Publicado em Outubro 9, 2013

Museus portugueses no Google Art Project

Notícias [ Museus ]

Ir ao museu sem sair da frente do computador. É assim que funciona o Google Art Project, que já existe há cerca de dois anos, e ao qual se juntaram agora mais dois museus portugueses: o Palácio Nacional de Sintra e de Queluz.

O Google Art Projet conta com a participação de cerca de 300 museus e galerias de todo o mundo e a ele já estavam ligados o Museu Coleção Berardo, em Lisboa, com 23 obras, e a Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro, em Águeda, com 50.

Brevemente também se juntarão os portugueses Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado e o Palácio da Pena. O Palácio de Sintra apresenta, no Google Art Project, 28 peças e o de Queluz 36 obras, entre as quais estão tapeçarias, azulejos, mobiliário, esculturas, pinturas, têxteis e peças como o Globo Celeste de Christoph Schissler e o Pagode Chinês, por exemplo.

Entre as centenas de espaços de arte do mundo aqui representadas estão nomes como o Tate Britain, de Londres, o Metropolitan, em Nova Iorque, o Palácio de Versalhes, em Paris, o Palácio Grassi (Veneza) e o Museu Rainha Sofia, em Madrid, só para dar alguns exemplos.

O projeto, com esta plataforma online, possibilita uma visita virtual a mais de 48 mil imagens de obras, em alta resolução, de nove mil artistas. O Google Art Project conta já com 20 milhões de utilizadores.

Pode seguir aqui as obras do Google Art Project seguindo este link

http://www.google.com/culturalinstitute/project/art-project

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página