Publicado em Novembro 8, 2013

Exposição do Museu do Prado em Lisboa

Notícias [ Exposições ]

O Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) acolhe até dia 6 de abril a primeira exposição em Portugal composta exclusivamente por obras do Museu Nacional do Prado, o mais importante museu de Espanha e um dos mais importantes do mundo.

O MNAA, que alberga a mais importante coleção pública do país, do século XII ao século XIX, apresenta “Prado em Lisboa” com a exposição de 57 pinturas dos grandes mestres da paisagem do século XVII.

Esta mostra resulta de um convénio histórico assinado entre os dois museus, que tem como objetivo a realização de projetos conjuntos que promovam o conhecimento de ambas as coleções. Uma produção Everything is New.

David Teniers O JOVEM Paisagem com Ciganos c. 1641-1645 Óleo sobre tela

David Teniers O JOVEM Paisagem com Ciganos Óleo sobre tela

Na segunda metade do século XVI, começa a observar-se uma mudança nas temáticas usadas pelos artistas do norte da Europa, sobretudo dos Países Baixos, que os italianos designavam na época por “nórdicos”.

Ao longo do século XVII, pintores e colecionadores afastam-se dos motivos heróicos, característicos da pintura histórica, acercando-se de temas mais quotidianos, que passam a considerar dignos de serem representados. Entre esses temas, encontra-se a paisagem, que acaba por tornar-se num género pictórico independente.

Esta exposição está dividida em nove núcleos, correspondentes às diversas tipologias da paisagem, surgidas na Flandres e na Holanda: “A Montanha: encruzilhada de caminhos”, “O Bosque como Cenário: a vida no bosque, o bosque bíblico e a floresta encantada, encontro de viajantes”, “Rubens e a Paisagem”, “A Vida no Campo”, “No Jardim do Palácio”, “Paisagem de Gelo e de Neve”, “Paisagem de Água: marinhas, praias, portos e rios”, “Paisagens Exóticas, Terras Longínquas” e, ainda, “Em Itália Pintam a Luz”.

Peter Paul Rubens e Jan Brueghel O VELHO - Visão de Santo Huberto

Peter Paul Rubens e Jan Brueghel O VELHO – Visão de Santo Huberto

Os mais destacados mestres da paisagem nórdica do século XVII compõem esta mostra, com obras tão importantes como “Paisagem Alpina”, de Tobias Verhaecht, “A vida no Campo”, “A Abundância e os Quatro Elementos” e “Boda Campestre” de Jan Brueghel o Velho, além de “A Visão de Santo Huberto”, pintada em colaboração com Rubens, “Paisagem com Ciganos” e “Tiro ao Arco”, de David Teniers, ou os dramáticos “Cerco de Aire-sur-la-Lys”, de Peeter Snayers, e “Bosque”, de Simon de Vlieger.

As duas tipologias mais características das paisagens pintadas por artistas do do norte da Europa – a paisagem de inverno e a paisagem de água – estão representadas, entre outras, pela delicada pintura O Porto de Amesterdão no Inverno, de Hendrick Jacobsz. Um Porto de Mar ou Desembarque de Holandeses no Brasil, de Jan Peeters, aludem a terras longínquas, às quais o comércio marítimo fez chegar os holandeses.

Por último, Rubens, o grande mestre da paisagem nórdica, com a pintura Atalanta e Meleagro Caçando o Javali de Cálidon. A exposição termina com algumas das paisagens encomendadas pelo rei Felipe IV de Espanha a Claude Lorrain e a Jan Both, para decorar o Palácio do Bom Retiro de Madrid. Dois jovens pintores que iniciaram em Roma a chamada paisagem italianizante.

Peter Paul Rubens - Atalanta e Meleagro Caçando o Javali de Cálidon

Peter Paul Rubens – Atalanta e Meleagro Caçando o Javali de Cálidon

Horário: 3ª a 6ª feira das 10h00 às 19h00; sábado das 10h00 às 21h00; domingo das 10h00 às 19h00. Encerrado à 2ª feira

Bilhetes da exposição temporária:

Normal – 6€           Jovem – 3€ (dos 7 aos 18 anos)            Sénior – 3€ ( a partir dos 65 anos)

Criança – gratuito até aos 6 anos       Estudante – 3€ (dos 19 aos 25 anos mediante documento identificativo)

Família I – 12€ (2 adultos + 1 filho com idade dos 7 aos 18 anos)

Família II – 14€ (2 adultos + 2 filhos com idade dos 7 aos 18 anos)

Escolas – 2€ por aluno (turmas até 12.º ano)                    Universidades – 2,50€ por aluno

Todos os bilhetes podem ser adquiridos em duas modalidades:

Acesso Normal – válido para 1 dia da exposição com data marcada

Acesso Rápido – válido para 1 dia da exposição com data e hora marcada e tempo máximo de espera de 30 minutos

Acesso Livre – válido para qualquer dia da exposição

Visita Guiada com Horário Fixo

– De 3ª a 6ª feira às 11h30 e às 15h00

– Sábado às 10h00, 12h00, 17h30 e 19h30

– Domingo às 10h00, 12h00 e 17h30

Bilhete conjunto: o bilhete conjunto permite ao visitante a entrada na exposição temporária e também na exposição permanente do MNAA (no mesmo dia).

Normal – 10€                 Jovem – 3€ (dos 7 aos 14 anos)                   Jovem – 5€ (dos 15 aos 18 anos)

Sénior – 5€ (a partir dos 65 anos)              Criança – gratuito até aos 6 anos

Estudante – 4,50€ (dos 19 aos 25 anos mediante documento identificativo)

Família I – 23,50€ (2 adultos + 1 filho com idade dos 7 aos 18 anos)

Família II – 27,50€ (2 adultos + 2 filhos com idade dos 7 aos 18 anos)

Escolas – 2€ por aluno (turmas até 12º ano)                  Universidades – 2,50€ por aluno

Visitas Guiadas a Escolas e Universidades

MNAA – Serviço Educativo        Telefone – 21 391 28 00           E-mail – se@mnaa.dgpc.pt

Visitas Guiadas de Grupos, Corporate e Turistas

Everything Is New                         Telefone – 93 504 37 23          E-mail – exposicao@everythingisnew.pt

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo