Pudim Abade de Priscos
Publicado em Abril 12, 2015

Receita do Pudim Abade de Priscos

Gastronomia [ Receitas ]

O pudim abade de Priscos é um doce típico de Braga, em Portugal, com uma confecção muito particular que mistura os ingredientes tradicionais de um bolo (ou pudim) com toucinho.

Manuel Joaquim Machado Rebelo – mais conhecido por Abade de Priscos, (1834-1930) – foi um abade católico que ficou marcado na história gastronómica por ter sido um excelente cozinheiro. O pudim foi uma das receitas mais conhecidas e replicadas deste gastrónomo que foi pároco da freguesia de Priscos, em Braga, durante 47 anos.

Reza uma lenda que, em 1887, o Abade de Priscos foi convidado para cozinhar para a família real e D. Luís I. O rei chamou o cozinheiro para dar os parabéns e quis saber qual o segredo do prato.

O Abade sorridente, informou: – Era palha, Real Senhor!
– Palha!? – disse o Rei espantado . – Então dás palha ao teu Rei!?
O Abade baixou a cabeça a fingir-se de envergonhado e, com sorriso manhoso, esclareceu: – Real Senhor! Todos comem palha, a questão é sabê-la dar… ”

São muitas as histórias em redor deste pároco que ficou conhecido pela sua mão na cozinha. O Viaje Comigo deixa-vos a Receita do Pudim Abade de Priscos, cedida pela própria Confraria do Pudim Abade de Priscos. Gostam deste doce?

Pudim Abade de Priscos

Pudim Abade de Priscos

INGREDIENTES
– 500gr de açúcar
– 1/2 litro de água
– 50gr de toucinho fresco
– 15 gemas de ovos
– casca de um limão
– 1 pau de canela
– 1 cálice de bom vinho do Porto
– 200gr de açúcar para confecionar o caramelo

PREPARAÇÃO

1. Misturam-se 500gr de açúcar em meio litro de agua e junta-se a casca de limão raspada q.b., canela e o toucinho (uma fatia de toucinho não excessivamente gorduroso).

2. Leva-se ao lume e quando estiver em ponte de espadana, passa-se a calda por um passador de rede vazando para uma tigela onde já estão as gemas e o vinho do Porto, ligeiramente batidos.

3. Com o açúcar em caramelo, barra-se a forma de metal onde se vai levar a cozer em banho-maria em forno muito quente, durante cerca de 40 minutos.

4. Tem-se o cuidado de só se desenformar quando estiver morno (mais para o frio), para que este não se desmanche.

Pudim Abade de Priscos

Pudim Abade de Priscos – DR©

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página