Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo
Publicado em Junho 30, 2021

Visitar Salinas de Rio Maior, Portugal

Notícias/ Portugal [ Rio Maior ]

Em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, as Salinas de Rio Maior situam-se a cerca de 3 quilómetros do centro da cidade e encaixam-se num vale no sopé da Serra dos Candeeiros. São as únicas salinas interiores em Portugal. O que significa isso? Que são as únicas que não estão perto do mar. E são também as únicas que se encontram em pleno funcionamento em toda a Europa.

Panorâmica das Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Panorâmica das Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas Naturais de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas Naturais de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas Naturais de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas Naturais de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Classificadas como Imóvel de Interesse Público, desde dezembro de 1997, as referências das Salinas de Rio Maior remontam a 1177. Apesar de esta já ser uma data bastante antiga, estima-se que o aproveitamento do sal-gema já seria feito desde a Pré-História.

Fiz um dos percursos pedestres da área – o PR1 (RMR) Marinhas de Sal –  que começa nas salinas e é circular: mas, confesso que a meio perdi-me. Deixei de ver os sinais de percurso (os riscos vermelho e amarelo) e fui seguindo até ter de ligar o GPS porque estava um pouco perdida. Diz ter 3 Km e eu fiz mais do dobro, eheheh!

PR1 - RMR Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

PR1 – RMR Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

PR1 - RMR Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

PR1 – RMR Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Sal Fonte Salina, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Sal exposto, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Sal exposto, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Estas salinas são de facto incríveis, não só pela distância a que estão do mar – a cerca de 30 quilómetros – mas também porque a sua envolvência natural é muito bonita: muito verde, com vinhas, terras de cultivo e floresta.

Neste local, o sal é vestígio da presença do mar em épocas remotas. A água daqui é cerca de sete vezes mais salgada que a água do mar. De onde vem? Chega através de um poço, após a água passar por uma jazida de sal-gema com milhões de anos. Incrível não é?

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Informações nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Informações nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

ECOMUSEU SALINAS DE RIO MAIOR

As Salinas de Rio Maior têm vários tanques “Concentradores” onde grande parte da água do poço ganha a concentração de sal, por evaporação, sendo depois distribuída pelos “talhos” das Salinas.

O que são os Talhos? Locais onde se coloca a água a evaporar, para produzir sal.

O Poço foi reconstruído em 1850 e tem cerca de nove metros de profundidade. É a única fonte de água salgada que ali chega.

Eira: é uma tábua de madeira ou área elevada (pode ser acimentada) para secar o sal retirado dos “talhos”.

Lojas de sal: Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas de sal: Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Armazéns de Sal da Cooperativa Agrícola dos Produtores de Sal de Rio Maior: os atuais armazéns vieram substituir, em boa parte, os pequenos e tradicionais armazéns de sal, hoje transformados em estabelecimentos comerciais.

A Cooperativa, criada em 1979, escoa cerca de 2.000 toneladas de sal na região e para alguns países europeus, como a Alemanha, onde o sal é utilizado na confeção do pão, por exemplo. Tudo tem um processo artesanal, desde a escolha ao embalamento do sal.

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

E as ruas que vão dar às salinas tornaram-se num dos mais pitorescos chamarizes de visitantes e turistas. A maior parte das casinhas de madeira – anteriormente de quem trabalhava nas salinas, onde guardavam o material – foi transformada em lojas de produtos regionais, artesanato e também restaurantes. Parece uma pequena aldeia… meio “faroeste” pelo ambiente da rua principal e as casinhas de madeira escura! 😀

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Sim, vale muito a pena visitar! E no final da caminhada e/ou visita pode ir almoçar (ou jantar) a um dos restaurantes. Fui experimentar o famoso frango assado no churrasco do Solar do Sal… e que maravilha! A caminhada ajudou a abrir o apetite, é certo, mas foi (muito) provavelmente um dos melhores frangos no churrasco que já comi! Pedi com molho picante e a batata frita caseira e salada a acompanhar.

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Restaurante Solar do Sal, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

INFORMAÇÕES

O concelho de Rio Maior, no distrito de Santarém, integra a Sub-região da Lezíria do Tejo e em termos turísticos integra-se no Turismo do Alentejo e Ribatejo. Os seus principais pontos naturais são a Serra dos Candeeiros e o Rio Maior, afluente do Tejo. Numa superfície de cerca de 270 km2 encontram-se a paisagem serrana e a zona do Bairro Ribatejano, um espaço privilegiado entre a Região do Vale do Tejo e o Litoral Oeste de Portugal.

Dirija-se ao Posto de Turismo das Salinas para informações, mapas e visitas guiadas.

Percursos Pedestres

Como Chegar:
Latitude‎ +39° 21′ 52.57, Longitude -8° 56′ 40.62

Mais informações no site de Turismo de Rio Maior

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lavadouro no Percurso Pedestre - Fonte Santa - Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lavadouro no Percurso Pedestre – Fonte Santa – Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Sal exposto, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Sal exposto, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Lojas e comércio nas Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Loja com venda de sal - Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Loja com venda de sal – Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Rua do Carreto, Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Rua do Carreto, Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior - Portugal © Viaje Comigo

Salinas de Rio Maior – Portugal © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo