Ponte 25 de abril
Publicado em Janeiro 5, 2015

Guia / Roteiro para visitar Lisboa, Portugal

Portugal/ Sul [ Lisboa ]

A capital de Portugal, Lisboa é uma das cidades europeias mais cativantes e completas. Oferece praia, rio, zonas cosmopolitas e locais onde a tradição impera, agradando assim a “gregos e a troianos”. Convidamo-lo a palmilhar connosco a calçada da cidade, para descobrir a história por detrás dos monumentos imponentes, os locais mais boémios, os bairros mais tradicionais e os marcos da modernidade.

Vejam os diferentes tours disponíveis, por toda a cidade, e adquira os seus bilhetes online (incluindo para as maiores atrações e monumentos) para evitar filas de espera.

Vista do Padrão dos Descobrimentos

Vista do Padrão dos Descobrimentos

É costume dizer-se que Lisboa é a cidade das Sete Colinas. Conta a lenda que Lisboa foi fundada numa povoação rodeada de sete colinas. A primeira referência é do século XVII e assim ficou a ser a Cidade das 7 Colinas. São atualmente as sete colinas: a Colina de São Jorge (onde está o castelo), a Colina de São Vicente (Bairro de Alfama), Colina de Sant’Ana (onde fica o Largo da Anunciada), Colina de Santo André (calçadas da Graça e Santo André), Colina das Chagas (Largo do Carmo), Colina de Santa Catarina (do Camões à Calçada do Combro) e Colina de São Roque (Bairro Alto).

Terreiro do Paço e elétrico

Terreiro do Paço e elétrico

O QUE VER E VISITAR EM LISBOA / ROTEIRO EM LISBOA

ALFAMA

O Bairro de Alfama é conhecido por nunca se afastar das suas tradições e talvez por isso, seja dos mais pitorescos e animados da cidade de Lisboa. Em junho, viva uma das maiores festas de santos populares – a do Santo António, no dia 12 de junho – com as ruas repletas de gente, música popular e comida típica em cada esquina (com destaque para a sardinha assada e caldo verde). Fique a saber como são as Festas de Santo António e as Marchas Populares – clique aqui.

Contudo, vale a pena visitar Alfama o ano inteiro para explorar as suas ruas típicas, casas coloridas, lojas tradicionais, restaurantes de gastronomia portuguesa, miradouros com vistas deslumbrantes e, claro, para ouvir Fado – considerado Património Imaterial da Humanidade, pela UNESCO, desde 2011. São muitos os restaurantes com espetáculos de fado ao vivo. Descubra-os no Viaje Comigo – clique aqui. 

Além da tradição do Fado, Lisboa é também inspiradora para compositores e cantores. São várias as músicas ligadas à capital portuguesa. “Cheira Bem, Cheira a Lisboa” é um dos muitos exemplos, assim como “Lisboa Menina e Moça”.

No bairro de Alfama pode visitar muitas atrações, tais como:

– Casa dos Bicos
– Castelo de S.Jorge (assista ao pôr-do-sol deste ponto) – compre o bilhete online
– Miradouro da Graça
– Miradouro das Portas do Sol
– Mosteiro de São Vicente de Fora
Museu do Fado
– Panteão Nacional
– Sé de Lisboa

Alfama orgulha-se de manter a sua identidade, mas isso não significa que tenha parado no tempo. Neste bairro encontra também alguns dos locais mais “cool” de Lisboa, como a discoteca Lux Frágil – nomeada pelo The Guardian como uns dos melhores clubes da Europa.

Vista para o Terreiro do Paço a partir do rio

Vista para o Terreiro do Paço a partir do rio – e Castelo de S. Jorge

BAIRRO ALTO

O Bairro Alto é um ponto emblemático da cidade de Lisboa e pontua pela diversidade comercial e pela animação noturna. As habitações são bastante singulares e tradicionais, porém, esta zona destaca-se também pelo seu ambiente moderno e eclético graças as lojas de roupa e de design, bares e restaurantes.

Sugiro também que passe pelo Miradouro de São Pedro de Alcântara e pelo de Santa Catarina pois as vistas valem a pena. Aproveite ainda a “boleia” do Ascensor da Bica, para poupar as pernas para as grandes caminhadas que o esperam. Existe ainda o Ascensor da Glória, de 1885, que é Monumento Nacional e liga a Praça dos Restauradores ao Bairro Alto.

De dia, aconselho-o a percorrer as ruas intimistas que vão revelando um comércio alternativo e arrojado. Quando precisar de recuperar energias pode visitar as variadas casas de chá. À noite, o Bairro Alto deixa de ser um local pacato e transforma-se num ponto de encontro boémio que junta, nas ruas, diferentes gerações, embora o ambiente seja predominantemente jovem.

Pode juntar-se ao ambiente de rua, que se assemelha ao de um festival, ou pode procurar abrigo em alguns dos bares. Deixo aqui algumas sugestões:
– Grapes & Bites
– Majong
– Maria Caxuxa
Park 
– Solar do Vinho do Porto
– Tasco do Chico

Ascensor da Bica

Ascensor da Bica

BAIXA DE LISBOA

Esta zona ficou conhecida como Baixa Pombalina pois renasceu graças ao Marquês de Pombal – Primeiro Ministro do Rei D. José – após o terramoto e incêndio, de 1755, que devastou dois terços da totalidade do local.

Com a restauração dos edifícios e ruas, surgiu uma Baixa Pombalina que se destacava pelo seu urbanismo pragmático, cientifico e também o cerne do comércio tradicional.

Na Baixa de Lisboa, além de uma panóplia considerável de lojas, pode visitar o Elevador de Santa Justa que liga o Chiado ao Largo do Carmo. Existe desde 1902 e é o único elevador vertical em Lisboa e classificado como Monumento Nacional.

No Chiado, encontra dois dos mais conhecidos cafés da cidade: Martinho da Arcada e a Brasileira. Entre os dois, vai deparar-se com a estátua do afamado poeta Fernando Pessoa.
Leia aqui sobre os cafés históricos da cidade de Lisboa e do resto do país.

Miradouro do Arco da Rua Augusta, em Lisboa - ©DR

Miradouro do Arco da Rua Augusta, em Lisboa – ©DR

Ainda nas redondezas, pode percorrer a insigne Rua Augusta na qual sobressai o Arco Triunfal. O Miradouro do Arco da Rua Augusta está aberto a visitas e tem vista panorâmica sobre a cidade e rio Tejo.

Não pode deixar de passear pela Praça do Comércio, correntemente chamada de Terreiro do Paço, sito junto ao Rio Tejo, é uma das maiores praças de Europa. É, aliás, aqui que decorrem inúmeros eventos culturais e espetáculos, durante todo o ano.

Cais das Naus - Lisboa

Cais das Naus – Lisboa

Rosa dos Ventos do Padrão

Rosa dos Ventos do Padrão dos Descobrimentos

BELÉM

A área de Belém é uma ode à época dos Descobrimentos onde encontra duas construções, que não pode deixar de visitar – categorizadas pela UNESCO como Património da Humanidade – o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém. Compre o seu bilhete para a Torre de Belém online e evite as filas.

Nas proximidades, encontra também o Padrão dos Descobrimentos, edificado para glorificar os Descobrimentos portugueses em todo o mundo.

Belém oferece-lhe ainda outros pontos de interesse, tais como:
– Centro Cultural de Belém
– Igreja da Memória
– Museu da Eletricidade
– Museu Nacional dos Coches
– Palácio de Belém

Nos dias soalheiros, que não são poucos na capital portuguesa, pode percorrer o Jardim da Praça do Comércio e até fazer um piquenique. Para adoçar esse passeio, prove os mundialmente prestigiados Pastéis de Belém.

Pastéis de Nata ou Pastéis de Belém

Pastéis de Nata ou Pastéis de Belém

Parque das Nações - Expo Lisboa

Parque das Nações – Expo Lisboa

PARQUE DAS NAÇÕES

O Parque das Nações surgiu em 1998 para receber a Expo 98, exposição intrinsecamente vinculada ao tema dos oceanos. Desde então, foi-se tornando o local mais moderno de Lisboa oferecendo áreas de lazer, recreativas, espaços verdes e variadas lojas. Tudo isto circundado pelo Tejo.

Aqui ficam referidos alguns dos elementos icónicos do local:
– Casino de Lisboa
– Estação Gare do Oriente
– Feira Internacional de Lisboa (FIL)
– Marina Parque das Nações
– Oceanário de Lisboa (evite filas, compre o bilhete online)
– Pavilhão de Portugal
– Pavilhão do Conhecimento
Ponte Vasco da Gama
– Pavilhão Atlântico/ Altice Arena (sala de espetáculos)
– Teatro Camões
– Telecabine (teleférico)
– Torres São Gabriel/Rafael
– Torre Vasco da Gama

Grafittis na Avenida Fontes Pereira de Melo

Grafittis na Avenida Fontes Pereira de Melo

Grafittis na Avenida Fontes Pereira de Melo

Grafittis na Avenida Fontes Pereira de Melo

AVENIDAS DE LISBOA

Na Avenida Fontes Pereira de Melo, alguns edifícios abandonados têm mega-grafittis de artistas conhecidos. São fotografados pelos turistas e partilhados pelo mundo inteiro. São autênticas obras de arte, pela sua dimensão e pelo trabalho executado.

A Avenida da Liberdade é a maior e mais elegante artéria lisboeta. Após o infame terramoto e incêndio de 1755, Marquês de Pombal investiu grandemente nesta zona onde ainda é visível a arquitetura da altura, como a calçada portuguesa. Atualmente, é uma mescla do passado com edifícios modernos e luxuosos.

A tradição não se perdeu e é nesta avenida que decorrem anualmente as festividades dos Santos Populares, onde as diferentes Marchas Populares competem por um lugar no pódio.

Enquanto se regozija com lojas tradicionais e marcas internacionais, como Louis Vuitton, Gucci, Prada, entre outras, encontra um ambiente animado durante o dia e à noite graças aos seis Quiosques Liberdade. Nestes pode beber um vinho e petiscar, num ambiente arborizado e simultaneamente cosmopolita.

Ponte 25 de Abril - Lisboa

Ponte 25 de Abril – Lisboa

ROSSIO

A Praça D. Pedro IV, comumente referida como Rossio, é um ponto marcante da Baixa de Lisboa.
Destaca-se na praça uma estátua de D. Pedro IV e as fontes gémeas.
Nesta zona encontra o Teatro Nacional D. Maria II, a bela estação do Rossio, diversos restaurantes e comércio tradicional.

AJUDA

Na freguesia da Ajuda é de salientar o formidável Palácio Nacional da Ajuda, antigo Palácio Real, que funciona predominantemente como museu, exibindo coleções de arte decorativa de joalharia, utensílios, mobiliário, entre outras, datadas do século XV ao XX. A Biblioteca Nacional da Ajuda faz parte do Palácio.

Na zona pode também passear pelo Jardim Botânico da Ajuda, um refúgio na movimentada capital.

Museu do Combatente - Lisboa

Museu do Combatente – Lisboa

ESTRELA

Esta freguesia contem diversos pontos de interesse dos quais se destaca a Basílica da Estrela, pela sua arquitetura de inspiração barroca-neoclássica e por albergar os túmulos de D. Maria I e do seu confessor (D. Frei Inácio de S. Caetano).

Nesta zona localiza-se também um dos parques mais célebres e antigos da cidade, o Jardim da Estrela e, nas redondezas, encontra outro ponto de interesse: a Assembleia da República.

Num registo mais boémio, pode frequentar a zona de Santos que alberga inúmeros bares, alguns restaurantes e também discotecas para todos os gostos.

Cristo Rei e Ponte 25 de Abril - Lisboa

Cristo Rei e Ponte 25 de Abril – Lisboa

OUTROS LOCAIS A VISITAR E PASSEIOS

Visite a estátua do Cristo Rei, na outra margem do rio Tejo, em Almada;

– Os elétricos são típicos transportes na cidade. Aproveite para os conhecer;

– O Ascensor do Lavra é mais antigo da cidade: foi inaugurado em 1884. É Monumento Nacional e liga o Largo da Anunciada à Rua Câmara Pestana.

– Passeio no rio Tejo no Cacilheiro Trafaria Praia, um projeto da artista portuguesa Joana Vasconcelos;

HIPPOtrip em Lisboa, passeios com veículo anfíbio, fora e dentro de água;

Cruzeiros no rio Tejo;

– Feira da Ladra. Fica no Campo de Santa Clara e vende de tudo um pouco: artigos usados, peças vintage, roupa, artigos de decoração, etc. A feira teve início no século XIII e acontece todas as terças e sábados, das seis da manhã às cinco da tarde.

– Aproveite as esplanadas de Lisboa, tradicionais ou mais modernas, que são locais de convívio para gente de todas as idades.

Trafaria Praia

Trafaria Praia

QUAL A MELHOR ALTURA PARA VISITAR LISBOA?

O ano inteiro! Mas, a primavera deve ser a estação mais bonita para visitar os locais no mundo inteiro. Lisboa não é exceção. Fica mais florida e o tempo começa a aquecer, mas não está quente de mais. Dá para passear à beira-mar e à beira-rio.

ONDE COMER

Esta lista de restaurantes de Lisboa tem várias atualizações. Vá vendo as nossas experiências e sugestões e diga-nos também como foi a sua experiência no local. Veja os restaurantes de Lisboa no Viaje Comigo.

Restaurante Panorama, hotel Sheraton Lisboa

Restaurante Panorama, hotel Sheraton Lisboa

Inspira Santa Marta Hotel & Spa

Inspira Santa Marta Hotel & Spa

ONDE DORMIR

Na capital portuguesa são milhares as propostas de alojamento. Desde hotéis de luxo, apartamentos turísticos, guest houses, hostels, ou outros. Pode pesquisar qual o alojamento que melhor se adapta a si, e à sua viagem, no Viaje Comigo.

SAIR À NOITE

Lisboa é uma cidade com uma importante vida cultural. Concertos, peças de teatro e muitos espetáculos recheiam a agenda da capital portuguesa. Além disso, Lisboa tem um Casino e, muito perto, no Estoril está um outro.
A noite lisboeta passa, é claro, por bares e discotecas.

Aqui ficam alguns bares de Lisboa destacados no Viaje Comigo e aqui também.

Jardim da Praça do Império

Jardim da Praça do Império

TRANSPORTES

Dentro da cidade pode andar de metro, elétrico, autocarro ou mesmo nos comboios que fazem a linha junto ao rio e mar. Para fazer a ligação às duas margens do rio Tejo, tem ainda barcos (cacilheiros) com várias viagens durante o dia.

Pode ver aqui o mapa com as ligações do metropolitano de Lisboa.

Elétrico em Lisboa

Elétrico em Lisboa

AEROPORTO
O aeroporto de Lisboa recebe voos do mundo inteiro. Tem metro e em cerca de 30 minutos vai ter ao centro de Lisboa. Também tem táxis à porta do saída do aeroporto. Saiba aqui como chegar ao Terminal 2 do Aeroporto de Lisboa.

Textos: Rafaela Santiago

Ponte 25 de abril

Ponte 25 de abril

Jardim da Praça do Império

Jardim da Praça do Império

Vista para Terreiro do Paço a partir do rio

Vista para Terreiro do Paço a partir do rio

O nosso amigo João Leitão, do blog Roteiro e Dicas de Viagens, também tem mais informações para quem vai visitar Lisboa. Passe por lá!

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo