Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo Jantar no Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo
Publicado em Agosto 4, 2018

Gastronomia: comida no Sri Lanka

Ásia/ Gastronomia/ Sri Lanka

O Sri Lanka, também conhecida como a Ilha das Especiarias, sempre foi atrativa por isso mesmo (pelas especiarias) para as nações ocidentais, tendo sido ocupada por portugueses, holandeses e ingleses. Por norma, adoro a gastronomia asiática (pelo menos, a dos países por onde já passei) e no Sri Lanka, não foi muito diferente. Adorei! Apesar de ser muito diversificada, a maior parte dos hotéis aposta, quase sempre em pratos similares. Ainda tive a sorte de, num dos alojamentos, terem feito um workshop sobre gastronomia indiana, que é muito parecida com a cingalesa. Que delícia!

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Todas as fotografias foram tiradas por mim, em locais onde fiz uma ou mais refeições. A fotografia de destaque é de uma das refeições que fiz no hotel  Zinc Journey Sigiriya, servido em folha natural de lótus e cestinha, com papadum, arroz branco, camarões e chutney.

Tal como a comida indiana, os locais mais turísticos do Sri Lanka já não puxam tanto pelo picante, mas ainda existem muitos que o fazem, porque é assim que o prato é servido tradicionalmente. Sabe o que faço, agora? Peço sempre a bebida antes de meter a primeira garfada à boca. Se for muito picante, para não ficar com o estômago cheio com água, um pedaço de pão na boca também ajuda.

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

O côco está muito presente na gastronomia do Sri Lanka, tanto em doces como em salgados e as especiarias então… nem é preciso falar. Estão por todo o lado. O arroz é consumido em todas as refeições, ou seja, três vezes ao dia. O que significa que não há produção nacional de arroz que alimente toda a gente e, por isso, têm de importar arroz. Além do arroz branco (Suduru Samba), que é o mais consumido, também provei o arroz vermelho, que é local.

Pequeno-almoço no Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Arroz vermelho no pequeno-almoço local no Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Arrozes -Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Arrozes -Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Vai reparar que o arroz e caril (rice and curry) vão estar em quase todo o lado: arroz e caril variado. Pode ser de carne, peixe, batatas, vegetais diversos, etc. E o caril é, quase sempre, picante. Se chorar ao comer é sinal que tem de parar! Eheheh! Mas, apesar de parecer que é sempre a mesma coisa, os pratos de “rice e curry” são cozinhados de formas diferentes e com ingredientes diferentes, em diversas regiões do Sri Lanka.

Mais perto das localidades do mar vai encontrar mais sugestões de peixes e mariscos, com grande aposta em pratos com camarões, caranguejo, lulas, etc. Existem também muitas frutas para serem provadas sem limites, porque as encontra em quase todo o lado: côco (muita água de côco, para hidratar!), manga, ananás, bananas, papaia, mangostão, rambutão, etc.

-Leia aqui todas as dicas de viagem para o Sri Lanka

 

Workshop de cozinha local - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de cozinha local – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comida no Oak Ray Tea Bush Hotel, Ramboda, Sri Lanka © Viaje Comigo

Comida no Oak Ray Tea Bush Hotel, Ramboda, Sri Lanka © Viaje Comigo

COMIDAS TÍPICAS DO SRI LANKA:

1 – Dhal

Em todos (todos!!) os locais onde fui comer havia Dhal! Por norma, é servido com um pouco picante, em caril, mas pode ter sabores diferentes, consoante as regiões. O caril de Dhal leva chili verde, cebola, tomate, pó de chili, leite de côco (em pó) e especiarias.

Dhal - Workshop de cozinha local - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Preparação do Dhal – Workshop de cozinha local – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de cozinha local - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de cozinha local – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

2 – Caril 

Dependo do local onde o pede, o caril pode ser mais ou menos picante. O caril de galinha será o que mais vai ver nas ementas, assim como o de Dhal, mas o de jaca (que é jackfruit) é também muito usado, sendo que é mais como acompanhamento e muito consumido por vegetarianos, por exemplo.

Uma das formas de fazer caril de peixe: é feito com leite de côoco (em pó), sementes de mostarda, cebola, alho, tomate, chili e muitas especiarias.

Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Caril de frango – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Caril de peixe – Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

3 – Lentilhas 

O mais habitual é servir as lentilhas como caril (dhal), que se chama Parippu. E come-se a todas as refeições, inclusive ao pequeno-almoço.

4 – Kottu ou Kottu Roti

Esta é também uma iguaria que havia em muitos restaurantes. É uma mistura de vegetais com roti (pão), tudo muito bem triturado e depois pode juntar carnes ou ovo. A panqueca do kotte é feita de farinha de trigo e frita na chapa.

Koththu de frango - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Koththu de frango – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comida no Oak Ray Tea Bush Hotel, Ramboda, Sri Lanka © Viaje Comigo

Comida no Oak Ray Tea Bush Hotel, Ramboda, Sri Lanka © Viaje Comigo

5 – Roti

Comi uma vez quando fui fazer a viagem no comboio de Kandy, até Nuwara Eliya. A viagem era longa e levei este tipo de sanduíche tradicional. O roti são feitos de massa fina e são recheadas de vegetais e, por vezes, de carne. Têm um aspeto de triângulo, por norma, os de vegetais; mas se forem de peixe ou de carne podem ser cilíndricos ou quadrados, para se distinguirem.

Estação de Kandy - Viagem de comboio no Sri Lanka © Viaje Comigo

Roti – Comida para a viagem – Estação de Kandy – Viagem de comboio no Sri Lanka © Viaje Comigo

6 – Appam ou Hoppers

Já tinha experimentado na Malásia (Appam), numa barraquinha de rua, mas no Sri Lanka, achei-os menos doces. São umas panquecas muito fininhas, cujos ingredientes são massa de arroz e leite de côco. Na Malásia comia como sobremesa, mas aqui estavam presentes como acompanhamento de refeição ou, sobretudo, ao pequeno-almoço com um ovo estrelado no meio.

Hopper de leite com ovo Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Hopper de leite com ovo – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Pequeno-almoço no Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

7 – String Hoppers (Idyyappam)

É uma massa mito fininha que parecem quase cabelos, feitos de farinha de arroz, água e sal. Assemelham-se aos noodles, mas ainda mais finos. São cozidos a vapor em cestinhas (as tradicionais de verga ou nas mais modernas de plástico). Não têm um sabor muito ativo, porque servem de acompanhamento para comida com caril ou molhos, como o Dhal, por exemplo. Também podem ser usados para sobremesa, com doces.

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

String Hoppers – Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Workshop de culinária - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

String hoppers – Workshop de culinária – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Pratos e String Hoppers - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Pratos e String Hoppers – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo

8 – Sambol

É uma mistura de côco ralado, com cebola, malagueta, peixe e leva sal e limão, para temperar. Não é considerado um prato, mas sim algo que se coloca em cima do que se vai comer, para dar contraste de sabores. O feijão verde é também, muitas vezes, o acompanhamento.

Seeni Sambol - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Seeni Sambol – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Katta Sambol - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Katta Sambol – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Gotukola Sambol -Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Gotukola Sambol -Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

9 – Ulundhu Vadai e Parippu Vada

Estas próximas propostas têm bastante óleo e, por isso nunca as provei. Estavam em muitos pequenos-almoços de hotel e a mim sempre me pareceram uns enormes donuts, mas são mais do que isso, porque têm um forte sabor a especiarias (disseram-me). Os parippu vada são também de massa frita e com sabor a lentilhas.

Vada, Kerala © Viaje Comigo

Vada © Viaje Comigo

10 – Papadum

São umas bolachas finas e estaladiças, que são viciantes. São normalmente servidas com a comida (com o arroz e caril), mas eu atacava sempre como se fossem entradas. Perigosas! São fritas em óleo e são salgadas e com especiarias.

Pitawala Pathana - Sri Lanka © Viaje Comigo

Papadum, com frango, vegetais, dhal e arroz branco – Pitawala Pathana – Sri Lanka © Viaje Comigo

11 – Athirasa

É feito com farinha de arroz, arroz crocante, especiarias e são fritas em óleo. Também leva açúcar.

Athirasa - Mahaweli Reach Hotel - Kandy - Sri Lanka © Viaje Comigo

Athirasa – Mahaweli Reach Hotel – Kandy – Sri Lanka © Viaje Comigo

12 – Wellawahum

Adorei isto! Panquecas que são recheadas com uma mistura doce com côco.  Leva sumo de folhas de menta, açúcar, côco, canela e leite de côco.

Panqueca de côco - Zinc Journey Sigiriya - Sri Lanka © Viaje Comigo.

Wellawahum -Panqueca de côco – Zinc Journey Sigiriya – Sri Lanka © Viaje Comigo.

13 – Wattalapam

Pudim tradicional feito com leite de côco, ovos, açúcar (de palmeira) e especiarias.

Watalappan - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Watalappan – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

14 – Sago Pudim

Sago Pudim - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Sago Pudim – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

15 – Helapa

Usado como sobremesa é feito com côco, farinha e folhas de plantas (kenda).

Helapa - Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Helapa – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página