Thai © Viaje Comigo
Publicado em Fevereiro 24, 2016

11 dicas para dormir em voos de longo curso

Preparar a viagem [ Voos ]

Viajar é ótimo, um sonho, uma maravilha. É o que gostamos mais de fazer mas… e há sempre um mas…. os voos de longo curso podem ser uma infinita viagem stressante se não se dormir.

Passar 8 horas (ou 10, 11, etc) dentro de um avião sem pregar olho, pode transformar a magia e excitação da viagem num aspeto de zombie e sem paciência, nem vontade, de fazer nada quando se chega ao destino.

Fico sempre cheia de inveja de quem, mal se senta no lugar do avião, fecha os olhos e já está a dormir. O avião ainda não levantou e já está a dormir! Incrível! Acordam quando a hospedeira lhes toca no braço, para comerem. Comem, vão à casa de banho e…pumba, já estão a dormir outra vez! E quando chegam ao destino estão com um ar super relaxado, prontos para a aventura. In-ve-ja! 😀

Portugália © Viaje Comigo

Portugália © Viaje Comigo

Ora, eu devo ter a síndrome de jornalista-que-não-quer-deixar-escapar-nada-à-sua -volta e não consigo pregar olho em maior parte do voo, mesmo quando todas as luzes se apagam. Porquê?

Primeiro é aquela confusão de entrar o avião, arrumar as coisas, ver o passageiro do lado a tirar os sapatos, a confusão de arrumar malas, dão revista, liga televisão, auscultadores, guarda telemóvel, etc.
Depois vem o levantar do avião… pronto já estamos no ar… vários pensamentos:
– “daqui a pouco vão-nos servir alguma coisa para comer, não vou dormir agora”;
– pego no comando da televisão e “ui” tantos filmes e séries para ver” (já vi 4 filmes num voo de Macau para Madrid!).

Pronto! Já o caldo está entornado… tão cedo não vou conseguir dormir…
E foi num dos longos voos que pensei: “tenho de me educar para dormir mais dentro dos aviões. Aproveitar para descansar”. E são estes os 11 truques que uso nos voos de longo curso – se quiserem acrescentem nos comentários os vossos truques.

BangkokAir © Viaje Comigo

BangkokAir © Viaje Comigo

Horas de voo no avião © Viaje Comigo

Horas de voo no avião © Viaje Comigo

1 – O que levo comigo
Auscultadores meus e música relaxante no telemóvel; os tampões de ouvidos; a almofada insuflável; e o protetor de olhos para bloquear a luz. Não coloque demasiadas coisas junto dos pés (debaixo do banco da frente) para estar mais à vontade.

2 – Evite bebidas com cafeína, açúcares e álcool
Muita gente acha que, por beber álcool, vai relaxar e fazer um melhor voo… até pode resultar para alguns, mas o que dizem os médicos é que vai causar muita desidratação e fazer com que acorde mais vezes. A cafeína e o açúcar também despertam o corpo e o que queremos é precisamente o contrário. O ideal é beber só água, porque mesmo os sumos de laranja, que nos dão no avião, têm montes de açúcar… Atenção também ao chá que servem no avião… é chá preto! Pode levar consigo um pacotinho de chá de camomila ou tília e pedir só água quente.

Refeição na Thai © Viaje Comigo

Refeição na Thai © Viaje Comigo

3 – Melhor lugar para dormir
Depende muito dos lugares do avião e claro que estamos a falar em voos em turística. Tanto a executiva como a primeira classe têm bancos quase-tipo-camas, dependendo da companhia aérea.
Mas, os melhores lugares para quem gosta de dormir são à janela. Encosta a cabeça e já está.
Os lugares do fundo do avião são de evitar: estão junto de casas de banho (e há um entra e sai a toda a hora) e geralmente não são tão reclináveis. No meu caso: mesmo que não vá junto da janela, não me importo de ir no início de uma fila, do lado do corredor, para esticar as pernas à vontade. Eu gosto sempre de ir no corredor para esticar as pernas.

4 – Leve a sua almofada para pescoço
Se os bancos tiverem o apoio da cabeça moldável – dão para moldar à volta da sua cabeça e pescoço – já ajuda bastante ao acondicionar a cabeça, que assim não vai andar “às cabeçadas” a viagem toda. Também levo sempre uma almofada insuflável para colocar à volta do pescoço.

Auscultadores e cobertor da Thai © Viaje Comigo

Auscultadores e cobertor da Thai © Viaje Comigo

5 – Adapte os seus sonos ao novo fuso horário
Se vai fazer uma viagem para um local que tem uma diferença horária muito grande, deve ir adaptando aos poucos – ainda em casa – os seus sonos. O corpo não gosta de mudanças bruscas e muito menos de diretas…

6 – Coloque o cinto por cima da manta
A maior parte das companhias aéreas dão um cobertor, mas quando adormece ele vai caindo. Truque: apertar o cinto do banco por cima do cobertor. Também é mail fácil para as assistentes de bordo verem, no caso de turbulência, que está já com o cinto apertado e em segurança.

Televisão da Thai © Viaje Comigo

Televisão da Thai que até mostra a câmara por baixo do avião no momento da aterragem © Viaje Comigo

7. Desligue a sua televisão
Sim, para quem não quer dormir, as televisões são uma ótima companhia. Como já disse, já vi 4 filmes num só voo… porque não conseguia mesmo dormir!
De qualquer das formas, antes de ver sequer a lista da tentação de filmes e séries que lá estão, desligue tudo! Mesmo só as luzes da televisão impedirão que descanse os seus olhos, cérebro e consequentemente… todo o corpo. O mesmo acontece com os jogos do seu telefone, iPad, e trabalhos que tenha para fazer no seu computador. Tem de ter tempo para trabalhar, divertir-se e… dormir. E mesmo que não durma, descansar os olhos já é bom.

8 – Coloque-se à vontade
Isto tem múltiplas interpretações… há quem vista, antes de entrar para o avião, um fato de treino ou até pijama, para irem mais confortáveis. Claro que levo umas calças mais confortáveis e que não prendam a circulação… mas pijamas nunca 😀
Evite ir com roupa apertada. Há quem leve também os chinelos de quarto (mesmo daqueles que se usam nos hotéis). Mal chegam ao avião, tiram os sapatos, colocam umas meias mais quentes (no avião fica bastante frio) e andam com os chinelos dentro do avião.
Não aconselho a que andem só de meias no avião. Aquelas alcatifas não são as mais limpas do mundo e há quem deixe cair comida e bebidas durante o voo, por isso, vai ficar com as meias sujas e molhadas.

Esticar as pernas no corredor ~ Thai © Viaje Comigo

Esticar as pernas no corredor ~ Thai © Viaje Comigo

9 – Exercícios leves para ativar a circulação
Quando estamos em longos voos devem ser feitos alguns exercícios para ativar a circulação. Como estamos confinados a um espaço pequeno (o nosso banco), ao longo de várias horas, devemos levantar-nos de vez em quando e caminhar a bordo do avião.
Se não quer despertar muito o sono fique no lugar mas mexa os pés, em círculos, e abra e feche as mãos. Pequenos truques para ativar a circulação.

10 – Música relexante
Se nada resultar para dormir, coloque os seus auscultadores e selecione música relaxante… Pode ter no seu telemóvel, mas há companhias que também têm vários canais de música. Tape os olhos e deixe-se ficar… Mesmo que não consiga dormir profundamente está a descansar os olhos e a relaxar o corpo, que fica sempre mais tenso nos voos.

11 – Evite comer muito
Evite comer muito a bordo. Às vezes, ao lutar contra o cansaço, o corpo pede muita comida e não o devíamos fazer. As refeições do avião são em geral muito doces e muito salgadas. Adicionalmente, pode levar consigo fruta, por exemplo, para comer quando tiver fome. Depois de comer poderá ficar imediatamente com sono, por isso, aproveite para ir à casa de banho antes. É como com os bebés, comer e dormir. 😀

E você? Que truques tem para descansar mais nos voos?
Boas viagens!

Companhia Thai © Viaje Comigo

Companhia Thai © Viaje Comigo

Vista aérea da foz do rio Douro, Porto © Viaje Comigo

Vista aérea da foz do rio Douro, Porto © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo