Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo
Publicado em Junho 22, 2020

A olhar o Vale do Douro: Quinta da Côrte, Valença do Douro, Portugal

Alojamento/ Portugal [ Douro/ Vinhos ]

Ao seguir a Estrada Nacional 222, quase a chegar ao Pinhão, virámos à direita para Valença do Douro. A Quinta da Côrte fica aí, meio escondida, por entre os montes do Alto Douro Vinhateiro, que é classificado como Património da Humanidade pela UNESCO. Costumo dizer que esta geografia do Douro, é uma “geografia indescritível”, pois custa-me sempre arranjar palavras para transmitir o que sinto, sempre que visito esta região. É um tesouro bem guardado e a Quinta da Côrte veio ainda aperfeiçoar mais este terreno, que fica numa autêntica varanda sobre o Vale do Douro. Gostei muito do tempo que por lá passei!

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Vista da janela – Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

A casa da Quinta da Côrte recebe-nos num ambiente muito acolhedor e tem oito quartos – quatro na casa principal e outros quatro nos edifícios em redor – todos decorados de forma diferente, para receber até 16 hóspedes (tem um T2 com kitchenette e sala). Serve refeições – também a não hóspedes, com reserva antecipada – e promove atividades como provas de vinhos; piqueniques; participação nas vindimas e lagaradas; trilhos dentro da própria quinta (são três os percursos pedestres: Percurso Casa do Rio; percurso nas vinhas e Percurso pelo Canteiro das Ervas Aromáticas); workshops de enologia; Enólogo por Um Dia; Noites de Fado; passeios de barco no rio Douro; etc.

Nota: neste momento, em desconfinamento existem as regras de higiene e distanciamento social, em todo os espaços interiores da quinta. O buffet é servido pelos funcionários e, se só estiverem dois hóspedes, o pequeno-almoço é servido na mesa.
Também nesta altura tem promoções e várias ofertas – veja mais abaixo neste texto.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Por já ter visitado muitas quintas do Douro, posso dizer que a casa da Quinta da Côrte não é, de todo, uma das mais tradicionais habitações durienses. Aliás, faz muito mais lembrar, com as suas paredes pintadas de branco e apontamentos em amarelo, que estamos pelo Alentejo. Mas isso traz-lhe, sem dúvida, ainda mais encanto . E é a sua localização e a História que a colocam como uma peça importante… no que marca estas terras, num terroir que conhece o duro trabalho de fazer… o vinho!

Casa principal da Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Casa principal da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Susana Ribeiro na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

A Quinta da Côrte já tem muitos séculos a trabalhar os vinhedos. Até 2012, só vendiam as suas uvas, mas a partir daí – e com o novo e atual proprietário* – começaram a produzir o seu próprio vinho. Hoje em dia, os 24 hectares de vinha – com 22 parcelas – são trabalhados como antigamente: aqui não existem meios mecânicos. O trabalho é realizado com enxadas, mulas, cavalos ou com cestos, carregados às costas dos homens – até porque o terroir assim o obriga – no Cima Corgo, no coração do Vale do Douro. A quinta ocupa todo o monte, até abaixo, para chegar ao rio Torto, onde é possível apanhar laranjas diretamente das árvores e fazer piqueniques junto ao rio, aproveitando aquela acalmia da água que corre tranquilamente. É verdadeiramente um pequeno paraíso!

Caminhos pedestres na Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Caminhos pedestres na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

*DE QUEM É A QUINTA DA CÔRTE?*

A quinta, com uma casa do século XVII, pertenceu a uma família portuguesa até 2012 (Pacheco & Irmãos), quando Philippe Austruy se apaixonou pela região duriense e decidiu adquirir a propriedade, juntando-a a dois outros projetos que tem na Toscana, em Itália, e na Provença, em França. Com esse trio de quintas vinícolas, fez também produção de azeite, e além de os dar a provar também os vende.

O francês, que já era proprietário da Commanderie de Peyrassol, nas Côtes de Provence e do Château Malescasse no Haut-Médoc, encantou-se pelo Douro. E durante anos, com um grande investimento, Austruy renovou a antiga adega e fez uma nova, decorou artisticamente a casa principal e os quartos e deu todo um elã ao enoturismo desta região.

Almoço na Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Almoço na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Almoço na Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Almoço na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

O ENOTURISMO

É com muita elegância que sentimos o Douro aqui. É essa ligação, do requinte de alguns espaços da casa, que contrastam com tudo o que nos rodeia – principalmente a natureza nua e crua -, a geometria e organização dos socalcos vinhateiros… E são esses materiais naturais que também são usados na decoração da casa, mantendo ligações à terra, com madeira e pedras – um trabalho com a assinatura do arquiteto de interiores Pierre Yovanovitch, que trabalhou com artesãos locais e também franceses.

O xisto está presente em tudo, claro, ou não fosse isso que carateriza e traz excelência aos vinhos que aqui se produzem. É o xisto que faz, literalmente, o caminho até à piscina, que tem vista sobre o Vale do Douro. Mal diga que vai até à piscina, o pessoal que nos recebe prepara gentilmente uma cesta com toalhas, água (ou vinho se pedir) e até chapéu, se precisar. Ou estará já tudo à sua espera, para poder ir a banhos, sem que lhe falte nada. Sabe que no Douro se diz que, nesta terra, são “nove meses de Inverno e três de inferno”. Quando aquece, por aqui, a aquece a sério! E a piscina é sempre excelente para se refrescar.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Piscina na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Por entre as vinhas da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Cada quarto tem a sua decoração personalizada e as casas de banho destacam-se ora pelos exuberantes azulejos ora pelas banheiras à moda antiga. Mas, a cozinha é de facto a alma da casa, com uma enorme chaminé coberta de azulejos e um candeeiro (que adorei!) a imitar balões rosa. A mesa da cozinha é também ela uma peça de arte, um vez que tem um painel de azulejos que representa a paisagem do Vale do Douro e o transporte do vinho, no rio Douro, até ao Porto/Vila Nova de Gaia.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Cozinha da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

A biblioteca tem um cantinho muito acolhedor e está decorada com máscaras de Lazarim; e mesmo a receção está decorada com prateleiras de madeira – de uma árvore da quinta – que expõem os vinhos da Quinta da Côrte. Pela casa há litografias, pinturas e peças de arte – inclusive um urinol com renda, de Joana Vasconcelos – assim como tapeçarias que se transformam em quadros, nas paredes. A ligação artística é algo bem visível nesta quinta.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

O meu quarto na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Casa de banho do quarto na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Adega antiga da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

AS ADEGAS DA QUINTA DA CÔRTE

São duas as adegas da Quinta da Côrte: uma antiga, onde se fazem os vinhos do Porto; e outra totalmente nova, com máquinas com tecnologia de ponta e uma decoração muito moderna. Mas, também moram cá as pipas de carvalho francês – para alongar o estágio e equilibrar o aroma da uva e o da madeira – e os enormes tonéis de castanho português. Todos contribuem para que os vinhos da quinta se tornem únicos.
É na adega nova que se fazem várias provas de vinho, disponíveis entre os 17,50€ e os 50€, dependendo dos vinhos escolhidos para prova e do número de garrafas.

A moderna adega tem uma enorme escadaria, salas privadas para provas e até para reuniões, onde janelas “rasgam” as paredes, para que se tenha a melhor vista sobre os montes do Vale do Douro. E o enorme terraço é igualmente convidativo, para se perder com a vista. Na antiga adega, estão os lagares onde se pisam as uvas, de forma tradicional, para fazer os Vinhos do Porto.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Sala da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Lagares da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Pipas na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Almoço na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

A COZINHA

Da pequena cozinha da Quinta da Côrte saem os grandes cozinhados do jovem chef Daniel Pinto, natural do Douro, que baseia os pratos com os produtos da época – e que existem na quinta – abrangendo as tradicionais receitas durienses. Se fizer várias refeições dentro da quinta é natural que, se o tempo estiver bom, vá experimentando diferentes locais: debaixo na vinha, na piscina, na sala interior, na sala da adega, na esplanada com vista para o Vale do Douro, etc.
Não há como dizer o que provei de melhor… porque esteve sempre tudo muito bem confecionado: um polvo tenro e saboroso, uma açorda de camarão muito fresca ou uma carne assada muito suculenta. As sobremesas são também uma delícia e trazem sempre consigo algumas frutas ou ervas da quinta. E tudo, sem exceção, fica bem harmonizado com os vinhos da Quinta da Côrte.

Depois de uma ida à piscina, e a preparar-se para um pôr-do-sol diferente, experimente uma coisa que só aqui vai conseguir provar: o Porto Branco que bebemos no Porto tónico. Não existe para venda e é feito só para consumo da casa. Perfeito!

O pequeno-almoço é servido no balcão, com pães maravilhosos (há um de figos e nozes que é excelente), bolo e compotas caseiras, ovos mexidos se desejar, muitas carnes frias (presunto, salpicão, paio, etc) e queijos, cereais, iogurtes e frutas frescas, das árvores da quinta, etc.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Pequeno-almoço na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Jantar na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

QUE VINHOS TEM A QUINTA DA CÔRTE?

Os vinhos da Quinta da Côrte vêm de 24 hectares de vinha e são produzidas cerca de 60 a 65 mil garrafas, por ano. Sem esquecer, obviamente, que as suas uvas estão na mais antiga DOC do mundo (DOC – Denominação de Origem Controlada), no Alto Douro Vinhateiro, em Portugal.

– QUINTA DA CÔRTE GRANDE RESERVA (Douro – DOC – tinto)
Oriundo de parcelas especialmente selecionadas devido à sua exposição norte e este, a cuvée Quinta da Côrte carateriza-se pelo equilíbrio e a subtileza

_ Douro Grande Reserva 2013 _ (já não existe mais para venda)
Proveniente de 40 % de Touriga Franca, 20 % de Touriga Nacional e de 40 % de Tinta Roriz, esta colheita estagiou durante 12 meses, estando 75 % da mesma em barricas, entre as quais algumas novas (30%.) O quarto restante foi vinificado em cubas de inox.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

_ Douro Grande Reserva 2014 _
Composto por metade de Touriga Nacional e metade de Touriga Franca, este tinto estagiou em barricas, das quais 30% são novas. Os frutos pretos e vermelhos juntam-se às notas de especiarias, de ameixa e de tabaco amarelo.
Um vinho amplo, vivo e muito concentrado – apesar da sua delicadeza –, deixa transparecer uma acidez discreta, taninos aveludados, tendo um final mineral e aveludado.
Pode ser conservado durante mais de 10 anos.

_ Douro Grande Reserva 2015 _
Um vinho de base monumental, das melhores colheitas do Douro. Depois de estagiar em barricas de 225 e 500 litros, revela-se poderoso, de sabor frutado, floral e apimentado. Apresenta uma concentração e frescura perfeitamente equilibradas e taninos extremamente elegantes.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Cavalos nas vinhas – Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

– PRINCESA (Douro – DOC – tinto)
_ Princesa 2016 – Douro DOC _
Uma colheita resultante das mistura das castas Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz. Com uma intensidade aromática perfeita com notas florais, picantes e muito frutadas. Bastante complexo na boca, com taninos sedosos, evolui com uma escala agradável e é equilibrada por uma frescura subjacente que lhe confere charme e uma elegância extrema.
Mistura: 60% Tinta Roriz, 30% Touriga franca, 10% Touriga Nacional.
Elegante e com uma mineralidade soberba, a cuvée Princesa faz prova de caráter e ilustra a maravilha da subtileza dos vinhos do Douro

– PRINCESA (Douro – DOC – tinto)
_ Princesa 2018 – Douro DOC _
Uma colheita que juntou 25 % Touriga Franca, 25 % Tinta Roriz, 25 % Tinta Barroca e 25 % Vinhas Velhas (mistura de castas). Pode ser conservado durante 10 anos ou mais (se conservado em boas condições). Notam-se os aromas de frutos vermelhos (amora, groselha preta) e algumas especiarias. Na boca tem taninos firmes, mas suaves, longo e muito elegante.
Harmonização: Acompanha de entrada um prato de presunto curado, um bacalhau assado no forno, polvo à lagareiro, um naco de vitela ou um cabrito assado no forno.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Provas de vinhos na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Provas de vinhos na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

VINHOS DO PORTO da Quinta da Côrte

Inscrevem-se na mais autêntica tradição e são concebidos por variadíssimos gestos seculares, tanto na vinha como na adega. Provêm de vinhas com mais de 70 anos e de uma grande variedade de castas, como a Touriga Nacional, a Touriga Franca, a Tinta Amarela, A Rufete e o Tinto Cão. Quatro vinhos de grande estilo, que se distinguem pela sua fineza, o seu sabor intenso e elegância.

_ Tawny 10 anos _
Este Tawny junta vinhos de 10 anos, em média. Apresenta um leque aromático bastante complexo caracterizado por um sabor a frutos secos, laranja cristalizada, figos e especiarias. A sua acidez torna-o fresco e elegante.

_ Tawny 20 anos _
Este Tawny é produzido a partir de vinhos de 20 anos, em média, e resulta numa mistura muito complexa, doce, harmoniosa e longa na boa. Relpeto de sabores como a noz, a ameixa, a canela, o caramelo e os cítrinos cristalizados que se misturam para dar origem a um final de boca fresco e intenso.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Tawny 10 Anos – Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

_ LBV (Late bottled vintage) 2014 _
Este Tawny é proveniente de uma mistura de vinhas velhas e quase centenárias (Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Amarela, Rufete e Tinto Cão). Apresenta aromas frescos a frutos pretos e a cereja, revelando também notas subtis de chocolate e de menta. Carnudo e sem asperidades, este vinho é uma pura delícia na boca.
_ LBV (Late bottled vintage) 2015 _
Elaborado unicamente nos anos das melhores colheitas, o Vintage é um concentrado de frutos pretos e vermelhos frescos, de cacau e de notas de torrefação. Um vinho poderoso, complexo e aveludado cuja qualidade vai melhorando na garrafa para dar origem a uma excelente colheita. Conservação: em boas condições, 10 a 20 anos. Vinificação: Em lagares com pisa a pé. Estágio em Tonéis de madeira.

“Queremos mostrar como a Quinta da Côrte funciona, não apenas como um projeto de enoturismo, mas também como um projeto de sustentabilidade – promover uma visão holística e colaborativa. E as várias atividades disponíveis para os hóspedes expressam essa motivação crescente: apanha de fruta e legumas, piqueniques personalizados, trilhas para caminhada, degustação de vinhos e noites de fado, por exemplo”, explica a directora e enóloga Marta Casanova.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Vinhos e azeites da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

INFORMAÇÔES

Morada: Quinta da Côrte, 5120-491 Valença do Douro, Portugal
Telefone: +351 964536200
E-mail: enoturismo.reservas@quintadacorte.com
>> Oferta exclusiva de Junho a 31 Outubro 2020:
>> reserva de 1 noite oferta do jantar (c/ harmonização 3 vinhos a copo).
>> reserva 2 noites oferta da 3ª noite.
>> reserva de 3 noites oferta 4ª noite e de um passeio barco 1h Rio Douro.

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Pic-Nic Cesta Tradiconal para 2 pessoas – o que inclui:
Vinho Côrte branco ou Princesa tinto ou sumo de laranja da Quinta ou limonada. Água. Seleção de queijos e enchidos tipicamente portugueses. Azeitonas. Salada de grão com atum e vinagrete ou Salada de queijo de cabra, beterraba, vinagrete de noz e mel ou Salada de couscous com legumes e frutos secos. Sanduíches de pão de caco com rosbife, mostarda e rúcula ou sanduíche de focaccia com legumes grelhados, mozarela e pesto ou Wrap de salmão fumado abacate com queijo (cremoso) ou Wrap de salada césar (com frango). Brownie de chocolate, compota da Quinta da Côrte e uma peça de fruta da época dos nossos pomares.
Disponível de Abril a Outubro, entre as 11h30 e as 17h30.
45,00 €/ cesto. 15,00 €/ criança. Reserva com o mínimo de 4 horas.

– Almoço (12h30 às 14h30)
Couvert. Tábua de enchidos, queijos e outros produtos típicos e da Quinta. Sobremesa. 28€ (s/ bebidas incluídas).

– Jantar (19h30 às 21h30 )
Menu Gastronómico: Couvert. Boas vindas do Chef. Entrada. Prato Principal. Sobremesa. 38€ (inclui harmonização com 3 vinhos QC).

Preços dos Vinhos:
Vinho DOC Douro Princesa 2018 75 cl – 17.90€
Vinho do Porto LBV 2015 – 20€
Vinho do Porto Vintage 2015 – 64.60€

– Está à procura de outros alojamentos para a sua viagem? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Receção da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Azulejos exuberantes da Casa de banho na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Na piscina da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Noites d fado na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Apartamento T2 na Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Quinta da Côrte - Valença do Douro - Portugal © Viaje Comigo

Biblioteca da Quinta da Côrte – Valença do Douro – Portugal © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo