Praia de Moledo © Viaje Comigo
Publicado em Agosto 4, 2015

Visitar Caminha, Portugal

Notícias/ Portugal [ Caminha ]

Esta vila do Norte de Portugal, no distrito de Viana do Castelo, foi durante muito tempo um importante ponto bélico contra as investidas espanholas e francesas. Hoje em dia, outros atributos sobressaem em Caminha: as praias marítimas e fluviais, os montes verdejantes, as festas típicas, a gastronomia e, claro, os seus habitantes.

São muitas as festas que enchem as ruas de Caminha: as festas em Honra a Santa Rita de Cássia, Nossa Senhora da Bonança, S. Bento, a Festa das Solhas e a Romaria de S. João D’Arga. Esta última, é conhecida por ser a festa mais genuína do Alto Minho, onde imperam as tradições, os costumes e, sem dúvida, o divertimento.
Também a Feira Medieval representa um chamariz turístico, no qual as ruas ficam repletas de estrangeiros e de música animada (em julho).

Serra D'Arga, Caminha © Viaje Comigo

Serra D’Arga, Caminha © Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Para os amantes da natureza e do bem-estar, a Ecovia do Atlântico é uma agradável opção. Este projeto em constante evolução dispõe novos percursos pedonais e cicláveis, num ambiente de diversidade paisagística, exibindo a natureza no seu esplendor. É um passeio que passa por mar, rio e por espaços verdes.

Ecovia do Atlântico © CM Caminha

Ecovia do Atlântico © CM Caminha

Suba aos miradouros para apreciar a vista (e aproveite para fazer um piquenique, as mesas e bancos de pedra já lá estão à sua espera). Explore a pitoresca vila de Vilar de Mouros, vá a banhos no mar ou no rio e descubra a gastronomia local. E há muito, muito mais para descobrir.

Em Caminha explore o centro histórico muralhado e, se o tempo convidar, aproveite as esplanadas para descansar e experimentar os doces locais, como os caminhantes e as telhas, por exemplo. Caminhe pela Rua Direita para encontrar os pontos de diversão noturna (e também diurna), perdendo-se pelas ruelas pitorescas.

O Viaje Comigo foi explorar, durante três dias, este recanto tão português e deixa-lhe algumas sugestões do que conhecer. Boa viagem!

Ruas de Caminha ©Viaje Comigo

Ruas de Caminha ©Viaje Comigo

Rua Direita vista da Torre do Relógio- Caminha ©Viaje Comigo

Rua Direita vista da Torre do Relógio- Caminha ©Viaje Comigo

MIradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

O QUE VER EM CAMINHA?

Casa das Pitas
Palácio urbano, datado do século XVII, que apresenta caraterísticas revivalistas manuelinas e barrocas.

Chafariz de Caminha ©Viaje Comigo

Chafariz de Caminha ©Viaje Comigo

Chafariz
Este Monumento Nacional de cariz renascentista, está situado no centro do Largo do Terreiro e foi edificado nos meados do século XVI.

Chafariz de Caminha © Viaje Comigo

Chafariz de Caminha © Viaje Comigo

Miradouro do Cruzeiro da Independência
Na freguesia de Lanhelas encontra este monumento, que serve de ode à valentia dos habitantes da freguesia contra a ofensiva espanhola a 23 de abril de 1644. Além do simbolismo inerente ao local, tem uma vista deslumbrante sobre Caminha e a vizinha Espanha.

Miradouro do Cruzeiro, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro do Cruzeiro, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro do Cruzeiro, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro do Cruzeiro, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão

Panorâmica do miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Panorâmica do miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Igreja do Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Capela no Miradouro de Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Outros miradouros:

Além destes miradouros existem outros igualmente conhecidos como o Miradouro da Fraga (Vilarelho), do Monte do Calvário (Vila Praia de Âncora) e da Senhora das Neves (Dem), e que estão incluídos na Rota dos Miradouros.

O Miradouro da Boavista fica junto das Muralhas de Caminha e acima está o Miradouro de Fraga com vista para a Mata Nacional do Camarido.

Dólmen da Barrosa
Em Vila Praia de Âncora pode visitar este monumento megalítico funerário, comummente designado por Lapa do Mouro. Monumento Nacional desde 1910.

Dólmen da Barrosa - Vila Praia de Âncora © CM Caminha

Dólmen da Barrosa – Vila Praia de Âncora © CM Caminha

Igreja Matriz de Caminha
Esta igreja gótica, de detalhes renascentistas, começou a ser construída em 1428 e representa a fé e a tenacidade dos caminhenses. Está inserida dentro da cerca medieval.

Igreja Matriz de Caminha © Viaje Comigo

Igreja Matriz de Caminha © Viaje Comigo

Igreja da Misericórdia
Igreja renascentista, erigida no século XVI, na qual se destaca a talha dourada em estilo barroco e rococo, e a imagem de Santa Rita.

Igreja da Misericórdia, Caminha ©Viaje Comigo

Igreja da Misericórdia, Caminha ©Viaje Comigo

Forte da Ínsua
Não há como escapar à imagem deste forte no meio do mar. Em Moledo encontra, num rochoso ilhéu, este Monumento Nacional. Foi habitado por uma comunidade franciscana, no século XIV, mas o seu aspeto atual deve-se à construção do forte no século XVII.

Forte da Ínsua © Viaje Comigo

Forte da Ínsua © Viaje Comigo

Forte da Lagarteira
Este forte, também conhecido como Forte de Âncora, está localizado no Portinho de Vila Praia de Âncora. A construção desta Fortaleza remonta aos séculos XVII/XVIII e apresenta caraterísticas seiscentistas e medievais.

Ponte românica de Vilar de Mouros
Sobre o Rio Coura encontra esta ponte gótica, classificada como Monumento Nacional desde 1910. Mais à frente pode tomar banho na azenha de Vilar de Mouros.

Ponte de Vilar de Mouros © Viaje Comigo

Ponte de Vilar de Mouros © Viaje Comigo

Torre do Relógio
É Monumento Nacional e faz parte das muralhas medievais de Caminha, datadas do século XII. O batismo de Torre ocorreu em 1673, aquando a colocação do relógio. É possível subir até ao topo para ver a vila. Veja aqui o vídeo do Viaje Comigo no cimo da Torre.

Torre do Relógio © CM Caminha

Torre do Relógio © CM Caminha

Vista da Torre do Relógio - Caminha ©Viaje Comigo

Vista da Torre do Relógio – Caminha ©Viaje Comigo

Mosteiro S. João D’Arga
Esta construção românica, sita no cume da Serra d’Arga, oferece uma vista deslumbrante. É aqui que tem lugar uma das maiores romarias do Minho: as festas de São João D´Arga realizam-se nos dias 28 e 29 de agosto, com milhares de pessoas participar.

Garranos na Serra d'Arga © CM Caminha

Garranos na Serra d’Arga © CM Caminha

Muralhas
As muralhas medievais mais antigas de Caminha remontam ao século XIII.

O QUE FAZER?

Arte na Leira: na Serra d’Arga pode visitar este projecto único, que nos permite conhecer melhor o trabalho do artista plástico Mário Rocha e de outros criadores. Ocorre todos os anos entre julho e agosto.

Museu Municipal de Caminha
Encontra-se em pleno Centro Histórico Medieval de Caminha e exibe uma coleção arqueológica que conta o percurso da região desde a Pré-História à Romanização.

Piscinas Municipais
Complexo composto por piscinas para adultos e crianças, jacuzzi, ginásio e clube de saúde e espaços para massagens.

Praias marítimas
Praias como Foz do Minho, Moledo do Minho, Gelfa e Vila Praia de Âncora são óptimas opções – classificadas com Bandeira Azul – para desfrutar um dia de sol.

Praia de Vila Praia de Âncora © CM Caminha

Praia de Vila Praia de Âncora © CM Caminha

Zonas Fluviais de Recreio
Para quem prefere a calmia do rio tem Lanhelas, Seixas e Foz do Minho como alternativa. Pode até marcar um passeio de barco como o que o Viaje Comigo fez com a Feeldouro.

Serra D’Arga
Históricas aldeias rurais inseridas em montes verdejantes são o cartão de visita desta Serra, que convida a caminhadas com belas paisagens de fundo. Poderá encontrar cavalos a passearem pelos montes. O pôr-do-sol a partir da serra é deslumbrante.

 

Garranos na Serra d'Arga © CM Caminha

Garranos na Serra d’Arga © CM Caminha

Pôr-do-sol na Serra d'Arga © Viaje Comigo

Pôr-do-sol na Serra d’Arga © Viaje Comigo

Teatro Municipal Valadares
Espaço cultural que acolhe atividades como peças de teatro, café-concerto, salão de festas ou exposições.

Valadares, Teatro Municipal © CM Caminha

Valadares, Teatro Municipal © CM Caminha

O QUE COMER?

Caminha tem alguns pratos típicos apetitosos como, por exemplo, sardinha de rabito ao alto, sardinha em escabeche e a caldeirada à pescador. Os fumeiro e enchidos locais são também muito apreciados.

Nas freguesias do litoral é o peixe fresco a estrela, que se traduz em pratos como: lampreia de arroz à bordalesa, parrilhada de peixe, a sopa de solha seca, robalo na caçarola, e muitos outros.
No interior, o destaque vai para a carne, principalmente de porco. O cabrito, estufado ou assado, também fazem um brilharete.
Para adoçar a boca, têm os doces regionais: caminhenses, as roscas de Lanhelas e os doces telhas.

Caminhenses © DR CM Caminha

Caminhenses © DR CM Caminha

ONDE FICAR

O Viaje Comigo ficou no Prazer da Natureza Resort and Spa, em Vilar de Mouros.

Textos: Rafaela Santiago e Susana Ribeiro

Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Santo Antão, Caminha @ Viaje Comigo

Capela de Santo Isidoro, Vila Praia de Âncora © Viaje Comigo

Capela de Santo Isidoro, Vila Praia de Âncora © Viaje Comigo

Igreja de Vilar de Mouros © Viaje Comigo

Igreja de Vilar de Mouros © Viaje Comigo

Panorâmica da Torre do Relógio de Caminha ©Viaje Comigo

Panorâmica da Torre do Relógio de Caminha ©Viaje Comigo

Praia de Moledo © Viaje Comigo

Praia de Moledo © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo