Susana Ribeiro em Almeida Aldeias Historicas de Portugal © Viaje Comigo
Publicado em Dezembro 3, 2019

Festa na Aldeia Histórica de Almeida, Portugal

Centro/ Portugal [ Aldeias Históricas de Portugal/ Almeida ]

O “Ciclo 12 em Rede | Aldeias em Festa 2019” esteve em Almeida, uma das 12 Aldeias Históricas de Portugal, com um programa repleto de atividades, nos dias 29 e 30 de novembro. Com o tema “A Senhora Dona Maria, a princesa, vai casar!”, a festa de Almeida contou com visitas guiadas, oficinas, música e dança, passeios, e provas de gastronomia.

O Ciclo 12 em Rede | Aldeias em Festa 2019, que já percorreu 11 Aldeias Históricas de Portugal, vai encerrar em Belmonte, de 27 a 30 de dezembro 2019. Marcámos lá encontro? Veja o vídeo de Almeida, clicando aqui.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Visita encenada em Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Visita encenada em Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Com o Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa são sempre variadas as experiências gastronómicas. Em Almeida, foi servido um “Jantar Desastrado” onde as entradas foram as sobremesas e vice-versa. Assim, o chef Ivo Loureiro quis criar, com a Comissão de Festas da Nossa Senhora das Neves, uma experiência gastronómica “hilariante”. Nas entradas houve os “Enchidos como por cá se fazem”; depois foi servido o prato com Javali da Montaria da Caleja das Campaínhas; e a sobremesa com “Aboborada à Moda da Fortaleza”. Para beber: a Limonada, ao gosto da Princesa D. Maria e o Vinho das Pipas do Mestre de Campo General Manuel Freire de Andrade.

O pão saiu das mãos das freiras do Convento do Loreto.
Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Jantar Desastrado Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Jantar Desastrado – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Entradas para jantar desastrado - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Entradas para jantar desastrado – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Jantar Desastrado - Javali - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Jantar Desastrado – Javali – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

“Almeida está localizada no distrito de Guarda, tendo o rio como a sua fronteira natural, o que contribuiu para o desenvolvimento da atividade militar, que foi durante séculos a justificação da sobrevivência da aldeia. O seu nome proveio dos Árabes (Al-Mêda, Tal-meyda ou Almeydan) que ali construíram um Castelo entre os séculos VIII e IX.

Entre canhões - Almeida - Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Entre canhões, em Almeida – Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Almeida esteve sob domínio espanhol, durante a Guerra dos Sete Anos, até 1763, ano em que voltou para a posse de Portugal.

Em 1853 as muralhas iniciaram um novo processo de reconstrução, após a sua destruição por consequência das lutas liberais. Houve uma notável preocupação em criar um mais actualizado dispositivo de defesa, devidamente adaptado às no- vas armas de fogo da época. O último Esquadrão de Cavalaria abandonou Almeida em 1927, deixando o local carente da sua principal atividade até então.
A praça-forte desta aldeia é um excelente exemplo da arquitectura militar barroca, evidenciando a sua imensa capacidade de defesa militar.

Recentemente foi feito um levantamento da “Gastronomia Identitária das Aldeias Históricas de Portugal”, onde se conseguiu recolher as receitas que a população indicou como as mais identitárias da Aldeia Histórica de Almeida. As informações que constam aqui abaixo são desse mesmo estudo.

Susana Ribeiro em Almeida - Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Susana Ribeiro em Almeida – Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

PRODUTOS EM DESTAQUE EM ALMEIDA
• Mel
• Queijo e Requeijão
• Compotas
• Ginginha
• Truta, Barbo e a Boga
• Merugem

PRATOS EM DESTAQUE EM ALMEIDA
• Enchidos
• Arroz de Lebre, Coelho, Perdiz ou Codorniz
• Arroz de cabidela
• Bacalhau assado
• Bacalhau com leite
• Cabrito grelhado
• Cabrito guisado
• Migas
• Javali
• Truta, o Barbo e a Boga
• Salada de merugem
• Pastel Frei Bernardo
• Cavacas
• Filhós

PRODUTOS GASTRONÓMICOS DIFERENCIADORES
• Salada de Merugem com peixe frito
• Ginginha

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Mercadinho - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Mercadinho – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

RECEITAS

Arroz de cabidela
Ingredientes
1 frango ou 1 pato ou 1 galinha, 1⁄2 copo de vinagre, 2 cebolas, 500 g de arroz carolino, 5 colheres de sopa de azeite, 1 dente de alho, 1 ramo de salsa, 2 folhas de louro, 1 ramo de carqueja, sal, pimenta
Modo de preparação:
Quando se mata a ave recolhe-se o sangue para um recipiente, onde já se encontra o vinagre, e mexe-se. Corta-se a ave escolhida em pedaços e leva-se a estufar com o azeite, as cebolas picadas, o dente de alho esmagado, a salsa e a carqueja.
Quando for necessário, acrescenta-se um pouco de água temperada com sal e pimenta e continua-se a estufar em lume muito brando e sempre com o tacho tapado. Quando a carne estiver macia, adiciona-se a água suficiente para se obter o arroz. A quantidade de água depende da consistência da cabidela que se pretende obter. Para se obter um arroz de cabidela bastante “molhado”, a água deve ter pelo menos três vezes o volume do arroz. Adiciona-se finalmente o sangue e, mal levante fervura, retira-se do lume e serve-se.

Arroz de coelho
Ingredientes:
1 coelho, 2 cebolas, 1 dl de azeite, 2 dentes de alho, 1 folha de louro, 8 dl de vinho tinto, 400 g de arroz, 1,2 l de água, sal e pimenta.
Modo de preparação:
Limpa-se o coelho. Corta-se aos bocados. Numa caçarola deita-se o azeite, a cebola, os alhos picados, o louro e leva-se ao lume. Quando a cebola estiver loura, junta-se o coelho, deixa-se refogar, rega-se com o vinho tinto e tempera-se com sal e pimenta. Tapa-se o tacho e ferve um pouco. Em seguida adiciona-se a água a ferver e por fim o arroz lavado e enxuto. Deixa-se cozer.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Showcooking em Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Showcooking em Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Bacalhau à conde da guarda
Ingredientes:
4 postas de bacalhau, 500 grs de batatas às rodelas, 2 cebolas às rodelas, 1 pacote de natas, 5 ovos, leite q.b., 2 colheres de sopa de farinha maizena, queijo ralado q.b.
Modo de preparação:
Cortam-se as batatas às rodelas, fritam-se e põem-se as cebolas às rodelas a refogar. Coze-se o bacalhau e desfia-se em lascas. Batem-se os ovos e as natas à parte. Depois junta-se tudo e acrescenta-se o leite e a farinha maizena. Coloca-se num tabuleiro e por cima põe-se um pouco de natas e queijo ralado. Leva-se ao forno.

Biscoitos económicos
Ingredientes:
12 ovos, 1 kg de açúcar, 2 chávenas de leite, 2 colheres de bicarbonato de sódio dissolvido no leite morno
sumo de 3 laranjas, 1 cálice de aguardente, 2 colheres de sopa de margarina, 2 chávenas de azeite
1 colher de chá de fermento aproximadamente 3 kgs de farinha
Modo de preparação:
Misturar todos os ingredientes num recipiente até obter uma massa homogénea. Com uma colher de sopa dosear as quantidades e vertê-las sobre o papel vegetal que cobre o tabuleiro de ir ao forno. Pincelar com ovo e açúcar e levar ao forno a 200o / 220o durante aproximadamente 10 minutos. Repetir até esgotar a massa.
Esta receita dá para aproximadamente 90 – 120 biscoitos, dependendo do tamanho da colher.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Showcooking - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Showcooking – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Borrego Assado
Ingredientes:
Borrego, alho, colorau, sal, salsa, louro, cebola, piripiri (facultativo), batatas. Modo de preparação:
Depois de Limpo o borrego abre-se ao meio e dá-lhe uns golpes mas que fique inteiro. Tempera-se com sal, alhos esmagados, louro partido aos bocadinhos, azeite, vinho e um pouco de piripiri. Deixa-se neste marinado de um dia para o outro. Numa assadeira de barro corta-se a cebola às rodelas até cobrir o fundo, põe-se o borrego já temperado e as batatas. Rega-se tudo com a marinada e vai ao forno assar.

Cabrito assado
Ingredientes:
1 cabrito, sal, 3 limões, colorau, picante, alho, louro, vinho branco, azeite virgem, batatas
Modo de preparação:
Corta-se o cabrito aos bocados, põe-se na assadeira, deita-se sal, e espremem-se-lhe por cima 3 limões. À parte, numa tigela mistura-se uma colher de colorau, picante a gosto, alho, louro, vinho branco e azeite virgem. Mexe-se bem e deita-se por cima do cabrito. Vai ao forno. Tira-se quando estiver assado (louro por cima). Cozem-se as batatas com a pele. Descascam-se e torram-se. Colocam-se no tabuleiro com o cabrito. Serve-se com uma salada mista.

Cabrito grelhado na brasa
Ingredientes:
2 pernas de cabrito ou traseiro completo, 1,5 dl de azeite, 0,5 dl de vinagre, 1 ramo de salsa, sal e pimenta
Modo de preparação
Lava-se o cabrito, dá-se-lhe uns golpes põe-se de molho em água e sal durante 2 horas. Numa tigela mistura-se o azeite com o vinagre e tempera-se com sal e pimenta. Ata-se a salsa em ramo e mergulha-se a parte das folhas no molho, para borrifar o cabrito. Enxuga-se o cabrito e unta-se com o molho preparado. Coloca-se depois sobre brasas de vides e vai-se virando e borrifando com o molho à medida que for alourando. Para servir, corta-se o cabrito em bocados, rega-se com o molho que resta e acompanha com batatas fritas ou arroz de manteiga.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Almeida - Showcooking © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Almeida – Showcooking © Aldeias Históricas de Portugal

Cabrito guisado
Ingredientes:
Cabrito, cebola, muito alho, vinho branco, azeite puro, 1 copo de aguardente, colorau, louro, limão, sal
Modo de preparação:
Lava-se muito bem o cabrito com sal e limão. Esturge-se com alho, cebola e azeite. Mistura-se o cabrito. Deixa-se refogar e junta-se o vinho branco, a aguardente, o colorau, o louro e o sal. Deixa-se cozer bem e apurar. Depois é servido com batata cozida e grelos ou espigos de couve.

Cavacas
Ingredientes:
2 dl de azeite, 6 gemas de ovo, 5 claras, 110 g de farinha, 2 colheres de sopa de água
Modo de preparação:
Escalda-se a farinha com o azeite a ferver. Bate-se até arrefecer. Junta-se os ovos a pouco e pouco e por fim a água fria. Deita-se a mistura em formas de empadas untadas com azeite (sem encher muito, porque crescem) e leva-se ao forno quente. Não se deve abrir o forno senão passados vinte minutos. Depois de cozidas, desenformam-se e cobrem-se com claras batidas com açúcar. Colocam-se sobre redes e deixam-se secar.

Susana Ribeiro em Almeida - Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Susana Ribeiro em Almeida – Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Chouriça com grelos
Ingredientes:
1 molho de grelos, 1 chouriça de carne temperada com vinho, 8 batatas médias, 4 fatias de presunto magro
Modo de preparação:
Coze-se a chouriça em água suficiente par depois se cozerem separadamente nessa água os grelos e as batatas descascadas. Servem-se os grelos com as batatas e enfeitam-se com a chouriça cortada em rodelas e as fatias de presunto.

Coelho à caçador
Ingredientes:
1 coelho, cebola, azeite, alho, piripiri, colorau, vinho tinto, louro Modo de preparação:
Faz-se a cebolada com bastante azeite. Deita-se o coelho, mexe-se e cobre-se de vinho tinto. Adicionam-se os restantes temperos e mexe-se bem. Se se usar a panela de pressão, deixa-se estar durante 15 minutos. Na panela normal mexe-se à medida que vai apurando.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Jantar - Javali - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Jantar – Javali – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Esparregado de feijão verde
Ingredientes:
1 kg de feijão verde, 1 dl de azeite, 1 dente de alho, 1 colher de sopa de farinha, 1 colher de vinagre, sal
Modo de preparação:
Lava-se o feijão e corta-se à maneira de “caldo-verde”. Aferventa-se em água temperada com sal (apenas numa ligeira cozedura). Escorre-se muito bem. Tem-se o azeite numa frigideira na qual quase alourou o dente de alho. Junta-se o feijão, dá-se-lhe uma volta e salpica-se com a farinha. Mexe-se de modo a espalhar a farinha homogeneamente e, depois do feijão bem cozido e apurado, rega-se com o vinagre.

