Cais da Ribeira do Porto_DR
Publicado em Janeiro 31, 2014

Duas ruas portuguesas entre as mais bonitas do mundo

Notícias/ Portugal [ Lisboa ]

O Cais da Ribeira, no Porto, e a Rua Augusta, em Lisboa, são duas das ruas mais bonitas do mundo. Podíamos ser nós a dizer isso, mas seria vaidade, por isso, deixámos as palavras para a conceituada revista de viagens Condé Nast Traveler. Foi ela quem as escolheu.

Na lista daquela publicação espanhola estão as “31 ruas a percorrer antes de morrer”. “Escolhe calçado confortável e desfruta”, diz a revista no seu artigo.

Rua Augusta

Rua Augusta

Pode ver aqui a lista completa de onde fazem parte duas portuguesas.

Sobre a Ribeira do Porto, puclica a revista “Sem dúvida, a melhor panorâmica que podemos ter da cidade”. “Onde as casas se apinham numa caótica ordem de azulejos e roupa estendida, sobre bares, restaurantes, esplanadas” frente ao Douro”. Nesta zona “pode informar-se das ofertas e travessias das diferentes empresas que programam tours de uma hora” mas também “tem a opção de navegar no Douro durante a noite com jantar romântico incluído”.

Em Lisboa, sobre a Rua Augusta, escreve a revista: “Lisboa tem o encanto do velho, do novo e da mistura de ambos numa simbiose inigualável”. “Um passeio comercial essencial mesmo que não se compre nada. É uma rua ampla, brilhante, de visita obrigatória para captar toda a essência da cidade. Passar por debaixo do seu arco triunfal depois de ter deixado passar um típico eléctrico. Delícia lisboeta”.

Cais da Ribeira do Porto

Cais da Ribeira do Porto

Entre o Cais da Ribeira e a Rua Augusta estão também muitas outras espalhadas pelo mundo: a Gran Vía (Madrid), Rambla (Barcelona), Grande Canal (Veneza), Ocean Drive (Miami), Rua Azul de Chefchaouen (Marrocos), a Nerudova (Praga), a Norvins (Paris), Neal’s Yard (Londres), Temple Bar (Dublin), Via Margutta (Roma), High Line (Nova Iorque), Lombard Street (São Francisco), Rua Gonçalo de Carvalho (Porto Alegre, Brasil), Rua Manoel de Carvalho (Rio de Janeiro, Brasil), Rua Brasil (Havana, Cuba), Petit Champlain (Quebeque, Canadá), Shomben Yokocho (Tóquio, Japão) ou Shan Tang (Suzhou, China). São apenas alguns exemplos das “31 ruas a percorrer antes de morrer”.

Fotos: Direitos Reservados_ Condé Nast Traveler

Comentários

Poderá também gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página