Grand Canyon
Publicado em Novembro 11, 2013

Visitar o Grand Canyon – West Rim

Estados Unidos [ Grand Canyon/ Las Vegas ]

O Grand Canyon é uma das maiores maravilhas da natureza. Daquelas que nos levam as palavras para descrever o que sentimos quando lá estamos. Basta sentar e ficar a desfrutar daquela paisagem e ficamos de alma cheia.

Podem ver o vídeo em Eagles’s Point no Grand Canyon – West Rim, no Arizona.

Nos Estados Unidos, já tinha visitado Nova Iorque e Washington, mas só quando fui para Los Angeles é que senti necessidade de alugar um carro, porque a cidade é gigantesca.

Depois, foram cinco horas de estrada até chegar a Las Vegas. No dia seguinte, mais duas horas e meia até ao Grand Canyon.

Mas, conduzir naquelas estradas não custa mesmo nada. Existe também a possibilidade de ir de camioneta, mas assim pode fazer os seus horários, as suas paragens e o preço não é muito acima…

Encontram-se muitas autocaravanas americanas gigantes pelas estradas

Encontram-se muitas autocaravanas americanas gigantes pelas estradas

Eu, que nunca tinha conduzido um carro com cruise control, adorei conduzir nos Estados Unidos.

As mudanças automáticas já tinha experimentado uma vez e continuo a achar que primeiro estranha-se e depois entranha-se. E entranha-se de tal forma que, depois de conduzir com automáticas, durante 10 dias, a primeira vez que peguei no meu carro, deixei-o ir abaixo umas quantas vezes, porque me esquecia de por o pé na embraiagem! 😀

Depois de fazer Los Angeles – Las Vegas (uma viagem que se faz muito bem, para quem gostar de apreciar o deserto, que é o nosso caso), ficámos um dia inteiro em Vegas antes de irmos visitar o Grand Canyon.

Já tínhamos lido muito sobre o Grand Canyon e sabíamos que íamos visitar a parte mais comercial desta maravilha da natureza. Mas, a escolha foi sobretudo porque era a área que ficava mais perto de Las Vegas. O West Rim é muito comercial precisamente por causa dessa distância da Sin City. Toda a gente vai lá.

Caixas de correio na estrada

Caixas de correio na estrada

Visitar o Grand Canyon - West Rim

Visitar o Grand Canyon – West Rim

A estrada para o Grand Canyon é boa de se fazer e, pelo caminho desértico, avistam-se casas, igrejas e aquelas famosas caixas de correio alinhadas – como as que se vêem nos filmes – na beira de estrada.

Quando começam a aparecer placas a dizer Grand Canyon prepare-se: vai entrar numa estrada de terra batida e cascalho até ao West Rim e essa é a parte menos agradável. Se seguir as placas e indicações que tem no site é muito fácil lá chegar.

Skywalk Grand Canyon

Skywalk Grand Canyon

Skywalk Grand Canyon

Skywalk Grand Canyon

Saímos manhã cedo de Las Vegas e em pouco mais de 2h30 lá estávamos junto à famosa Skywalk, no Grand Canyon.

Depois de parar o carro, comprámos os bilhetes numa tenda gigante. Também é aqui que estão os souvenirs (caros!!!!) e as casas de banho, comida, etc  O estacionamento é gratuito.

Não fomos para cima do vidro, da chamada Skywalk, por uma razão muito simples: não queria pagar para ir para lá e não poder fotografar! O West Rim é gerido pelos índios e eles levam dinheiro por tudo (sim, eu sei, tal como todas as outras pessoas). Para entrar na reserva índia e visitar os pontos mais turísticos: 44,05 dólares.

Visitar o Grand Canyon - West Rim

Visitar o Grand Canyon – West Rim

Depois, se quiser ir para a Skywalk paga mais 32,05 dólares e se quer uma foto de lá – são eles que a tiram – pagam mais não sei quantos dólares por ela.

Ora, não me pareceu que era um bom negócio, já que eu gosto de tirar muitas fotografias e ia estar ali sem o poder fazer… ia ser frustrante!

No entanto, ali ao nosso lado, uma índia dava muitas dicas aos turistas. Perguntava de onde éramos e indicava os pontos que devíamos ter em atenção na reserva e pelos quais se seguiam os seus antepassados.

“O local onde estamos é o Eagle’s Point”, disse-nos apontando para a montanha em frente com um recorte que imita as asas da águia. Conseguem ver?

Eagle's Point

Eagle’s Point

No outro monte, em frente, pegou na nossa a máquina fotográfica nas suas mãos e focou “a menina a beijar a fronte do cavalo”. Primeiro, com muita dificuldade, não conseguimos ver essa imagem, mas eis que nos surgiu mesmo e era perfeitamente nítida.

Visitar o Grand Canyon - West Rim

Visitar o Grand Canyon – West Rim

O West Rim tem três pontos de observação, todos com vista sobre o rio Colorado.

O autocarro passa de 15 em 15 minutos, em cada local, e é só ir entrando e saindo para visitar tudo.

São os três pontos: o Eagle’s Point, o Guano Point e o Hualapai Ranch (Hualapai é o nome da tribo desta área).

Grand Canyon

Visitar o Grand Canyon – West Rim

As viagens de helicóptero são bastante mais caras mas serão certamente uma experiência incrível, por voarem por cima do rio Colorado. Não o fiz mas, se puderem façam, porque aposto que é espetacular.

Grand Canyon

Visitar o Grand Canyon – West Rim

No caminho de volta, pode parar na Hoover Dam, a maior barragem do mundo e um espetáculo da engenharia moderna.

Foi construída em 1930 e fica a cerca de 35Km de Las Vegas. Normalmente, estará lá polícia a fiscalizar tudo e perto do local, onde se sobe para ver a barragem, tem estacionamento gratuito. Antes de chegar ao estacionamento passa por fiscalização da polícia para ver se traz explosivos. Passam os detetores e espelho debaixo dos carros.

Hoover Dam

Hoover Dam

Nós fomos visitar o West Rim, por ser mais próximo de Las Vegas, mas o South Rim é um dos pontos do Grand Canyon mais procurado (fica a 4h30 de Las Vegas).

E pode fazer uma viagem de transportes públicos até ao North Rim. Isto se estiver interessado em ver grande parte deste parque natural.

Grand Canyon

Grand Canyon

Pode também ficar alojado dentro do Parque Natural Grand Canyon. Existem inúmeras opções de hotéis (com cabanas),  assim como atividades e passeios dentro do parque. É só escolher.

Se não quiser conduzir são muitos os autocarros que partem de Las Vegas para o Grand Canyon. Os preços andam à volta dos 110 dólares com a viagem num “deluxe bus” com paragem na Hoover Dam e almoço incluído. Comprado na internet fica sempre mais barato (uns 40% de desconto).

Grand Canyon

Grand Canyon

Quando visitar: fomos no final de outubro / início de novembro e foi perfeito. Sem chuva e sem estar muito calor.

Perfeito para a visita com céu limpo. Não se esqueça que está numa zona de deserto e, por isso, deve levar um casaco para quando anoitecer. Fica sempre mais frio.

No inverno, o parque tem de fechar algumas estradas por causa da neve. Também há quem fique bastante desiludido porque está nublado e não conseguem ver bem as montanhas.

A não perder : o nascer e o por do sol dão imagens para fotografias fantásticas.

Visitar o Grand Canyon - West Rim

Visitar o Grand Canyon – West Rim

Visitar o Grand Canyon - West Rim

Visitar o Grand Canyon – West Rim

Grand Canyon

Visitar o Grand Canyon – West Rim

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo