus, pelos mercados e pelos seus habitantes.

O Viaje Comigo deixa-lhe sugestões para que descubra algumas das melhores coisas que Madrid tem para oferecer.

Madrid - Palácio de Cibeles

Madrid – Palácio de Cibeles

O QUE VISITAR EM MADRID?

1. Catedral de la Almudena

A Catedral de Santa Maria a Real de Almudena é considerada, por muitos, o edifício religioso mais relevante de Madrid e, em 1993, foi decretada pelo Papa João Paulo II como a única catedral consagrada fora de Roma. Demorou 110 anos a ser construída!
O interior da Catedral tem pormenores encantadores, como os vitrais e o teto, que fogem do estilo clássico da época apostando em cores garridas e linhas retas.
Pode ainda visitar o museu adjacente que integra inúmeros objetos, como mosaicos e escudos episcopais, que contam a história da diocese de Madrid. Do topo da catedral tem uma vista fantástica sobre a cidade.

Horário Catedral de la Almudena: segunda-feira a domingo, das 09h00 às 20h30.

Madrid

Madrid

2. Convento de las Descalzas Reales

Este convento de Madrid é simultaneamente um museu premiado e situa-se nos arredores da agitada Porta do Sol e Gran Vía. Nos primórdios, era um palácio e só depois se tornou num convento, cujas freiras eram franciscanas mas, como todas tinham origens aristocráticas, eram conhecidas como as “descalças reais” e, por esse nome, ficou conhecido até aos dias de hoje.
Vale a pena visitar o convento pois está repleto de obras de arte como quadros, frescos, tapeçarias, azulejos, gravuras, entre outras peças -tudo isto outrora doado pelos familiares abastados das freiras.
Na igreja está o túmulo de Joana de Áustria, mas raramente essa área está aberta ao público.

Horário Convento de las Descalzas Reales: de terça-feira a sábado, das 10h00 às 14h00 e das 16h00 às 18h30; domingo e feriados, das 10h00 às 15h00; encerrado à segunda-feira
Preço: 6€

3. El Rastro

O El Rastro é um histórico e colorido mercado (funciona ao domingo e feriados) que tem à venda, nas suas bancas, artigos de todo o género, desde os mais banais aos mais peculiares, de roupas a mobílias vintage, num ambiente fervilhante.
Apesar de emanar esta animação, a sua origem é um pouco macabra. “Rastro” (rasto em português) remonta aos tempos em que aquelas ruas faziam parte do percurso para os matadouros, nas quais ficavam rastos de sangue dos animais transportados.
Curiosidades (obscuras) à parte, deve conhecer este mercado tradicional, ao ar livre, e pode fazê-lo somente aos domingos e feriados. Marque já na sua agenda.

El Rastro, Madrid

El Rastro, Madrid

El Rastro, Madrid

El Rastro, Madrid

4. El Retiro

O Parque del Retiro é o pulmão de Madrid desde que abriu ao público, em 1868, e nele pode desfrutar, além dos espaços verdes, de espetáculos de marionetas, música ao vivo e aluguer de barco a remos para passear no lago. Tudo isto, num ambiente animado e com elementos decorativos que não passam despercebidos.
No Retiro deve ficar a conhecer: o Portão da Independência; o Estanque (o lago); o Monumento a Afonso XII; o Palácio de Velázquez; a escultura do Anjo Caído; o Palácio de Cristal; Rosaleda (roseiral com mais de quatro mil rosas); entre outros detalhes que merecem uma visita atenta.

Parque do Retiro, Madrid

Parque do Retiro, Madrid

5. Estação de Atocha

A estação de Atocha é a estação mais relevante de Madrid e foi a primeira da cidade, inaugurada em 1851.
O edifício foi remodelado inúmeras vezes e devido à crescente afluência houve a última ampliação na qual a estação ficou dividida em três partes: Madrid-Puerta de Atocha, Madrid-Atocha Cercanías e Atocha Renfe (estação de metro).
Nesta estação, além da beleza arquitetónica do edifício, encontra no seu interior o Jardim Tropical, no qual coabitam cerca de 500 espécies de animais e plantas.
No exterior da estação, tem um monumento em homenagem às vitimas do atentado que aqui ocorreu a 11 de março de 2004, o maior que Espanha já sofreu até à data.

Congresso de los Deputados, Madrid

Congresso de los Deputados, Madrid

6. Estádio Santiago Bernabéu

O estádio do Real Madrid foi inaugurado em 1947 e tem capacidade para acomodar cerca de 81 mil espetadores. Para melhor conhecer o interior do estádio da equipa “merengue” pode comprar bilhetes para uma tour que inclui: vista panorâmica do estádio; a sala dos troféus, onde pode aprofundar o seu conhecimento sobre a equipa; e ainda uma visita aos balneários e aos bancos.
Se não fizer a visita ao estádio, pode na mesma usufruir dos quatro restaurantes e respetivos bares. Um deles é o Real Café Bernabéu, no 2º piso, com a melhor vista para o estádio e com um bar animado e bem frequentado – no verão o terraço é uma opção bastante animada.
Pode adquirir o seu bilhete online, evitando as filas de espera.

Horário: segunda-feira a sábado, das 10h00 às 19h00; domingos e feriados, das 10h30 às 18h30; nos dias de jogo as visitas guiadas encerram cinco horas antes do início da partida.

Loja do Real Madrid

Loja do Real Madrid

Santiago Bernabéu, Madrid

Santiago Bernabéu, Madrid

7. Estádio Vicente Calderón

O estádio do Atlético de Madrid teve a sua estreia a 1 de outubro de 1966 e é, a par do Real Madrid, a equipa mais querida de Madrid. O estádio está apto para receber cerca de 55 mil espetadores e está rotulado pela UEFA como um estádio cinco estrelas. Pode visitá-lo com mais pormenor numa tour que inclui percorrer a sala de troféus, a sala de projeções e exposições temporárias.
Se tenciona conhecer o estádio como é agora é bom que o faça agora já que terá novas instalações, estima-se, a partir de 2016.
Compre o seu bilhete online e evite filas.

Horário: terça-feira a domingo, das 11h00 às 19h00; encerra à segunda feira
Preços: 3€/crianças; 6€/adultos

8. Gran Vía

A Gran Via é um dos pontos nevrálgicos de Madrid e, muitas vezes, é o “postal” madrileno por ser a avenida mais conhecida da cidade. A sua construção demorou décadas e implicou a demolição de mais de 300 casas e afetou mais de 50 ruas.
Hoje em dia, é das artérias mais agitadas, durante todo o ano, com os restaurantes, bares, cinemas e musicais que aqui ganham vida.

Madrid

Madrid

9. Palácio Real

O Palácio Real de Madrid é a residência oficial da Família Real Espanhola, embora atualmente seja apenas utilizado para cerimónias e atos protocolares.
Este monumento, de sumptuosa arquitetura, tem inúmeros elementos que valem a pena ver, como: a Sala de Jantar de Gala; a Sala de Armas Real; a Farmácia Real; a Sala Gasparini; a Capela Real; e a Sala do Trono; entre outros. Ao redor deste ícone madrileno encontra o Campo del Moro e os Jardins Sabatini.
A mudança da Guarda ocorre todas as quartas-feiras, de outubro a julho, às 11h00.
As visitas podem ser interrompidas sem aviso prévio devido a cerimónias oficiais, logo, convém confirmar sempre no site oficial

Horário: outubro a março, das 10h00 às 18h00; abril a setembro, das 10h00 às 20h00
Entradas: de 6€ a 11€ (entradas gratuitas em, alguns dias e para alguns casos, verifique no site oficial)

Palácio Real, Madrid

Palácio Real, Madrid

10. Puerta del sol

A Porta do Sol é uma das praças que não pode deixar de visitar pois nela estão alguns dos edifícios mais relevantes da capital.
A origem desta praça, datada do século XVIII, está relacionada com a construção da Casa de Correos. Mais tarde, no século XX, foram acrescentados os jardins, a fonte e a zona pedonal.
O que pode ver na Puerta del Sol? A estátua del Oso y el Madroño, ou seja, do urso e do medronheiro, o símbolo da cidade; o relógio da Casa dos Correos – que dá, desde 1962, as badaladas aquando a passagem de ano; e o Quilómetro Zero, o ponto de onde são calculadas todas as distâncias de Espanha.

Puerta del Sol, Madrid - Km zero

Puerta del Sol, Madrid – Km zero

Urso de Madrid - Espanha © Viaje Comigo

Urso de Madrid – Espanha © Viaje Comigo

Urso de Madrid - Espanha © Viaje Comigo

Urso de Madrid – Espanha © Viaje Comigo

11. Plaza de Cibeles

A Praça de Cibeles está situada no centro da cidade e é um dos locais mais emblemáticos de Madrid. Em seu redor, estão edifícios imponentes e simbólicos e a célebre Fonte de Cibeles. Esta fonte, que representa a deusa Cibeles, era utilizada nos seus primórdios para abastecer de água as casas dos madrilenos e só depois se tornou um elemento decorativo.
Hoje em dia, aqui são festejados os títulos do Real Madrid e da Seleção Espanhola de Futebol.
Os edifícios que flanqueiam a praça são o Banco de Espanha, Palácio de Buena Vista, Palácio de Linares e o Palácio das Comunicações. Este último, já funcionou como central de Correios e agora é a Câmara Municipal de Madrid (Ayuntamiento).

Praça de Cibeles, Madrid

Praça de Cibeles, Madrid

12. Plaza Mayor

A Plaza Mayor, sita no centro de Madrid, é um dos locais mais procurados da cidade. Durante toda a sua existência sofreu inúmeras restaurações e foram diversos os arquitetos que participaram na sua renovação.
Nela encontra a estátua de Felipe III; a Casa de la Panadería, antiga sede dos padeiros; o Arco de Cuchilleros/Cutileiros, que é a entrada mais conhecida, das nove existentes, desta praça; e ainda uma panóplia bastante animada de lojas, bares e restaurantes.