Esquecidos
Modo de preparação:
Misturam-se os ovos com o açúcar e batem-se bem. Adiciona-se a farinha, o sal, o fermento e água suficiente para amassar. Seguidamente deixa-se levedar e tendem-se bolas que vão a cozer em forno de lenha. A temperatura do forno tem influência no aspecto final do produto.

Filhós de Natal
Ingredientes:
1 kg de farina de trigo, 100 g de pão em massa, 12 ovos, 1 cálice de aguardente, sal, óleo para fritar
Modo de preparação:
Num grande recipiente, deita-se a farinha peneirada e o pão em massa. Misturam-se bem. Faz- se uma abertura no meio desta massa onde se deitam os ovos, a aguardente e um pouco de sal. Com uma colher de pau mexe-se em círculo e depois mexe-se até absorver a farinha. Em seguida amassa-se à mão até começar a fazer muitas bolhas. Deixa-se descansar durante meia hora. Unta-se uma superfície lisa com azeite e vão-se esticando pequenas quantidades de massa com as mãos, para todos os sentidos, até ficar muito fino. À medida que se vão fazendo, deitam-se em óleo bem quente e com um garfo enrola-se o centro. Viram-se para ficarem bem lourinhas. Põem-se a escorrer e polvilham-se com açúcar

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Arroz Doce - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Arroz Doce – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Filhós tendidas no Joelho
Ingredientes:
1 kg de farinha, 50 g de pão em massa, 2,5 dl de azeite, 6 ovos, leite, sal, açúcar e canela, azeite para fritar, farinha para tender
Modo de preparação:
Peneira-se a farinha para um alguidar e escalda-se com azeite a ferver. Misturam-se os dois elementos. Num canto do alguidar dissolve-se o pão em massa, com um pouco de leite tépido ou água tépida e sal. Mistura-se com a farinha. Juntam-se os ovos e amassa-se muito bem até se obter uma massa macia. Se for necessário, junta-se um pouco mais de líquido tépido, água ou leite. Embrulha-se o alguidar num cobertor e coloca-se em local temperado. Deixa-se levedar até a massa ter o dobro do volume. Depois, põe-se o azeite ao lume a aquecer e vão-se tendendo as filhós: retiram-se bocadinhos de massa que se estendem esticando-se com as mãos e a ajuda de um pouco de farinha, ficando cada uma com cerca de 10 cm de diâmetro. Enquanto esperam a vez de serem fritas, as filhós são colocadas no joelho, que, para o efeito, se cobriu com um pano branco grosso. À medida que vão sendo fritas no azeite bem quente, polvilham-se as filhós com açúcar e canela. Os 50 grs. de pão em massa, que se pode comprar nas padarias, podem ser substituídos por 30 grs. de fermento de padeiro.

Lagarada
Ingredientes:
Bacalhau, alho, batatas médias, cebolas médias
Modo de preparação:
Assam-se as batatas e as cebolas na brasa. Quando estiverem assadas põe-se o bacalhau a assar limpam-se as batatas e esmagam-se na mão. Partem-se as cebolas e deitam-se num recipiente. Desfaz-se o bacalhau e junta-se ao preparado. Junta-se também o alho assado. Rega- se com bastante azeite e serve-se.

Leite creme
Ingredientes:
5 dl de leite, 4 a 5 colheres de sopa de açúcar, 4 a 5 gemas, 1 colher de sopa de farinha de trigo, 1 casca de limão, açúcar para queimar (cerca de 100g)
Modo de preparação:
Batem-se as gemas com o açúcar e a farinha. Quando a mistura estiver bem homogénea e fofa, rega-se com o leite fervido com a casca de limão e leva-se a cozer em lume brando até engrossar um pouco. Deita-se numa travessa, deixa-se arrefecer e, depois de se polvilhar com açúcar, queima-se com um ferro em brasa.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Encontro de Coros - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Encontro de Coros – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Migas à moda da Guarda
Ingredientes:
300 g de pão de centeio, 0,5 l de água, 3 dentes de alho, 1 folha de louro, 3 colheres de sopa de azeite, 2 ovos batidos, 1 dl de azeite, sal e colorau
Modo de preparação:
Corta-se o pão e coloca-se numa tigela funda. Leva-se ao lume até ferver a água, com os dentes de alho picados, o louro, as três colheres de azeite e o colorau. Ao retirar do lume, juntam-se os ovos previamente batidos. Deita-se o caldo sobre o pão e deixa-se abeberar. Escorre-se. Rega- se com o azeite a ferver.

Paparote
Ingredientes:
Castanhas piladas, água, leite, sal
Modo de preparação:
O paparote só pode ser feito com castanhas piladas saídas do caniço. Põe-se uma panela com água ao lume e deixa-se ferver. Põem-se as castanhas num alguidar e lavam-se. Põem-se na panela. Não se podem mexer antes de estarem cozidas. Quando estiverem cozidas esmagam-se com um garfo e deita-se um bocadinho de sal e leite. Depois mexe-se, tira-se a panela do lume e está pronto a servir.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Visita encenada - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Visita encenada – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Papas de abóbora
Ingredientes:
1,5 kg de abóbora, 1 l de leite, farinha de trigo q.b.
Modo de preparação:
Parte-se a abóbora aos bocadinhos, coze-se e depois esmaga-se. Junta-se o leite e um pouco de farinha de trigo. Mexe-se e deixa-se ferver mais um pouco.

Papas de milho
Ingredientes:
200 g de milho traçado, 7,5 dl de leite, 150 gr de açúcar, sal, canela Modo de preparação:
Põe-se o milho de molho em água fria, durante 1 ou 2 horas e retiram-se as peles que vêm a superfície. Escorre-se o milho e leva-se ao lume com a água temperada com um pouco de sal. Quando a água evaporar, começa-se a juntar o leite a pouco e pouco, mexendo sempre. Tempera-se com o açúcar e deixa-se cozer um pouco mais. Servem-se polvilhadas com canela. Sobremesa de Inverno muito popular e que se serve quente. Na altura das malhas do centeio, estas papas servem de estímulo.

Perdizes lá de casa
Ingredientes:
4 perdizes, 4 chávenas de azeite, 4 chávenas de vinagre, 4 cebolas, 8 dentes de alho, salsa, sal, pimenta, 2 colheres de colorau
Modo de preparação:
Cortam-se as cebolas em quartos e esmagam-se os alhos. Levam-se as perdizes com todos os ingredientes citados a cozer em lume muito brando e com o recipiente tapado. De vez em quando destapa-se para se regarem as perdizes com o molho que se vai formando. Servem-se acompanhadas com batatas fritas em palitos grossos. Podem ser conservadas no frigorífico durante vários dias.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Jantar Javali - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Jantar Javali – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Salada de merujes
Ingredientes:
Meruges, sal, azeite, vinagre
Modo de preparação:
Depois de bem lavadas deitam-se as meruges numa barranha (espécie de tigela), tempera-se com sal, azeite e vinagre. Por vezes era servida só com pão de centeio. É muito fresca no Verão. É muitas vezes acompanhada com peixe frito.
Nota: A meruge aparece em locais com muita abundância de água, no final da Primavera, princípio do Verão.

Tigelada
Ingredientes:
Ovos, leite de cabra, açúcar amarelo, mel, raspa de limão, farinha, canela e sal q.b.
Modo de preparação:
Mistura se a farinha com o açúcar, o sal e a canela. De seguida, juntam se os ovos, o mel, a raspa de limão e o leite morno. Mexe se tudo muito bem e coloca se em caçoilos/recipientes de barro untadas com azeite. Coloca se o preparado no forno de lenha. Serve se frio sem polvilhar com nenhum condimento ou especiaria.

Torresmos da Guarda
Modo de preparação:
Corta-se em quadrados mais ou menos regulares a carne “entremeada” (o mesmo que soventre). Tempera-se com sal. Unta-se uma frigideira apenas com um pouco de banha ou azeite, deitam-se dentro os bocados de carne cortada e temperada e deixam-se fritar até ficarem bem louros. Vão- se retirando da frigideira à medida que vão alourando. Só devem ser servidos quando bem finos. Querendo servir estes torresmos como aperitivos, a carne deverá ser cortada em bocados muito pequenos. Na Guarda os torresmos fazem parte da refeição da morcela.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Baile de epoca - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Baile de epoca – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Trutas abafadas
Ingredientes:
4 trutas grandes ou 8 pequenas, 3 dl de vinagre, 2 dentes de alho, 8 grãos de pimenta, 1 ramo de salsa, 2 folhas de louro, sal, noz-moscada
Modo de preparação:
Levam-se a lume brando o azeite, o vinagre, a pimenta, o louro partido, a salsa, o sal, a noz- moscada ralada e os alhos cortados ao meio. Preparam-se as trutas, introduzem-se na mistura anterior logo que esta ferva e deixa-se cozer. Retiram-se as trutas para um recipiente fundo e, depois de fritas, cobrem-se com a marinada em que cozeram, também frita. As trutas abafadas servem-se acompanhadas com batatas cozidas, mas só depois de terem estado pelo menos 24 horas na marinada.

Bilharacos
Ingredientes:
1 kg de abóbora menina, 100 g de farinha de trigo, açúcar escuro, sal, azeite
Modo de preparação:
Descasca-se a abóbora e coze-se em água e sal. Deixa-se escorrer de um dia para o outro dentro de um saco. Depois amassa-se com a farinha. Com a ajuda de duas colheres frita-se esta massa em azeite a ferver. Escorrem-se e passam-se por açúcar.

Susana Ribeiro em Almeida - Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Susana Ribeiro em Almeida – Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Sobre a Rede das Aldeias Históricas de Portugal

Perdidas entre montes e vales da verdejante paisagem do interior de Portugal, repletas de lendas e castelos, sabores e tradições, há 12 singelas aldeias onde apetece perdermo-nos, para nunca mais nos encontrarmos. Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso: as Aldeias Históricas de Portugal, um destino que são 12, são paraísos escondidos que nos levam numa viagem ao tempo de reis e rainhas, épicas e infinitas batalhas que escreveram a História como a conhecemos hoje.

Viajar até às Aldeias Históricas de Portugal é, assim, descobrir a História de um país de temerários conquistadores, através das pedras das suas calçadas e das suas frondosas muralhas e castelos, orgulhosa e imponentemente erguidos. É, ainda, a garantia de momentos inesquecíveis de lazer, aventura e descoberta, temperados com os inigualáveis aromas e sabores da região, que compõem a sua típica gastronomia. No território das Aldeias Históricas de Portugal há um sem fim de trilhos para caminhadas e percursos de bicicleta e BTT – como a Grande Rota 22 (GR), a maior rota de Walking & Cycling em Portugal, com cerca de 600 km.

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Visitas Encenadas Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Visitas Encenadas – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

As Aldeias Históricas de Portugal são o primeiro destino em rede – à escala mundial –, e o primeiro destino nacional a receber a certificação BIOSPHERE DESTINATION.

Portugal tem a maior rota europeia para caminhadas com selo Leading Quality Trails – Best of Europe: é a Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal (GR22), distinguida pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhada). A GR22 liga as 12 Aldeias Históricas de Portugal em mais de 600 km de extensão, num percurso circular, que envolve alguns dos mais belos parques naturais e reservas de Portugal, classificadas como Património Mundial da UNESCO: o Parque Natural do Douro Internacional e Parque Arqueológico do Vale do Côa, o Parque Natural do Tejo Internacional, e o Parque Natural da Serra da Estrela, cuja candidatura a Geopark Mundial foi recentemente aprovada pela UNESCO. Além destes territórios UNESCO, a GR22 integra ainda outros parques e reservas naturais, como a Paisagem Protegida da Serra do Açor, a Reserva Natural da Serra da Malcata, a Área Protegida Privada da Faia Brava e a Paisagem Protegida da Serra da Gardunha.

A GR22 é também um importante recurso de interpretação do território, centrado na lógica de rede que liga as 12 Aldeias Históricas de Portugal e que envolve cerca de 104 localidades e 20 municípios: os 10 que integram a Rede (Almeida, Arganil, Belmonte, Celorico, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Idanha-a-Nova, Mêda, Sabugal e Trancoso) e ainda os municípios da Guarda, Castelo Branco, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas, Pampilhosa da Serra, Penamacor, Pinhel e Seia.

©Aldeias Históricas Portugal

©Aldeias Históricas Portugal

Susana Ribeiro em Almeida - Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Susana Ribeiro em Almeida – Aldeias Históricas de Portugal © Viaje Comigo

Ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa - Contar historias - Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Contar historias – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa – Figuras com históra – Almeida © Aldeias Históricas de Portugal

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo