Forge de Laguiole DR Forge de Laguiole DR
Publicado em Abril 8, 2018

A faca e o queijo em Laguiole, Aveyron, França

Europa/ França [ Aveyron/ Laguiole ]

Na região (departamento) de Aveyron, em França, Laguiole é conhecida pelos seus queijos e pelas facas artesanais. Numa área bastante rural, a comuna tem pouco mais de mil habitantes e grande parte trabalha no campo. É uma área muito verde e muito bonita de visitar.

Campos em Laguiole © Viaje Comigo

Campos em Laguiole © Viaje Comigo

Campos em Laguiole © Viaje Comigo

Campos em Laguiole © Viaje Comigo

Os queijos são um dos produtos mais conhecidos de Laguiole, produzido por várias empresas e famílias, mas fomos conhecer a Cooperativa Jeune Montagne. O fabrico do queijo é uma tradição muito antiga nesta região, onde os monges já utilizavam as presentes técnicas, no século XII.

Hoje em dia, a Cooperativa Jeune Montagne fabrica o queijo de Laguiole. Este queijo é o ingrediente base para a preparação do Aligot, um prato típico de l’Aubrac (do qual eu tenho muitas saudades!). É um puré mas com uma consistência diferente, devido à mistura do queijo. E, depois de o provar, nunca mais vai conseguir comer um puré normal.

Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Fábrica da Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Este queijo é único no mundo e somente produzido nesta região francesa. A visita à produção é possível e pode comprar lá os diferentes queijos disponíveis, mais ou menos salgados. A fábrica fica na terra com o mesmo nome, Laguiole, e pode marcar a visita por e-mail ou telefone (ver contactos no site).

Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Provas na Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Loja da Cooperativa Jeune Montagne, Laguiole, França © Viaje Comigo

Uma outra visita obrigatória em Laguiole é a fábrica do Forge de Laguiole, que abriu em 1987, para perpetuar uma tradição local. Este projeto decidiu recuperar o fabrico das mundialmente famosas facas (ou navalhas/canivetes) de Laguiole, usadas pelos caçadores e agricultores. Todas as etapas da produção são mostradas no local, a quem quiser fazer a visita à fábrica e ver a produção manual.

O projeto do edifício, onde se encontra a loja de venda ao público, é da autoria do conhecido designer francês Philippe Starck, que quis mostrar uma união da tradição à modernidade. Uma filosofia que transpôs também para algumas facas que têm o design de Starck e que estão em exposição e à venda. A Forge de Laguiole tem peças a partir de 40 euros, mas as mais caras – com produção totalmente manual e personalizada, por encomenda – podem chegar aos 50 mil euros.

Facas de Forge de Laguiole © Viaje Comigo

Facas de Forge de Laguiole © Viaje Comigo

Forge de Laguiole DR

Forge de Laguiole DR

ONDE COMER EM LAGUIOLE

Com vista para as montanhas e heliporto colado ao espaço envidraçado, o restaurante Bras não é para todas as bolsas. O espaço gastronómico que dá a provar as criações do chef Sébastian Bras, mereceu 3 estrelas Michelin e já foi considerado o sétimo melhor restaurante do mundo e continua a ser um dos mais procurados. Nota: em 2017 o conhecido chef pediu para ser retirado do Guia Michelin.

Para bolsas médias é sugerido o (hotel e) restaurante l’Aubrac, com comida muito boa e tradicional.

Restaurante Bras - Laguiole © Viaje Comigo

Restaurante Bras – Laguiole © Viaje Comigo

Restaurante Bras - Laguiole © Viaje Comigo

Restaurante Bras – Laguiole © Viaje Comigo

Restaurante Bras - Laguiole © Viaje Comigo

Restaurante Bras – Laguiole © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página