Imagem tirada com selfie stick - Susana Ribeiro em Club Med Punta Cana © Viaje Comigo
Publicado em Janeiro 28, 2018

22 coisas que os leitores do Viaje Comigo não sabem sobre mim

Notícias [ Auto ]

Numa das minhas últimas viagens, uma das minhas companheiras, depois de me conhecer há cerca de 5 dias, perguntou-me o que poucos me perguntam: “Antes do Viaje Comigo e antes de seres jornalista, o que fizeste? Trabalhaste noutros locais?”. E depois de lhe dizer todo o meu percurso (ou, pelo menos, o que me lembrava) ela disse-me que imaginou logo que eu tinha passado por vários locais, porque só assim se conseguia fazer várias coisas. Achei interessante. Nunca ninguém me pergunta o que eu já fiz além do jornalismo.

A verdade é que, desde que criei o Viaje Comigo, me atribuem o rótulo de bloguer de viagens (travel blogger) mas, antes disso, sou jornalista e sou uma pessoa que tem múltiplas paixões. E o que já fui… ou continuo a ser? Quero com isto dizer que não devemos atribuir rótulos às pessoas e encaixá-los numa só categoria. Somos muito mais do que mostrámos nas redes sociais e nos blogues. Muito mais! Apesar de saberem que tenho uma paixão desmedida por conhecer o mundo… o que sabem mais? Por isso, desafiaram-me a escrever este texto sobre as “coisas” que a maior parte dos leitores do Viaje Comigo não sabe sobre mim! Depois, digam-me qual vos surpreendeu mais.

Susana Ribeiro no Huai Raeng Ecoturism Group, Trat, Tailândia @ Viaje Comigo

Jornalista Susana Ribeiro com a comunidade de Huai Raeng, Trat, Tailândia © Viaje Comigo

1 – Sempre gostei de trabalhos manuais e, quando tenho tempo (agora não tenho) ponho-me a fazer coisas. Pintar azulejos, fazer postais decorados à mão, colocar missangas em candeeiros, fazer bijutaria, etc.

2 – Há muitos anos, tive um projeto ligado a bijutaria chamado 1001 Missangas. Fazia à mão peças de bijutaria mas o que mais gostava de fazer era pegar em peças antigas, desfazer, e criar peças totalmente novas a partir delas. Adoro bijutaria, mas é raro andar com o que quer que seja… e não tenho as orelhas furadas! 😀

Brincos 1001 Missangas © Viaje Comigo

Brincos 1001 Missangas © Viaje Comigo

Colar 1001 Missangas © Viaje Comigo

Colar 1001 Missangas © Viaje Comigo

3 – Adoro decoração e, apesar de não fazer muitas compras, estou sempre a mudar a disposição dos móveis e a decoração de casa. Aliás, por trabalhar a partir de casa canso-me bastante de tudo e, por isso, vou mudando vários pormenores ao longo do ano. Já escrevi sobre isso aqui.

Entrada do Hotel Vivá Porto de Galinhas - Brasil © Viaje Comigo

Entrada do Hotel Vivá Porto de Galinhas – Brasil © Viaje Comigo

4 – Fui atleta de basquetebol, durante alguns anos. Os 1,72m que tenho agora, já tinha na adolescência… foi a única forma de tornar esta altura útil. Isso e para mudar lâmpadas, em tetos baixos, sem escadote. 😀

5 – Tenho dois gatos e antes de os ter, passei uma vida a ter medo das garras de felinos. Tudo se resume a um gatito, que me arranhou, em criança, e fiquei com medo de gatos a vida toda. Ou pelo menos, até há dois anos! Aí, entraram dois gatinhos fofos na minha vida e mudaram-na para muito melhor. E sou eu quem lhes corta as unhas! Como as coisas mudam! 😀

Luke e Anakin Skywalker © Viaje Comigo

Luke e Anakin Skywalker © Viaje Comigo

6 – Fiz bodyboard durante alguns anos! Tenho muita pena de ter deixado de o fazer, mas foi quando entrei na faculdade e deixei de ter tempo para o mar. Arrependo-me! Uma vez, entrei numa prova regional, em Vila Nova de Gaia, onde fui a única mulher a participar. Tinha uns 15 ou 16 anos. E consegui passar uma das fases, porque houve um desistente! Ahahah! Foi assim que ganhei o saco para a minha prancha. Continuo a adorar estar no mar!

Bodyboard - Foto de scooterenglasias © Pixabay

Bodyboard – Foto de scooterenglasias © Pixabay

7 – Participava muito em passatempos – os melhores prémios que já ganhei foram uma prancha de surf (que vendi e comprei a de bodyboard) e um gravador de vídeo (txiii, há tanto tempo!) – hoje em dia é raro participar ou jogar no que quer que seja.

8 – Cantei na tuna da minha faculdade e fazia coreografias, a tocar pandeireta. Ah… que saudades desta vida descomplicada!

9 – Apesar de ter feito sempre desporto (nos últimos anos nem por isso), nunca gostei de correr. Nem mesmo quando fazia treinos, no basquetebol, e tinha de correr à volta do campo. Achava uma seca. Hoje em dia, no ginásio, gosto de fazer as aulas de grupo, com música, e se for de dança ainda melhor.

10 – Não gosto de café! Adoro o cheiro, mas o sabor nunca me puxou! Quando em viagem, com estrangeiros, tenho sempre alguém que me diz “Uma portuguesa que não bebe café? Como é possível?!?”, seguido de risota geral. Por outro lado, sou muito apreciadora de chá, infusões e tisanas.

cocoparisienne © Pixabay

Foto de cocoparisienne © Pixabay

11 – Não sei desenhar. É um grande desgosto que tenho. E o que sei fazer é o equivalente a uma criança de 6 anos: os bonecos, com pernas e braços que são paus, e uma casa, com chaminé, com uma árvore e o sol. Recordo-me da dificuldade que tive, na escola, nas aulas de Desenho, quando tivemos de desejar uma laranja. Provavelmente, uma das coisas mais difíceis que já fiz.

É mais ou menos isto que desenho - Foto: Prawny © Pixabay

É mais ou menos isto que desenho – Foto: Prawny © Pixabay

12 – Trabalhei como aderecista em passagens de modelos, quando estava na faculdade. Quando os centros comerciais faziam as apresentações de coleções, nos bastidores, era eu (e outros aderecistas) quem tinha os charriots prontos, com a roupa e os sapatos, para ajudar os manequins a vestirem-se. Porque sou alta, ficava também com os modelos mais altos da altura, como Sofia Aparício, Rubin, Afonso, e outros que não me lembro bem.

13 – Já trabalhei numa loja de vestuário, nas férias escolares. Foi na Promod e foi, nessa altura, que fiquei com a mania de colocar as cruzetas (ou cabides) todas viradas para o mesmo lado e a roupa direitinha. Tenho a certeza que sou super organizada com o meu roupeiro, por causa dos tempos que trabalhei nesta loja. Tínhamos de ter tudo sempre direitinho.

Tudo arrumadinho - Foto de JamesDeMers © Pxabay

Tudo arrumadinho – Foto de JamesDeMers © Pxabay

14 – Fiz inquéritos e sondagens ao telefone. Não gostava muito. Era um trabalho intenso e fatigante, principalmente quando nos desligavam o telefone na cara a dizer “tenho a comida ao lume” ou “não posso estar agora ao telefone” – e o pior era já não recebíamos o dinheiro por aquele inquérito, se não fosse finalizado.

15 – Trabalhei no relançamento no Cinema Batalha, no Porto, e custa-me muito vê-lo assim abandonado. Ajudei a organizar e promover o primeiro concerto na Sala Bebé, com The Weatherman, e a relançar um Cinema Batalha, que estava lindo e animado. Espero que peguem no projeto e o renovem de novo, agora.

16 – Vejo muitos filmes, novos e antigos, e esqueço tudo o resto que dá na televisão (talvez uma série ou outra que me puxe mais). Sempre fui grande fã da Sétima Arte e adoro ver filmes. Por vezes, não são necessariamente bons e alguns até páro de ver a meio… Fiz uma lista de filmes que me inspiram para viajar – saibam mais aqui.

Filmes para Viajar DR

Filmes para Viajar – DR

17 – No fundo, fundinho, não gosto muito de viajar sozinha, mas faço-o porque é trabalho. Gostaria sempre de ir acompanhada, para ter alguém com quem partilhar as aventuras. Mas, aprendi a viajar sozinha por necessidade e, agora,  já me consigo imaginar a viajar mais vezes a solo.

18 – A Rádio é uma grande paixão que tenho, foi lá que comecei a carreira de jornalista. Já passei por quatro rádios e foram locais onde adorei trabalhar, tendo feito tanto informação (reportagens e noticiários) como animação (programas de música). Quem sabe, um dia, terei um programa de viagens na rádio? 😀 Entretanto podem ouvir-me aqui numa entrevista à Antena 3.

Lincerta © Pixabay

Microfone – Foto de Lincerta © Pixabay

19 – Adoro fazer locução. Já dei a minha voz a alguns projetos, reportagens, e até a alguns telefones de empresas. “Ligou para a empresa… Se pretende falar com a secretaria, prima 1; com a contabilidade, prima 2”, etc. Um dia destes vão estar a ouvir-me e nem vão saber.

20 – Atualmente, além do Viaje Comigo, faço reportagem e locução para um programa de televisão. Sempre por detrás da câmara! Chama-se “What’s up – Olhar a Moda” e passa na RTP 2, RTP3, RTP África e RTP Internacional, onde mostra o calçado e a moda portuguesas, assim como temas ligados ao lifestyle – documentando casos de sucesso “Made in Portugal”.

21 – Apesar de viajar muito – agora mais como trabalho – sou muito caseira. Adoro ficar em casa, a ver televisão, a ler um livro, com família e amigos em patuscadas… as coisas boas e simples da vida.

22 – Organizei um super-evento do lançamento oficial do Viaje Comigo – durante dois dias reuni propostas de alojamentos, gastronomia e sugestões de viagens. Foi tão bom que me pedem todos os anos para repetir… quem sabe, um dia!

Chefe Hélio Loureiro no evento Viaje Comigo

Chefe Hélio Loureiro no evento do Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Showcookings no Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Evento Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página