Publicado em Setembro 9, 2013

“Vai ser um 31” com prova de sobrevivência para chefs

Eventos/ Notícias [ Funchal ]
Vai ser um 31

Vai ser um 31

 

É gente que está tão à vontade a cozinhar que é capaz de fazê-lo em qualquer lado e quase sem meios nenhuns!

Vai ser um 31

Vai ser um 31

O desafio “Kit de Salvação”, como uma prova de sobrevivência, bem que podia dar um programa de televisão, ao estilo do “Survivor”. Seria uma espécie de “há-vida-além-da-cozinha”.

 

Durante o evento “Vai ser um 31”, organizado pela PROCHEF/ HIG Company, e do qual o site Viaje Comigo foi parceiro, mais de três dezenas de chefs (mais precisamente 31) prepararam-se para aventuras náuticas e gastronómicas. Mas uma delas revelou-se a mais desafiante.

Vai ser um 31

Vai ser um 31

A prova “Kit de Salvação” consistia em ir para uma praia deserta, da Madeira (com acessos bastante complicados) e, com o pouco que lhes tinha sido dado, os chefs preparavam pratos que convencessem o júri – composto por alguns jornalistas da área do turismo e restauração, presentes no evento.

Vai ser um 31

Vai ser um 31

 

 

O primeiro desafio era chegar à praia!

Com acessos pouco recomendáveis – e a carregar material e ingredientes – todos se fizeram aos calhau da praia, depois de um caminho, em todo-o-terreno, de terra castanha. E foi aí mesmo que tiveram de cozinhar. Sem bancas, nem utensílios para todos e usando muito a criatividade. E, foi com o excelente trabalho de equipa e camaradagem, que se proporcionou um momento bem divertido.

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Vai ser um 31

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os participantes podiam escolher alguns ingredientes (vegetais, peixes, etc) e pelo caminho (até à praia deserta) ainda foram encontrando algumas peças decorativas, que usaram para a apresentação do prato (como troncos de madeira, flores ou as pedras pretas da própria praia madeirense).

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Vai ser um 31

 

Os chefs presentes foram divididos em seis equipas, de quatro elementos cada, e começaram a pensar no que iriam preparar, a caminho da praia.

Durante pouco mais de 30 minutos conseguiram, com o trabalho de equipa, apresentar originais e divertidos pratos.

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Muitos, para cozinhar, usaram água do mar e tinham acesso apenas a uma faca, uma tábua e um grelhador portátil (quem diria que ia funcionar tão bem?!). Salgaram, temperaram, cortaram fino, grelharam, aqueceram, cozeram… e o resultado foi surpreendente!

Vai ser um 31

Vai ser um 31

Parabéns aos chefs pela criatividade!

Miguel Teixeira, Mónica Pereira, Miguel Morgado e Nuno Maia.

Miguel Teixeira, Mónica Pereira, Miguel Morgado e Nuno Maia.

 Filipe Pina, António Amorim, Arnaldo Azevedo e Joaquim Sousa.

Filipe Pina, António Amorim, Arnaldo Azevedo e Joaquim Sousa.

 

 

Jorge Fernandes, Chakall, Paulo Pinto e Joana Moura

Jorge Fernandes, Chakall, Paulo Pinto e Joana Moura

 

 

 

 

 

 

 Pedro Mendes, Filomeno Nogueira, Octávio Freitas e Américo dos Santos

Pedro Mendes, Filomeno Nogueira, Octávio Freitas e Américo dos Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nuno Barros, Sónia Carocha,Luís Gaspar e Gilberto Costa

Nuno Barros, Sónia Carocha,Luís Gaspar e Gilberto Costa

 

 

 

 

 

 

Madeira

Madeira

Comentários

Poderá também gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página