Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo
Publicado em Agosto 4, 2018

Visitar a cidade de Colombo, Sri Lanka

Ásia/ Sri Lanka [ Colombo ]

Foi o primeiro local que visitei no Sri Lanka. Saí do aeroporto de Colombo direta para a cidade e a primeira coisa que reparei foi… o trânsito. Um trânsito infernal, mesmo à noite que foi quando cheguei. Aliás, esta foi a cidade que visitei na chegada e um dia antes da partida, com direito a molhar os pés nas praias, de água quente. Experimentei dois hotéis, em Colombo, fui andar de comboio na beira-mar, visitei o mercado tradicional e fiz um passeio de tuk tuk pelos locais mais históricos. Curioso como a cidade consegue misturar este ambiente tradicional, dos mercados antigos, com os prédios modernos de arquitetura arrojada.

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Cheguei já de noite, por isso, fui direta para o Movenpick Hotel Colombo, onde fiquei num quarto com vista sobre o mar e cidade. Claro que só vi isso de manhã, mas este hotel vale a pena (leiam mais abaixo sobre os hotéis de Colombo). A vista da piscina, no topo… e ate a vista da banheira, no quarto. Um bom início de visita à cidade.

Banheira no Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Banheira no Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Vista do topo do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Vista do topo do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Apesar de toda a gente pensar em Colombo como a capital do Sri Lanka, por ser uma cidade tão grande e onde está um Aeroporto Internacional, a capital oficial é Kotte, apelidada de “Nova Capital” – um subúrbio da antiga capital, Colombo – que é onde está o Parlamento, desde 1982. Colombo é considerada a capital económica do Sri Lanka e é, de facto, a principal cidade da ilha, com mais de 800 mil habitantes, e (dizem-me ser) a mais desenvolvida.

Porto de Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Porto de Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

A história de Colombo é a história do país. Estava aqui o porto mais importante do Sri Lanka, sendo ainda hoje o maior e um dos mais movimentados. Foi por aqui que entraram os mercadores e conquistadores/colonizadores como os portugueses (durante 150 anos, entre 1518-1524 e 1554-1656), holandeses (1656-1796) e ingleses (17961948). Aliás, Colombo era o porto principal de Kotte, que foi capital também nos séculos XV e XVI. Curiosamente, pouco sobra da presença portuguesa por aqui, a não ser igrejas e nomes de família, como o senhor Silva, que conheci em Kandy. O Sri Lanka ganhou a independência em 1947, de forma pacífica.

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Ainda a marca dos colonizadores ingleses – GOH: Grand Oriental Hotel – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Mas, cosmopolita como é, Colombo abraça todas as nacionalidades e religiões. E é, por isso, normal ver igrejas, mesquitas e templos hindus, a curta distância um dos outros e a conviverem pacificamente.

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Estátua de Buda, Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Estátua de Nossa Senhora – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

O que se pode chamar de centro histórico – onde já existiu um forte – é também (ainda) apelidado de Dutch Hospital, com um estilo que marcou a presença holandesa. Hoje em dia, pouco sobra dessa construção e tudo foi transformado em bares e lojas modernas. Um local onde dá vontade de parar, comer algo e ficar a desfrutar de uma bebida fresca.

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

A meio de um passeio de tuk tuk, parámos na beira-mar, de caras com o Oceano Índico. Na verdade, estamos ainda afastados da praia, percorrendo um espaço ajardinado que termina, junto do mar, com barraquinhas de venda de comida e brinquedos. Estava um calor abrasador e eu não queria sair do tuk tuk, porque só a brisa, conseguia tirar aquela sensação de sempre-a-transpirar-e-pegajosa de nós.

A maré está cheia e só resta um bocadinho de areia, onde os locais aproveitam para passear e para tirar fotografias. Aproximámos-nos e nós é que somos o alvo de curiosidade. Querem tirar fotografias connosco. Acedo ao pedido, com dois amigos que não se riram para a foto. Ficam assim sérios, somente a ladear-me. Agradecem e vão embora, depois de fazerem o mesmo com os seus telemóveis. Vejam mais fotografias aqui do passeio pela beira-mar apelidada de Galle Face – que tem vindo a receber os prédios mais altos e modernos da cidade, cadeias de hotéis internacionais e centros comerciais.

Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Bancas junto da praia em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Brinquedos na praia em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

E por falar em prédios grande, quando lá estive já se conseguia ver ao longe, mas ainda não estava aberta ao público, a Torre Lotus (Colombus Lotus Tower), que tem 350 metros de altura! Será a segunda mais alta estrutura no sul da Ásia. A torre vai ser usada para comunicações, mas também como ponto de observação e vai ter espaços de diversão e turísticos (custou mais de 104 milhões de dólares e foi financiada pelo banco chinês EXIM).

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Torre Lotus – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

E por andarmos de tuk tuk vem à baila, de novo, o trânsito de Colombo. Não é fácil sair dele – tenha atenção e vá com antecedência para o aeroporto, para não perder o seu voo. Na fila de trânsito, os tuk tuk ficam tão perto um dos outros que dá para saudarem, com aperto de mão, o companheiro-condutor do lado. Tão junto que nem as motas ou bicicletas lhes conseguem passar à frente. Não usam piscas. Ninguém pára nas passadeiras… mas nada disto é novo, para quem viaja pelos países asiáticos. 😀

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Como se proteger do sol forte? Usando guarda-chuva! Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Fizemos uma paragem para ver o Pettah Floating Market (Mercado Flutuante, com lojas e restaurantes, e passeios de barco) e atravessámos a rua para ir até a um típico mercado: o Maning Market, onde éramos os únicos estrangeiros. Fica do outro lado da rua do Floting Market e é o local onde os habitantes fazem as suas compras de fruta e legumes, para o dia-a-dia. É um local muito simples, com barracas improvisadas e, às vezes, com bancas em placas de madeira, pousadas simplesmente no chão. Leia mais sobre o mercado.
O bom: o mercado flutuante é ótimo para passear, compras, comer e relaxar
O mau: o odor que poderá vir do lago, principalmente na época (ainda) mais quente

Mercado flutuante em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Mercado flutuante em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Mercado flutuante em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Mercado flutuante em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Mercado flutuante em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Mercado flutuante em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Maning Market - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Maning Market – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Maning Market - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Maning Market – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Pelo caminho, paramos também, para a fotografia, junto do Templo budista Seema Malaka, no meio do lago Beira. Foi construído em finais do século XIX (o primeiro estava a afundar-se no lago e tiveram de o reconstruir) e pertence a um outro conhecido templo: o Gangaramaya, que fica aqui perto.

Seema Malaka - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Seema Malaka – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Seema Malaka - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Seema Malaka – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Seema Malaka - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Seema Malaka – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

No entanto, levaram-me a visitar, com mais tempo, um outro templo menos conhecido e que é igualmente de se ficar de maravilhado: o Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil, dedicado a Shiva e Ganesha. É considerado um dos maiores e mais antigos, do género, em Colombo. O festival, em janeiro (Thai Pongal), faz com que este local se transforme com milhares de pessoas a visitar. No templo: não paga para entrar, mas paga para fotografar e filmar.

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Se vai parar para um almoço tradicional e quer algo fora das barraquinhas de rua, tem o Raja Bojun que tem um buffet de tudo o que é comida tradicional do Sri Lanka e… tem ar condicionado e é muito fresquinho! – algo a que aprendi a dar valor com o calor e humidade que estavam em Colombo. Leiam aqui o que comi por lá e adorei.

Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

No Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

No Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Hopper de leite com ovo Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Hopper de leite com ovo – Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante Raja Bojun - Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante Raja Bojun – Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Depois de uma semana a visitar o Sri Lanka, regressei a Colombo e fiquei num hotel mais afastado do centro: o Mount Lavinia Hotel, que tem uma praia quase privada. Como sugestão para os hóspedes: dizem que temos de andar num comboio tradicional do Sri Lanka. Na verdade, eu já o tinha feito num comboio a partir de Kandy – durante algumas horas- para ir até aos campos de chá, em Nuwara Eliya. Mas, aceitei a sugestão e fui dar o pequeno passeio no comboio, junto à beira-mar, em Colombo. Tem uma vista deslumbrante e o comboio pára mesmo numa estação, um pouco mais abaixo do hotel.
Dica: esta é a linha de comboio que liga Colombo a Galle, por isso, é uma ótima sugestão para se deslocar até Galle e com esta vista espectacular.

Comboio em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

No comboio em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comboio em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Comboio em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comboio em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Casas de pescadores no comboio em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

A chegar ao Mount Lavinia - Comboio em Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

A chegar ao Mount Lavinia – Comboio em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

E estes foram os locais que visitei – e onde fiquei hospedada (ver mais abaixo os hotéis) – durante o tempo em que fiquei em Colombo. Como só foram dois dias, ficou muito mais para visitar e podem ver aqui mais dicas para explorar esta cidade do Sri Lanka.

"Casa Branca" de Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

“Casa Branca” de Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

Colombo - Sri Lanka © Viaje Comigo

Passeio de tuk tuk em Colombo – Sri Lanka © Viaje Comigo

ONDE FICAR ALOJADO EM COLOMBO

– Procura outros hotéis para a sua viagem no Sri Lanka? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida

* DOIS HOTÉIS EM COLOMBO:
1 – Movenpick Hotel Colombo

Na agitada cidade de Colombo, o moderno hotel Movenpick Hotel Colombo tem 24 andares. Mas, vou começar a falar do último piso… onde está um jacuzzi e a infinity pool, com vista panorâmica sobre a cidade. Daqui, do topo do hotel de cinco estrelas, consigo ver o mar, muitos prédios, e o comboio que deixa milhares de pessoas para virem trabalhar nesta metrópole. Leia mais.

Vista do topo do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Vista do topo do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Quarto do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Quarto do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

Pequeno-almoço no Restaurante AYU do Movenpick Hotel Colombo, Sri Lanka © Viaje Comigo

2 – Mount Lavinia Hotel

Ainda fica a uns sete quilómetros do centro de Colombo, no Sri Lanka, o Mount Lavinia Hotel é um dos hotéis mais especiais do país. Um dos mais antigos, um dos mais charmosos, luxuosos, com comida maravilhosa, vista excecional e vizinho de uma praia paradisíaca. Além disso tudo, foi casa do Governador e local de uma grande história de amor! Leia mais.

Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Quarto no Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Estátua da Lavinia no Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Praia do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Buffet do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Buffet do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Buffet do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Fruta no buffet do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Vista do Mount Lavinia Hotel, Sri Lanka © Viaje Comigo

Na praia, a 20 minutos próximo do aeroporto Colombo:
– Negombo, Club Hotel Dolphin

Em Waikkal, Negombo, no Sri Lanka, a 20 minutos de carro do aeroporto, está o hotel que tem a maior piscina do país. À beira mar plantado, o Club Hotel Dolphin é o refúgio perfeito para quem quer relaxar junto às águas quentes. Leia mais.

Maior piscina do Sri Lanka no Club Hotel Dolphin - Sri Lanka © Viaje Comigo

Maior piscina do Sri Lanka no Club Hotel Dolphin – Sri Lanka © Viaje Comigo

Club Hotel Dolphin - Sri Lanka © Viaje Comigo

Club Hotel Dolphin – Sri Lanka © Viaje Comigo

Club Hotel Dolphin - Sri Lanka © Viaje Comigo

Club Hotel Dolphin – Sri Lanka © Viaje Comigo

Pescador no Club Hotel Dolphin - Sri Lanka © Viaje Comigo

Pescador no Club Hotel Dolphin – Sri Lanka © Viaje Comigo

Na praia do Club Hotel Dolphin - Sri Lanka © Viaje Comigo

Na praia do Club Hotel Dolphin – Sri Lanka © Viaje Comigo

POR ONDE ANDEI NO SRI LANKA (tenho de regressar para fazer mais a zona sul!):

– A magnífica Sigiriya
– Visitei a cidade de Colombo
– A cidade real de Kandy
– Os campos de chá em Nuwara Eliya
– O orfanato de elefantes em Pinnawala
Pitawala Pathana: chamam-lhe o “Mini Fim do Mundo”.
– O safari com os animais em liberdade no Minneriya National Park
– As paisagens lindas em Ramboda
– As praias de Negombo

Templo da Relíquia do Dente Sagrado, Kandy, Sri Lanka © Viaje Comigo

Templo da Relíquia do Dente Sagrado, Kandy, Sri Lanka © Viaje Comigo

Trabalhadora da Pedro Estate - Nuwara Eliya - Sri Lanka © Viaje Comigo

Trabalhadora da Pedro Estate – Nuwara Eliya – Sri Lanka © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página