Plaza Mayor - Madrid © Viaje Comigo

Plaza Mayor – Madrid © Viaje Comigo

Restaurante Hegar, Plaza Mayor - Madrid © Viaje Comigo

Restaurante Hegar, Plaza Mayor – Madrid © Viaje Comigo

13. Quatro Torres

As Quatro Torres (Cuatro Torres Business Area) evidenciam a área mais moderna e futurista de Madrid desde a sua inauguração, no final de 2008.
As torres estão situadas onde outrora era a Cidade Desportiva do Real Madrid – a norte do Paseo de la Castellana- e atualmente, a zona está repleta de espaços abertos, jardins e fontes.
A Torre Caja Madrid é o edifício mais alto de Espanha (250 metros de altura) e é a torre com a arquitetura mais surpreendente. As outras três são a Torre PwC, a Torre de Cristal e a Torre Espacio .

Torres de Madrid - DR: www.torresmadrid.com

Torres Madrid – DR: www.torresmadrid.com

14. Real Academia de Belas Artes de São Fernando

O Museu da Real Academia de Belas Artes reúne, nas suas instalações palacianas, obras de arte dos séculos XVI ao XIX, incidindo em pintores italianos e espanhóis, como Goya, Bellini e Picasso, passando também pela escultura.
Pode ainda ver expostos inúmeros trabalhos realizados pelos alunos formados na Real Academia. O Museu alberga uma diversificada panóplia de mais de 14 mil pinturas, 13 mil esculturas e 15 mil desenhos.

Horário: terça a domingo, das 10h00 às 15h00 (incluindo feriados); encerra à segunda-feira; encerrado no mês de agosto

Preços: informações detalhadas

Madrid à noite

Madrid à noite

15. OUTROS MUSEUS EM MADRID

O Viaje Comigo reuniu alguns dos museus mais importantes de Madrid. Procure aqui as informações sobre espaços museológicos que pode visitar na capital espanhola.

16. Quais os mercados a visitar?

Madrid tem alguns mercados tradicionais, desde comida gourmet, a acessórios e peças de moda, e o Viaje Comigo deixa-lhe aqui algumas sugestões:

Mercado de San Antón, Madrid

Mercado de San Antón, Madrid

Mercado de Fuencarral

O Mercado de Fuencarral é um espaço bastante sui generis onde pode encontrar as últimas tendências na música e na moda.

Mercado de San Antón

Mercado de San Miguel

Mercado de San Antón, em Madrid

Mercado de San Antón, em Madrid

Mercado de la Paz

O Mercado de la Paz, sito no Bairro de Salamanca, foi criado em 1882 e , desde então, alberga o comércio mais tradicional, num dos locais mais seletos da cidade.

Mercado de Maravillas

O Mercado de Maravillas conta com uma superfície de 20 mil metros quadrados sendo um dos maiores mercados municipais da Europa. Aqui destacam-se as mais de 200 bancas de produtos frescos.

Mercado San Miguel, Madrid

Mercado San Miguel, Madrid

17. ONDE SAIR EM MADRID?

A fama da movida madrilena espalhou-se pelo mundo inteiro, e embora não tenha as mesmas caraterísticas dos primórdios (período pós-franquista) continua a perpetuar toda a animação típica espanhola.
Para um programa boémio e mais tardio tem zonas que não deve deixar de visitar. No Viaje Comigo fica com algumas sugestões – pode ler aqui.

Praça Mayor, Madrid

Praça Mayor, Madrid

18. CRIANÇAS EM MADRID

Se viajar com crianças, Madrid é também uma cidade que proporciona momentos divertidos aos mais novos e suas famílias. Reunimos várias sugestões de espaços para entreter as crianças e jovens. Leia tudo no Viaje Comigo – clique aqui.

19. ONDE COMER EM MADRID?

A oferta é imensa, principalmente, para tapear. A última vez que o Viaje Comigo visitou Madrid, experimentámos o Il Salotto e as tortilhas do Flash Flash.

Il Salotto, Madrid

Il Salotto, Madrid

Tortilha Flash Flash de cogumelos e presunto

Tortilha Flash Flash de cogumelos e presunto

20. ONDE DORMIR EM MADRID?

O alojamento também é muito diversificado, como também os preços. O Viaje Comigo ficou mais recentemente alojado no Praktik Metropol, no centro da cidade, e no Axor Barajas, perto do aeroporto de Madrid.

Pesquise aqui outros alojamentos e hotéis em Madrid.

Textos: Rafaela Santiago

Praktik Metropol Madrid

Praktik Metropol Madrid

Vista do Praktik Metropol

Vista do Praktik Metropol sobre Madrid

Metro em Madrid

Metro em Madrid

Fonte de Neptuno, Madrid

Fonte de Neptuno, Madrid

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo