Petra - Jordânia © Viaje Comigo
Publicado em Janeiro 7, 2021

Viajar para a Jordânia

Ásia/ Jordânia

A Jordânia, no Sudoeste Asiático, é um país de fortes contrastes, onde os vestígios da sua história – que remontam ao Paleolítico – convivem com focos de modernidade e agitação. A religião é um dos pilares desta nação, com 92% da população muçulmana (sunita), facto este que convida aos viajantes para terem maior sensibilidade em certos locais, respeitando as diferenças e tradições locais.

Templo de Petra - Jordânia © Viaje Comigo

Templo de Petra – Jordânia © Viaje Comigo

A Jordânia – estrategicamente localizada no cruzamento da Ásia, África e Europa, na margem leste do rio Jordão – é um país que atrai qualquer entusiasta de História pois nas suas ruínas e nos seus edifícios estão evidências de presença humana com 250 mil anos!

O dia mais importante da Jordânia é o feriado nacional da Independência. A 25 de maio de 1946, este país libertou-se do Reino Unido e tornou-se uma nação soberana.
O Rei Abdulá II é a entidade mais importante, com Bisher Khasawneh como Primeiro Ministro.

Luzes noite Acampamento- Petra – Jordania © Viaje Comigo

Alguns locais a visitar na Jordânia

Vale da Lua
A sul da Jordânia visitámos Wadi Rum, conhecido como o Vale da Lua. A sua paisagem de montes envoltos por água é fascinante mas foi, apesar disso, o seu ambiente desértico que atraiu diversos filmes que aqui gravaram cenas. Filmes tão conhecidos como Star Wars e Lawrence das Arábias, por exemplo.

Wadi Rum - Jordânia © Viaje Comigo

Wadi Rum – Jordânia © Viaje Comigo

Jerash
A cerca de 60km da capital Amã, no norte da Jordânia, explorámos Jerash. Neste local arqueológico, que pareceu um museu gigante ao ar livre, ainda se consegue perceber como estava organizada a cidade, pois muitos edifícios sobreviveram ao passar do tempo e às intempéries.

Jerash - Jordânia © Viaje Comigo

Jerash – Jordânia © Viaje Comigo

Dead Sea/ Mar Morto
De certeza que já viu imagens de pessoas em praias magnificas a flutuarem no mar com enorme facilidade e naturalidade… pois, este é o local! As águas aqui são dez vezes mais salgadas que a água do mar e são ricas em sais de cloreto de magnésio, potássio, sódio, entre outros. Atualmente, estas características atraem muitos turistas mas este local já era buscado na antiguidade por figuras ilustres, como a Cleópatra!

Petra
Há mais de 2000 mil anos Petra já era habitada pelos Nabataeans, por isso, toda a cidade conta a história através dos enormes edifícios e dos engenhosos canais de água e conjunto de barragens. A cidade é Património Mundial da UNESCO e uma das novas 7 Maravilhas do Mundo.

Petra - Jordânia © Viaje Comigo

Petra – Jordânia © Viaje Comigo

Amã/ Amman
A enérgica capital está situada entre o deserto e as margens férteis do vale Jordão. Aqui grandes edifícios representam a faceta modernizada que se mescla com a história, religião e tradição.

Umm El Jimal
A 90 minutos de carro da capital Amã, encontra uma planície de basalto que se destaca pelas paisagens singulares que refletem os povos que por aqui passaram em 2000 anos, como por exemplo os Romanos, os Otomanos e os Nabataean. Neste local arqueológico, pode visitar mais de 150 estruturas que sobreviveram e estão muito bem preservadas.

Lojas de Petra – Jordânia © Viaje Comigo

Dicas para Viajar para a Jordânia

– Cumprimentar os locais, muçulmanos ou não, com As-Salamalakium cai muito bem

– A sinalização das estradas não é boa, portanto, desaconselham a viajar de noite para evitar acidentes. Recomendam também a escolha de transportes públicos ou veiculo de aluguer/taxi para se deslocar. Outra opção é fazer download da app Careem, o equivalente à Uber.

– É melhor viajar com seguro de saúde

– Evite beber água da torneira e ingerir alimentos crus, exceto em restaurantes de confiança

– Se o convidarem para um café ou para beber um chá e não puder aceitar, coloque a mão direita no coração e decline educadamente

– Posse/consumo de drogas é severamente punido

– Bebidas alcoólicas são permitidas, contudo o consumo é proibido em locais públicos, com exceção dos hotéis e restaurantes

Não é aconselhável criticar o Rei ou a família real na presença de locais

– Em alguns locais, como na Baixa de Amã, não é aconselhável roupas muito reveladoras, como calções (tanto para homens como mulheres)

– Em Amã, não costumam orientar-se pelo nome das ruas – apesar de haver muitas conhecidas – mas sim por pontos de referência. Não estranhe se lhe derem indicações desta forma.

– Não há representação diplomática portuguesa na Jordânia. Alguma situação será lidada pela Embaixada de Portugal no Cairo

Jerash - Jordânia © Viaje Comigo

Jerash – Jordânia © Viaje Comigo

Ficam algumas palavras em árabe para cair nas boas graças dos locais e facilitar a sua viagem, com vocabulário útil:

Sim Na’am
Não Laa
Obrigada(o) Shukran
De nada/não tem de quê Afwan
Olá Marhaba
Adeus Ma’asalameh
Como se chama? Shoo ismak? (dirigindo-se a um homem)/Shoo ismek? (a uma mulher)
Por favor – Lao samaht
Que horas são? Edesh el sa’aa?
Quanto Custa? Addeysh?
Eu não falo árabe Ana laa ahkee Arabee

Bandeira da Jordânia © wikipedia

Bandeira da Jordânia © wikipedia

Capital: Amman/ Amã

Área: 89 341 km²

População: 9.956 million (dados 2018)

Língua: língua oficial é o árabe. O inglês tem alguma difusão.

Moeda: dinar (JOD)

Fronteiras:  Arábia Saudita a leste e sul, Iraque nordeste, Síria a norte, Israel e Palestina a oeste e o mar Vermelho a sul

Sistema Político: Monarquia constitucional unitária parlamentar

Religião: mais de 92% da população é muçulmana sunita; cerca de 6% são cristãos, na sua maioria crente das Igreja Grega Ortodoxa

Horário: +2h que Portugal Continental; +5h que em Brasília

Clima: No Verão, muito quente e seco. No Inverno, a temperatura pode descer bastante, principalmente nas regiões montanhosas.

Visto: vistos de turismo (para cidadãos portugueses e brasileiros) podem ser adquiridos à chegada do aeroporto de Amã e têm validade de um mês – podem ser alargados nas estações de policia. À saída do país tem de pagar uma taxa em dinares.

Gastronomia: muitas entradas como Khubez, o pão achatado típico, húmus, falafel, salada de agrião; o prato mais típico é Mansaf, cordeiro temperado com ervas aromáticas; kebab, principalmente de cordeiro; nos doces: Baqlaweh, massa folhada em camadas com nozes e muito mel.

Telefones Úteis na Jordânia

Emergências: 911
Polícia: 191
Bombeiros: 911
Indicativo: +962

Comida Acampamento- Petra – Jordania © Viaje Comigo

Wadi Rum - Jordânia © Viaje Comigo

Local de almoço em Wadi Rum – Jordânia © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo