Irlanda
Publicado em Julho 2, 2013

Viver em Galway, Irlanda

Irlanda [ Galway ]

Começou por achar que era uma cidade pequena. Pequena demais. Mas agora já não quer sair de lá. Fique com as dicas do português Paulo Torres, 34 anos, gestor de projetos, que mora em Galway, na Irlanda, há oito anos.

Este texto faz parte da rubrica “A cidade vista por dentro”. Mais do que sugestões de viagens, estas dicas são especiais porque são dadas por quem vive ou já viveu nas referidas cidades.

Galway, Irlanda

Galway, Irlanda

 Galway, Irlanda

Galway, Irlanda

– Qual foi a primeira impressão quando chegou a Galway?

Inicialmente, pensei que era uma cidade pequena demais para quem, antes, morava no Porto mas, depois de conhecer melhor a cidade, as pessoas e as possibilidades de turismo à volta de Galway, a minha opinião mudou de tal forma que já cá estou há cerca de 8 anos e sem planos de sair.

Quay View Restaurant

Quay View Restaurant

– Como é o povo dessa cidade/país?

Na generalidade, é um dos povos europeus mais calorosos que conheci. É normal os locais oferecerem ajuda quando vêem algum turista com olhar perdido, de mapa na mão, ou ser-se interpelado num pub para uma conversa sobre o tempo (tema muito comum por terras Irlandesas).

– Sugestões de restaurantes

Kai Cafe (http://kaicaferestaurant.com). Localizado um pouco fora da zona turística, oferece uma variedade gastronómica digna de um restaurante com Estrelas Michelin. Requer marcação antecipada e também tem servico de brunch aos domingos.

The Kings Head, Galway

The Kings Head, Galway

– Bares, cafés tradicionais e pastelarias

A variedade é tao grande que é difícil escolher um… Pubs recomendo o Neachtain’s http://www.tighneachtain.com) e o Crane Bar (http://www.thecranebar.com). Importante referir que o preço das bebidas varia residualmente entre pubs e discotecas.

Em termos de doçaria, a Irlanda não oferece muita variedade mas, no centro da cidade, há duas padarias/confeitarias que recomendo: Le Petit Delice (7 Mainguard St.) Griffin’s Bakery  http://www.griffinsbakery.com/ … mas não esperem nada do outro mundo em termos de doçaria na Irlanda… já que o foco não está na comida … 😉

Woodquay Hostel

Woodquay Hostel

7 – Sugestão de hotéis – onde dormir

Os melhores hotéis da cidade serão o Radisson Blu e o G Hotel mas considerando que são de 4 e 5 estrelas, respetivamente, não são para a bolsa de todos.

Mais em conta será o Jurys Inn. Pessoalmente, sendo eu uma pessoa que não gosta de gastar mais do que necessário, e conhecendo a cultura Irlanda, recomendo vivamente ficar nos inúmeros B&Bs que existem à volta da cidade.

Assim, por um preço a rondar os 25 Euros, por pessoa, pode ficar numa casa familiar, com pequeno almoço incluído, fugindo às cadeias de hotéis internacionais.

Para ver mais sugestões de hotéis em Galway, basta clicar aqui para ficar com outras propostas, saber preços e todas as informações que necessita, incluindo a disponibilidade de datas.

Guiness

Guiness

8 – Qual é a melhor zona para ficar num hotel e que zonas devo evitar, principalmente à noite?

Única regra: será a de evitar a zona dos bares já que, embora os bares e discotecas fechem as 2/2h30 da manhã, haverá de certeza pessoas a vaguear nas ruas até por volta da 4 da manhã.

9 – Há alguma zona insegura?

Não. Galway é a cidade mais segura que conheço.

Guiness

Guiness

Catedral de Galway © Viaje Comigo

Catedral de Galway © Viaje Comigo

10 – Comida: o que comer

Em Galway não existe nada de muito típico, mas recomendo uma ida ao Surf & Turf, Pequeno-Almoço Irlandês: Bacon and Cabbage e Fish & Chips.

Se decidir ir a um restaurante terá uma variedade e uma qualidade muito boa e muito consistente. A parte pior é que será difícil pagar menos de 20 Euros pelo prato principal e menos de 20 Euros por uma garrafa de vinho.

De qualquer das formas, é um “luxo” que vale a pena, visto que vai encontrar algumas combinações de ingredientes, com as quais vai ficar deliciado.

– Museus 

Existe um único museu de Galway mas, na minha opinião, não tem exposições que valham a pena…

Catedral de Galway

Catedral de Galway

– Monumentos

O maior e melhor monumento da cidade é sem duvida a Catedral.  Mas, o melhor de Galway é o ambiente jovem, muito devido à Universidade local, e cheio de vigor da cidade e também a parte social.

Na altura dos grandes festivais (Festival das Artes e Corridas de Cavalos) a cidade é completamente invadida de turistas e mesmo de irlandeses, de várias zonas do país, trazendo um ambiente de festa e boa disposição dificilmente igualáveis.

– Qual é o melhor meio para andar na cidade?

A pé. É uma cidade pequena que, com facilidade, se percorre a pé. Galway também é um bom local de partida para quem quer visitar Conemara (a norte) e a zona dos Penhascos de Moher (a sul – pode ver nas fotos abaixo) – há camionetas que fazem esses passeios com partida do centro de Galway.

Penhascos de Moher

Penhascos de Moher

Conemara

Conemara

– Souvenirs – o que temos mesmo de comprar? Sugestão de alguma loja?

Há inúmeras lojas de souvenirs na parte pedonal da cidade. Mais típico do que os anéis de Claddagh e as camisolas das ilhas Aran será impossível encontrar mas o trevo, elaborado de todas as formas e feitios, e a célebres t-shirts da Guinness também são muito populares.

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página