Praia de Boa Viagem - Recife - Brasil © Viaje Comigo
Publicado em Abril 9, 2018

Viajar para Recife, Brasil

Américas/ Brasil [ Pernambuco/ Recife ]

A minha passagem por Recife, no estado de Pernambuco, no Brasil, foi um pouco rápida demais. Há muito para ver e tanta coisa para fazer e… provar! Passear na praia (dica: fique num dos hotéis na beira-mar), ir a um mercadinho com comida local, lojas de artesanato, espaços culturais e um cheirinho de Carnaval… com o som do Frevo. Em pouco mais de dois dias consegui visitar vários locais – que sugiro neste texto – e fiquei com muita vontade de voltar.

No elevador do Hotel Atlante Plaza - Recife - Brasil ©Viaje Comigo

No elevador do Hotel Atlante Plaza – Recife – Brasil ©Viaje Comigo

Em Recife, fiquei alojada no hotel Atlante Plaza, que fica a poucos metros da praia. Basta atravessar a rua, de duas faixas e uma ciclovia, para já estar com os pés na areia e na água. A experiência no hotel começa logo mal entra no seu elevador envidraçado e, consequentemente, panorâmico. Parece que nos estamos a elevar sobre o oceano e a vista é deslumbrante. Leia mais sobre este hotel.

– Procura hotéis para a sua viagem no Brasil? Pesquise aqui

Buscar hotel

Destino
Data de entrada
Data de saida

Informações sobre o Aeroporto de Recife, aqui e sobre doces de Pernambuco

Pôr do sol na Praia de Boa Viagem - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Pôr do sol na Praia de Boa Viagem – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

O QUE VISITAR EM RECIFE:

1. PRAIA DA BOA VIAGEM

A praia de Boa Viagem fica num dos bairros mais populosos do Recife – tem sete quilómetros de extensão – e tem avisos de ataques de tubarão, de tantos em tantos metros. Hoje em dia, com todos os avisos que existem no areal, já muitos se inibem de nadar aqui e preferem outros locais para mergulharem, por exemplo. Dizem os especialistas que, o surgimento dos tubas~es se deve à construção do Porto de Suape, que mudou os hábitos dos animais, que ali faziam o seu berçário e também alterou correntes, trazendo-os para esta costa. A verdade é que os tubarões não comem pessoas! Mas quando a água está turva e se houver movimentos (como o bater dos pés a nadar) e existir sangramento, por exemplo, o animal não consegue distinguir uma pessoa e um peixe grande. Leia mais.

Praia de Boa Viagem - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Vista do Hotel Atlante Plaza – Praia de Boa Viagem – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Praia da Boa Viagem - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Praia da Boa Viagem – Recife – Brasil © Viaje Comigo

2. MARCO ZERO

A Praça Rio Branco é também conhecida como Marco Zero e fica junto do rio Capibaribe e muito próxima do Porto de Recife, junto de um conjunto de armazéns que foram revitalizados e transformados em restaurantes. É a partir do Marco Zero que são feitas todas as medições oficiais de distâncias rodoviárias locais.
Na praça, vai encontrar também uma estátua do Barão do Rio Branco, escultura do francês Félix Charpeutier, datada de 1917, num pedestal esculpido por Corbiniano Vilaça – está ao lado das gigantes e coloridas letras que escrever RECIFE, para os visitantes tirarem as fotografias da praxe.
Em frente, do outro lado do canal, vai ver o Parque das Esculturas, com a famosa obra Coluna de Cristal, com 32 metros de altura, da autoria do artista Francisco Brennand.

Marco Zero - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Marco Zero – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Armazéns do Porto - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Armazéns do Porto – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Esculturas - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Parque das Esculturas – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Estátua – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Km Zero - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Km Zero – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Letras Recife junto do Marco Zero - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Letras Recife junto do Marco Zero – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

3. PAÇO DO FREVO

O Paço do Frevo foi um dos locais que mais gostei de visitar em Recife. É espaço que se dedica à difusão, pesquisa, lazer e formação nas áreas da dança e música do frevo, típica nesta região. É também uma forma de manter o espírito de Carnaval bem vivo, o ano inteiro.

O edifício foi inaugurado em 2014 (num antigo prédio da Western Telegraph) e nos seus vários andares tem diferentes valências: além de ser um espaço de exposições e centro de documentação, tem também escola de dança e música. Na entrada tem um café muito acolhedor para experimentar antes ou depois da visita. Leia mais.

Paço do Frevo - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Fotos do Carnaval – Paço do Frevo – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Paço do Frevo – Recife – Brasil © Viaje Comigo

4.EMBAIXADA DE PERNAMBUCO – BONECOS GIGANTES DE OLINDA

A Embaixada de Pernambuco – Boneco Gigantes de Olinda é um espaço-museu onde estão guardados (como o nome indica) os Bonecos Gigantes de Olinda, que fazem parte de um Carnaval muito popular. A Embaixada de Pernambuco-Bonecos Gigantes de Olinda está aberta todos os dias (apenas encerra em alguns feriados) e mostra a arte dos bonecos que animam a maior festa local.

Em 1932, os gigantes chegaram ao Carnaval de Olinda com a criação do boneco o Homem da Meia Noite e, assim, continuaram a serem criados cada vez mais bonecos, anos após ano, por artistas plásticos. O Encontro dos Bonecos Gigantes tem um desfile grande, em Olinda, na terça-feira de Carnaval. Leia mais sobre esse espaço.

Embaixada de Pernambuco - Bonecos Gigantes de Olinda - Recife, Brasil © Viaje Comigo

Embaixada de Pernambuco – Bonecos Gigantes de Olinda – Recife, Brasil © Viaje Comigo

Embaixada de Pernambuco - Bonecos Gigantes de Olinda - Recife, Brasil © Viaje Comigo

Embaixada de Pernambuco – Bonecos Gigantes de Olinda – Recife, Brasil © Viaje Comigo

5. CENTRO DE ARTESANATO DE PERNAMBUCO

O Centro de Artesanato de Pernambuco é o local onde vai encontrar (mais de 25 mil) peças representativas de vários locais da região e realizadas por mai de 1.400 artesãos, provenientes de várias localidades do estado.

O mercado de artesanato fica no centro do Recife, junto à praça do Marco Zero, e tem de tudo um pouco com peças de cerâmica, madeira, metal, vidro, cestas, rendas e muitos têxteis também. Leia mais.

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife, Brasil © Viaje Comigo

6. OFICINA CERÂMICA FRANCISCO BRENNAND

A Oficina Cerâmica Francisco Brennand é um museu de arte brasileiro, que foi criado pelo artista plástico pernambucano que dá nome ao espaço. Francisco Brennand criou este complexo para mostrar a sua obra, em várias vertentes.

Nascido a 11 de junho de 1927 (atualmente com 90 anos e ainda a trabalhar), Francisco Brennand criou a Oficina Brennand em 1971, a partir das ruínas de uma olaria, do início do século XX, fundada pelo seu pai. Na antiga fábrica de tijolos e telhas, herdada pelo artista, surgiu um museu onde estão expostas as suas obras inspiradas em mitologia e algumas com conotação sexual, por exemplo. Leia mais.

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Oficina Cerâmica Francisco Brennand, Recife, Brasil © Viaje Comigo

7. INSTITUTO RICARDO BRENNAND

O Instituto Ricardo Brennand é um museu e uma instituição cultural no bairro da Várzea, no Recife, capital do estado de Pernambuco, no Brasil. Foi fundado em 2002 pelo colecionador e empresário pernambucano Ricardo Brennand e, se começou por uma coleção pessoal de armas brancas, hoje em dia é muito mais do que isso.

O complexo é composto por três edifícios, com arquitetura em estilo medieval: o Museu Castelo São João (o primeiro a abrir e onde está uma vasta coleção de armas), a Pinacoteca, a Galeria e a Capela Nossa Senhora das Graças, rodeados por um vasto parque verde. Leia mais.

Instituto Ricardo Brennand - Recife, Brasil © Viaje Comigo

Tapeçaria – Instituto Ricardo Brennand – Recife, Brasil © Viaje Comigo

Instituto Ricardo Brennand - Recife, Brasil © Viaje Comigo

Instituto Ricardo Brennand – Recife, Brasil © Viaje Comigo

Instituto Ricardo Brennand - Recife, Brasil © Viaje Comigo

O Pensador – Instituto Ricardo Brennand – Recife, Brasil © Viaje Comigo

8. FEIRA DA BOA VIAGEM

A Feira de Boa Viagem tem uma história já muito antiga – foi criada em 1966 – e é aqui que está a igreja (azul) que deu nome ao local: a Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem (tem na porta a data inscrita: 1707). E o que acho mais incrível neste local é que a feirinha e a igreja estão rodeadas de inúmeros prédios modernos, mas mantêm-se firmes e tradicionais.

Se não teve tempo para fazer as compras que queria, na sua passagem por Recife, aqui pode encontrar muitas coisas diferentes: desde as redes brasileiras (apesar de ser um local turístico consegue preços bastante simpáticos e pode negociar um desconto), artesanato, pinturas e quadros, bijutaria, malas, atoalhados, vestidos (trouxe um por 4€), biquinis, cangas (também trouxe por 5€), etc. No que diz respeito ao artesanato, não comprei aqui porque já tinha adquirido algumas peças junto do Km Zero. Leia mais.

Feirinha de Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Feirinha de Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Feirinha de Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Feirinha de Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, Recife, Brasil © Viaje Comigo

Praça do Marco Zero – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

SUGESTÃO DE ROTEIRO DE DOIS DIAS EM RECIFE

DIA 1 – Tour pelo Bairro do Recife

Passe pela Praia da Boa Viagem em direção ao centro, passeando na Praça do Marco Zero e a Rosa dos Ventos em painel no chão, do artista Cícero Dias. O Parque de Esculturas de Francisco Brennand está do outro lado do molhe e os antigos armazéns portuários foram remodelados e são, hoje em dia, bares e restaurantes modernos. Aqui perto poderá visitar o Museu Cais do Sertão, a Caixa Cultural, a Rua do Bom Jesus (Rua dos Judeus), a Embaixada dos Bonecos Gigantes e o Paço do Frevo – já descritos anteriormente. Se quiser, passe aqui mais tarde para fazer compras no edifício do centro de artesanato, que também está aqui situado.

Pode tirar parte da tarde para visitar o Instituto Ricardo Brennand. Aproveite para almoçar por lá, num sítio bonito e o restaurante Castelos é excelente – leia aqui.

À noite, o programa é excelente: passeio de catamarã com jantar no cais. Com a cidade iluminada e passando por baixo das pontes, vamos descobrindo a história, os bairros, os edifícios mais marcantes, e as ilhas do centro: Santo Antonio, Recife Antigo e Boa Vista. São cinco as pontes dos passeios (Ponte 12 de Setembro, Ponte Maurício de Nassau, Ponte Manuel Buarque de Macedo, Ponte Princesa Isabel e Ponte Duarte Coelho) e em cada uma delas, disseram-nos para escolher um desejo e no final bater palmas. É um divertimento esta viagem! Leia mais.

Passeio de Catamarã - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã – Recife – Brasil © Viaje Comigo

Passeio de Catamarã - Recife - Brasil © Viaje Comigo

Luzes de Natal – Passeio de Catamarã – Recife – Brasil © Viaje Comigo

DIA 2 – VISITAR OUTROS LOCAIS EM RECIFE

No segundo dia, passe pela Oficina Cerâmica Francisco Brennand (já referido acima) e descubra o Bairro de Santo António (Museu Franciscano de Arte Sacra/Capela Dourada, Convento de Nossa Senhora do Carmo, Igreja de Santa Teresa da venerável Ordem Terceira do Carmo, Casa da Cultura) e o Bairro de S. José (Mercado, Forte das Cinco Pontas). Muita história para conhecer pelo caminho. À noite poderá comer nas barraquinhas da Feira da Boa Viagem.

Não visitei mas também me aconselharam:
– o Museu Cais do Sertão: museu moderno e interativo sobre o Sertão e Luiz Gonzaga – está instalado no antigo Armazém 10 do Porto do Recife

Siga mais dicas de Pernambuco no Viaje Comigo –

Vista para Parque das Esculturas - Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Vista para Parque das Esculturas – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Barraquinha de Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Barraquinha de Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Recife - Pernambuco - Brasil © Viaje Comigo

Praça Marco Zero – Recife – Pernambuco – Brasil © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página