Ponte de Lima © Viaje Comigo
Publicado em Novembro 15, 2015

Visitar Ponte de Lima

Portugal

Em Portugal, Ponte de Lima é um local muito especial, pelo menos para nós no Viaje Comigo… que gostamos sempre de voltar lá uma e outra vez. É conhecida como a “mais antiga vila” de Portugal, tendo inclusive rejeitado a nomenclatura de “cidade” para não perder a sua verdadeira essência e rusticidade.

E qual é a sua essência? Beleza natural, história, forte valor arquitetónico, feiras e romarias, e uma grande oferta de produtos regionais, desde o artesanato, à gastronomia, e aos vinhos… verdes – tanto os brancos loureiros como o tinto vinhão.

Praia Fluvial Ponte de Lima © Viaje Comigo

Praia Fluvial Ponte de Lima © Viaje Comigo

Como uma boa vila à portuguesa, não faltam deliciosos pratos à mesa. Na gastronomia limiana destaca-se o arroz de sarrabulho, acompanhado de rojões de porco, o chouriço de verde e farinhotas. Existe, inclusive, a já afamada Feira do Porco e as Delícias do Sarrabulho.
No peixe, prove a lampreia do Rio Lima (na época) e o bacalhau de cebolada. Nas doçarias experimente as típicas Limianas e as Barquinhas do Lima.

Ponte de Lima - junto da ponte

Ponte de Lima – junto da ponte © Viaje Comigo

Comece a sua visita em Ponte de Lima pelo centro histórico: tão pitoresco e bem conservado, mantendo muito do seu comércio tradicional, em ruas estreitas e vielas. E estenda a sua caminhada até à ponte que une as duas margens do rio Lima. Esta ligação que faz parte da Rota de Santiago continua a receber, hoje em dia, muitos peregrinos. Junto do rio, do lado esquerdo, vai ver vários soldados e, do lado direito, um só em cima de um cavalo. Estas estátuas (ou esculturas) são evocativas da lenda do rio Lethes.

Aproveite ainda para aproveitar o ambiente natural em redor da vila: visite as Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos. Esta paisagem protegida, onde habitam espécies pouco comuns – com elevado número de espécies registadas da flora (508!) – ocupa uma área de cerca de 350 hectares. O acesso é feito pela Estrada Nacional 202 e pela auto-estrada A27, com saída no nó nº 3.

Largo Ponte de Lima © Viaje Comigo

Largo de Camões, Ponte de Lima © Viaje Comigo

Rua de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Rua de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Marque na agenda: são inúmeros os eventos que, durante o ano, põem a Vila em rebuliço como: o Festival Internacional de Jardins (de maio a outubro), a Feira dos Cavalos (junho), a Vaca das Cordas (em maio/junho), e as célebres Feiras Novas (setembro).

Fique com algumas sugestões do Viaje Comigo sobre o que podem visitar em Ponte de Lima, e boa viagem!! Deixe também as suas dicas nos comentários.

Igreja Matriz: remonta a um templo dos séculos XII e XIII. No interior, as obras de talha datam do século XVIII e a rosácea, inspirada na igreja de São Francisco, no Porto, data de 1932. Tem um retábulo, de 1729, dedicado a Nossa Senhora das Dores.

Igreja Matriz Ponte de Lima © Viaje Comigo

Igreja Matriz Ponte de Lima © Viaje Comigo

Igreja Matriz Ponte de Lima © Viaje Comigo

Igreja Matriz Ponte de Lima © Viaje Comigo

Igreja Matriz de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Igreja Matriz de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Capela das Pereiras: esta capela está munida de um dos melhores miradouros de Ponte de Lima e recebe ainda, pontualmente, exposições, espetáculos e concertos.

Estátua de D. Teresa: esta escultura de D. Teresa tem um grande valor simbólico, além de artístico, pois representa a entrega do foral a Ponte de Lima, em 1125.

Museu do Brinquedo: este museu explora a evolução dos brinquedos ao longo do tempo, dando um maior ênfase àquilo que de melhor se fez e se faz em Portugal. Diferentes gerações encontram aqui memórias de infância nas bonecas de pasta de papel, nos carros a pedais, nos brinquedos de metal…

Centro de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Centro de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Museu dos Terceiros: as duas igrejas, claustro, quintal e jardim, representam um grande valor arquitetónico de traços medievais, monásticos e barrocos. A coleção que alberga é constituída por esculturas (maioritariamente do século XVIII), ourivesaria e pinturas.

Museu Rural de Ponte de Lima: desde a sua abertura, em 2001, este museu leva-nos numa interessante viagem às origens rurais, explorando vários aspetos que passam pelo artesanato (exposições sobre o Linho), agricultura, feitura do vinho e gastronomia.

Ponte: esta construção deu o nome a esta Vila pois durante muito tempo era o único meio de ligação, seguro, às outras vilas nas proximidades. Também é importante pois integra a rota de Santiago de Compostela e é muito usual verem-se por aqui peregrinos, a fazerem a travessia.

Rio Lima © Viaje Comigo

Ponte sobre o Rio Lima © Viaje Comigo

Solar Bertiandos: este solar minhoto do século XV é constituído por dois solares barrocos (unidos por uma torre); uma capela com azulejaria religiosa setecentista; e uma alameda de carvalhos que se estende até ao rio. No interior, acolhe peças de mobiliário, pintura e armaria e ainda uma estupenda livraria.

Torre da Cadeia Velha: em pleno Centro Histórico encontra este edifício que outrora era uma cadeia. Hoje em dia, recebe conferências, colóquios e contém uma galeria de exposições e a loja de Turismo de Ponte de Lima.

Torre de Ponte de Lima © Viaje Comigo

Torre da Cadeia Velha Ponte de Lima © Viaje Comigo

Quinta Pedagógica de Pentieiros: espaço dedicado à natureza e às atividades ao ar livre. É composto por um parque de campismo rural, hortas, estábulos, viveiros e um parque infantil.

Texto: Rafaela Santiago

Rota dos Vinhos Verdes em Ponte de Lima © Viaje Comigo

Rota dos Vinhos Verdes em Ponte de Lima © Viaje Comigo

Rota dos Vinhos Verdes em Ponte de Lima © Viaje Comigo

Rota dos Vinhos Verdes em Ponte de Lima © Viaje Comigo

Praia e Capela, Ponte de Lima © Viaje Comigo

Praia e Capela, Ponte de Lima © Viaje Comigo

Capela do Anjo da Guarda © Viaje Comigo

Capela do Anjo da Guarda © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo