Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo
Publicado em Fevereiro 6, 2017

Estação do Caminho de Ferro de Maputo (CFM), Moçambique

África/ Moçambique [ Maputo ]

A Estação Central de Maputo foi considerada, por diversas vezes, uma das mais belas do mundo. A revista norte-americana Time, colocou-a como a terceira estação ferroviária mais bela, em 2016, e no mesmo ano, o Financial Express também considerou esta estação como a sétima mais bela do mundo.

Relógio da Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Relógio da Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Na votação da Time, estavam em primeiro e segundo lugar, a Gare du Nord (Paris) e St. Pancras International (Londres), respectivamente, onde também estava representada a Estação de São Bento, que está situada na cidade do Porto, em Portugal.

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

O Museu dos CFM foi inaugurado a 11 de junho de 2015 e está sediado na Estação Central dos Caminhos de Ferro, em Maputo, que fica junto da Praça dos Trabalhadores. Nas paredes e estrutura exterior da mesma, está a exposição com imagens das 10 Mais Belas Estações Ferroviárias do Mundo entre as quais está, claro, a Estação Central dos CMF.

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

São vários os pormenores do passado que foram mantidos na estação. As placas que dizem “Posto de Migração – Immigration Office” ou “Sala de Espera – Waiting Room” são dois desses toques, assim como as portas de vidro, ou o sino que marca a chamada e partida das composições e o relógio antigo. Se espreitar pelos vidros, ainda vai ver as salas como antigamente, onde de vez em quando se realizam algumas cerimónias.

Locomotiva exposta na Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Locomotiva exposta na Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Locomotiva exposta na Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Locomotiva exposta na Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

O emblemático edifício da Estação Central de Maputo é um dos símbolos mais antigos e de maior significado da empresa CFM, da cidade de Maputo e de Moçambique. É algo que sobressai numa cidade que, acompanhando os tempos modernos, tem também edifícios mais altos nas redondezas, mas onde se destaca esta pérola da arquitetura.

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Dados históricos: a primitiva estação de madeira e zinco foi inaugurada a 8 de julho de 1895, fazendo a ligação ferroviária entre Lourenço Marques e Transvaal. No entanto, a estação atual foi construída entre 1904 e 1910, com um zimbório de cobre, ao qual se junta a cúpula, com 48 pés de diâmetro e cerca de 40 de altura.

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

As obras da nova estação começaram em 1908 substituindo a estrutura de madeira e zinco. A inauguração oficial teve lugar a 19 de março de 1910. Atualmente, a mesma serve como terminal das linhas dos CFM que ligam a cidade à Suazilândia (Linha de Goba), à África do Sul (Linha de Ressano Garcia) e ao Zimbabué (Linha do Limpopo).

Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

O edifício mantém a sua fachada, ao estilo francês, de fim de século, com um verde muito caraterístico, contrastando com o branco, seguindo – segundo os dados no site do Património de Influência Portuguesa – “o projeto do arquiteto José Cristiano de Paula Ferreira da Costa, autor do Vidago Palace Hotel em Trás-os-Montes, em 1908-1910, e, em Lourenço Marques, da Esquadra de Polícia da Rua Consiglieri Pedroso e do vizinho Banco Nacional Ultramarino, já demolido”. Vale a pena visitar!

Exposição das mais belas gares do mundo - Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Exposição das mais belas gares do mundo – Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Exposição das mais belas gares do mundo - Estação do Caminho de Ferro de Maputo - Moçambique © Viaje Comigo

Estação S. Bento no Porto – Exposição das mais belas gares do mundo – Estação do Caminho de Ferro de Maputo – Moçambique © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo