Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo Porta da Vila em Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo
Publicado em Setembro 4, 2018

Aldeias Históricas de Portugal: a história de Castelo Mendo

Portugal [ Aldeias Históricas de Portugal/ Castelo Mendo ]

No concelho de Almeida – distrito da Guarda, em Portugal – está Castelo Mendo, uma das 12 Aldeias Históricas de Portugal. Esta pitoresca aldeia, de características medievais, tem dois núcleos amuralhados: a Cidadela (burgo velho) e a Barbacã. O burgo novo era o Arrabalde de S. Pedro que teve, em tempos, oito torres, que ficaram destruídas pelo terramoto de 1755. Veja o vídeo da aldeia:

A ocupação de Castro Mendi – designação num documento de 1202 – virá desde a Idade do Bronze, tendo ainda vestígios da presença romana. Com foral de 1229, concedido por D. Sancho II, nesse período existiu o Alcaide D. Mendo Mendiis, que originou o topónimo atual. Castelo Mendo perdeu o estatuto de concelho com a reforma administrativa de 1855.

A sua localização próxima da fronteira fez com que mantivesse o seu objetivo defensivo pelo menos até ao século XVII. No local mais cimeiro estão as casas e as igrejas e a vila cresceu  descendo a encosta, principalmente para onde estavam os campos de cultivo e as pastagens para o gado. Para entrar nas muralhas existiam as portas a Norte, Poente e Nascente. Desde 1984 que a aldeia de Castelo Mendo está classificada como Imóvel de Interesse Público.

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Aldeia Histórica de Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Entro pela Porta da Vila e começo a visita a percorrer a Rua Direita. Conto, na minha visita, com a companhia de Rosa Martinho Ramos, responsável por dois alojamentos em Castelo Mendo e também maior impulsionadora do turismo nesta aldeia, que lhe toca no coração. Foi aqui que Rosa, nasceu, cresceu e onde agora dedica toda as sua energias para que o património em seu redor seja preservado e o seu potencial aproveitado.

E é tanto isso que é só ela que nos pode dizer onde fica o antigo Barrocos dos Desejos. “Lembro-me, em criança, de virmos aqui atirar as pedras para o barroco, porque diziam que podíamos pedir desejos e, se acertássemos lá com a pedra, o desejo concretizava-se”, diz-me Rosa, que já foi presidente da Junta de Freguesia de Castelo Mendo.

Rosa Ramos - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Rosa Ramos é habitante e dinamizadora do turismo em Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Rosa Ramos a mostrar-me Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Rosa Ramos a mostrar-me Castelo Mendo e os montes onde brincava em criança – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Em baixo, com forma circular, o Barroco dos Desejos – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Atravessando o arco da Porta da Vila, pelas rua macadamizadas, vamos encontrando já imóveis de destaque. É o caso da Igreja de São Vicente, datada do século XIII, e do outro lado uma Casa Quinhentista.

Procure também as destacadas Casas Manuelinas na Rua do Forno. As construções de dois pisos, têm janelas e portas com influências manuelinas. E por falar em Forno, também vai ver o local onde funcionava o forno comunitário.

Em frente à Igreja Matriz está a Casa com Varanda Alpendrada (no Largo do Pelourinho) e a alguns metros o enorme pelourinho de sete metros de altura. Leia mais abaixo o que pode ver / visitar em Castelo Mendo.

Casa com janelas e portas de influência manuelina - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa com janelas e portas de influência manuelina – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Rua Direita em Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Rua Direita em Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Depois de passar a Igreja Matriz e o Largo com o Pelourinho, há uma casa que passaria totalmente despercebida caso não tivesse uma pedra, mais saliente, com uma imagem popular e que evoca a lenda da Menda e do Mendo. A imagem do Mendo corresponde a uma gárgula em pedra que se encontra numa parede da Antiga Domus Municipalis.

E já a ver as ruínas da Igreja de Santa Maria do Castelo, olho para o chão e vejo a Calçada Medieval, antes das escadas, ladeada de casas em ruína. São blocos de pedra que pensa-se que terão feito parte da ligação ao Porto de S. Miguel, situado na margem do rio Côa.

As Aldeias Históricas mais próximas de Castelo Mendo são Almeida (a 26 Km) e Sortelha (a 49 Km).

Calçada medieval em Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Calçada medieval em Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Ruínas da Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

O QUE VISITAR / VER NA ALDEIA HISTÓRICA DE CASTELO MENDO

– PORTA DA VILA

Deixei o carro estacionado ao lado da Porta da Vila. Esta porta destaca-se por ser ladeada por duas figuras de pedras: berrões ou verrascos. Ou seja, um porco ou javali, um macho e uma fêmea, que estarão datados do século XVI e I a.C. e possivelmente ligadas ao culto da fertilidade do povo Vetão. Tem também placas dedicadas às visitas de governantes portugueses a esta aldeia histórica.

Porta da Vila - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Porta da Vila – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Porta da Vila - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Peças em pedra na entrada da Porta da Vila – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Casa Quinhentista
Uma casa com dois pisos, escada com alpendre e com colunas trabalhadas – de frente para uma fonte e para a Igreja de S. Vicente.

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa Quinhentista – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Igreja de São Vicente
Construída no século XIII, a Igreja de São Vicente é também conhecida como Igreja da Misericórdia. Terá tido remodelações nos séculos XVI e XVII e, no interior, poderá ver (se tiver a sorte de apanhar as portas abertas) vários túmulos, assim como a Capela de Nossa Senhora da Conceição, que foi construída em 1684.

Igreja de S. Vicente - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de S. Vicente – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de S. Vicente - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de S. Vicente – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de S. Vicente - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de S. Vicente – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Casa com Varanda Alpendrada no Largo
Devido à sua arquitetura, imagina-se que esta casa terá sido construída no século XVI – a  construção da varanda terá sido efetuada no início do século XVII. A casa contém duas inscrições – 1800 e 1801 – que estarão possivelmente relacionadas com a construção da ala lateral desta habitação de dois pisos.

Casa do século XVII - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa do século XVII – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Casa do século XVII - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa do século XVII – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Igreja Matriz ou de S. Pedro
A Igreja Matriz, ou de São Pedro, fica situada na Praça do Pelourinho e a sua torre sineira destaca-se (pela altura) no meio da aldeia. Terá sido construída – segundo documentação – a partir de 1320-21. Em 1519, os desenhos de Duarte de Armas retratam este imóvel religioso que, no século XIX, sofreu remodelações. Este edifício, durante os séculos XIX e XX, foi casa de uma escola primária, de uma estação de correios e da Junta de Freguesia.

Igreja Matriz ou de S. Pedro - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja Matriz ou de S. Pedro – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Aldeia Histórica de Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja Matriz ou de S. Pedro – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja Matriz ou de S. Pedro - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja Matriz ou de S. Pedro e Pelourinho, ao fundo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Pelourinho de Castelo Mendo
A altura do Pelourinho de Castelo Mendo mostra a importância que teve outrora: com sete metros de altura (quanto maior fosse o Pelourinho, e o número de escadas, maior era a importância da localidade). Está datado do século XVI e tem um fuste octogonal encimado por uma capitel em gaiola. Desde 1933, que está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Pelourinho de Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Pelourinho de Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Pelourinho de Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Pelourinho de Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Hospital da Misericórdia
Sabe-se que existiu um Hospital da Misericórdia em Castelo Mendo, mas não se sabe em que edifício. No entanto, os habitantes dirão que teria sido no número 1 da Rua da Praça, já que tem decoração renascentista e está encimada por uma cruz.

– Porta da Guarda
Em direção a Oeste, a Porta da Guarda apresenta um arco quebrado e é ladeada por um torreão apenas.

– Porta do Castelinho
Com características românicas, a porta fica no topo sul da Cidadela e por aqui se entrava para o núcleo mais antigo do castelo, que terá existido entre os séculos XIII e XIV. Desde 1946 que as ruínas do castelo, com estilo românico e gótico, estão classificadas como Monumento Nacional.

Porta do Castelinho - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Porta do Castelinho – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Porta de D. Sancho
No meio da aldeia, onde antes existia uma segunda muralha, está a Porta de D. Sancho. Fica mesmo ao lado do edifício antigo do Domus Municipalis de Castelo Mendo – entre as figuras do Mendo e da Menda. São só ruínas que atestam o local onde esteve a Porta D. Sancho, cujo arco caiu (segundos os habitantes) em finais do século XX.

Porta D. Sancho - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Porta D. Sancho – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Antigo edifício da Câmara, tribunal e cadeia de Castelo Mendo
Este edifício já acolheu várias funções. Já foi Casa da Câmara e Tribunal, no primeiro piso, e no piso inferior estava a Cadeia. Mostra o seu estilo maneirista e foi construída entre os séculos XVI e XVII. Atualmente está com portas fechadas mas a ideia é dinamizá-lo como posto de turismo e como núcleo museológico etnográfico.

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Pedra do Mendo no Domus Municipalis Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Antiga Câmara, Tribunal e Cadeia - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Antiga Câmara, Tribunal e Cadeia – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Mendo e Menda
Na casa referida anteriormente está a gárgula Mendo e, agora, atente bem nas pedras junto da porta da casa em frente. Consegue ver uma pedra mais saída? É a Menda, uma figura de origem celta.

É na parede da Antiga Domus Municipalis (antigo tribunal) que encontra o Mendo, uma figura gravada numa pedra, que se assemelha a um homem. Do outro lado, numa pedra de uma casa térrea em frente, encontra-se a figura de uma mulher, a Menda.

Ninguém sabe ao certo a história destas duas figuras, mas supõe-se que tenha sido uma grande paixão, talvez um amor ao estilo de “Romeu e Julieta”, com dois amantes destinados a contemplarem-se à distância para sempre, nas pedras de Castelo Mendo.

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa com a pedra da Menda. Conseguem ver? – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

A Menda em Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

O Mendo em Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Ruínas da Igreja de Santa Maria do Castelo
Datada do século XIII, a Igreja de Santa Maria do Castelo já não tem teto há muito tempo. Ao longo dos tempos sofreu alterações e, no interior, conseguem-se verificar vários estilos, com arcos diferentes, e capelas que foram construídas em diferentes épocas. Sabe-se que, em 1758, tinha quatro altares: altar-mor, Altar do Espírito Santo, Altar de Nossa Senhora do Rosário e Altar de Nossa Senhora da Conceição.

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Túmulos na Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Túmulos na Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Igreja de Santa Maria do Castelo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Sepultura do Fidalgo

Diz-se que por despeito ao fidalgo, terão colocado esta sepultura num lugar ermo. A pedra de granito, além da pedra tumular tem um espaldar com a seguinte inscrição: “Aqui jaz Miguel Augusto Mendonça Corte Real, fidalgo da Casa Real e Comendador ds ordens de S. Bento de Aviz e de Nossa Sr.ª da Conceição (…)”

Sepultura do Fidalgo -Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Sepultura do Fidalgo -Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

– Solar do Fidalgo
No centro da aldeia está um grande edifício, pintado de branco, que é o antigo Solar do Fidalgo e será datado do século XIX.

Do lado direito, a casa grande, pintada de branco, é o Solar do Fidalgo - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Do lado direito, a casa grande, pintada de branco, é o Solar do Fidalgo – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

FESTAS DE CASTELO MENDO

– Festa religiosa de Nossa Senhora de Fátima, em maio
– Festas populares de S. João Batista e Santo António, em julho e agosto

Casa do Corro - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa do Corro – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Casa da Cidadela - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa da Cidadela – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

ONDE DORMIR EM CASTELO MENDO

Há apenas um café no centro da aldeia e se procurar locais para dormir existem duas hipóteses. Ambas as sugestões de alojamento estão dentro da muralha da Aldeia Histórica de Castelo Mendo e são casas tradicionais, totalmente remodeladas para receber os visitantes.

– CASA DO CORRO

A pequena Casa do Corro tem um quarto, casa de banho, uma pequena sala e cozinha equipada, onde pode preparar as suas refeições. É a habitação nº10 no Largo do Corro.

CASA DA CIDADELA
No centro da aldeia, esta casa fica no Largo do Corro e tem dois quartos. Tem sala com lareira, cozinha totalmente equipada e televisão. tem também uma esplanada, com mesas e bancos, que poderá usufruir nos dias mais quentes. Aceita animais de estimação.

Casa do Corro - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa do Corro – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Casa do Corro - Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Casa do Corro – Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo - Portugal © Viaje Comigo

Castelo Mendo – Portugal © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página