Girassóis no Vale do Loire © Viaje Comigo Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo
Publicado em Janeiro 4, 2018

5 dias a conduzir no Vale do Loire, França

Europa/ França/ Notícias [ Vale do Loire ]

Em 2017, fiz algumas viagens sozinha e uma delas foi ao Vale do Loire, à descoberta desta região, da sua cultura, história, gastronomia e, claro, dos castelos. Em cinco dias fiz vários quilómetros de estrada para visitar seis castelos, dormi em vários hotéis diferentes e numa casa-barco, fui a restaurantes gourmet e a outros com produtos biológicos. Estive nos locais por onde passou Joana d’Arc e posso garantir que a região do Vale do Loire merece bem uma visita demorada.

Na estrada Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Na estrada Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Na estrada no Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Susana no carro - Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Susana no carro – Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Se vai fazer este programa, aconselho a a passar pelo menos um dia em cada castelo, para aproveitar ao máximo o que os espaços proporcionam. Não são só visitas ao castelo, em si, que têm restaurantes para experimentar (também pode fazer piqueniques) e exposições para descobrir. Passeie sem correr e aproveite ao máximo o local que está a visitar.

No primeiro dia, voei do Porto para Tours e já o meu carro de aluguer à minha espera. É só chegar ao exterior do aeroporto e ir ao balcão do carros alugados e pegar na chave do seu. O GPS fará o resto, se tiver estes dados que lhe dou para seguir o meu programa, tal como eu o fiz. Eu fiz o programa em cinco dias, mas aconselho a fazê-lo pelo menos em seis dias, para ter mais tempo para aproveitar tudo.

Carro no aeroporto Tours - França © Viaje Comigo

Carro no aeroporto Tours – França © Viaje Comigo

Como cheguei manhã bem cedo a Tours, fiz logo a viagem até Lémeré (cerca de 1h de estrada / 62km). Fiz a visita ao Château de Rivau e almocei por lá. Tive tempo de ver tudo, espreitar o interior do castelo, desfrutar dos jardins e ficar a conhecer a história de Rivau. Se tiver pouco tempo e quiser conhecer o máximo de castelos possível, parta ao início da tarde para Azay-le-Rideau (são cerca de 30 minutos para fazer cerca de 30km). Se for no verão, os horários são mais prolongados e o sol acompanha-nos nas visitas ate à hora de jantar.

Château du Rivau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Château du Rivau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Château du Rivau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Almoço no Château du Rivau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Quando fiz esta viagem ao vale do Loire, em julho de 2017, o Château de Azay-le-Rideau tinha acabado de abrir depois de uma intensa remodelação. É um castelo com muito para ver no interior mas também pode desfrutar dos seus jardins para piqueniques. Tem um bar, com uma esplanada e cadeiras para simplesmente descansar e aproveitar o bom tempo nos jardins. Por isso, se puder, visite um château em cada dia para poder aproveitar ao máximo os sítios por onde passar.

No Château d'Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

No Château d’Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

No Château d'Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Espelho de água – No Château d’Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Ainda em Azay-le-Rideau, se tiver tempo, a uns cinco minutos de carro do castelo, pode ir fazer provas de vinhos no Château de l’Aulée. Tudo fica a caminho, principalmente para ir fazer o check in no alojamento sugerido, o hotel troglodita Troglododo, em Azay-le-Rideau. Existem muitos locais para jantar no centro da vila, mas a minha proposta recai no restaurante Côté Cour, mesmo junto do château. Comida ótimo num sítio simples, mas muito bonito.

Restaurante Côté Cour, Azay le Rideau - França © Viaje Comigo

Restaurante Côté Cour, Azay le Rideau – França © Viaje Comigo

Hotel Troglododo, Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

O meu quarto no Hotel Troglododo, Azay-le-Rideau, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Château de l'Aulée - Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Provas no Château de l’Aulée – Vale do Loire – França © Viaje Comigo

DIA 2 NO VALE DO LOIRE

No segundo dia de viagem, depois do pequeno-almoço no Troglododo, saio de Azay-le-Rideau para guiar até Chançay (cerca de uma hora de viagem, para uma distância de 46 km). Em Chançay, fui visitar a Alain Robert, uma produtora de Vouvray, na região de Touraine. Além de ficar a conhecer os métodos de produção, fiz depois provas de vinhos, harmonizadas com produtos da região.

Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Vinhedos da Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Provas na Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Alain Robert, Chançay, Vouvray, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Daqui, parti para Chaumont-sur-Loire – que fica a cerca de 32 Km – numa viagem de cerca de 45 minutos de carro que se transformou em mais de uma hora de percurso porque o GPS começou a dar erro no meio das vinhas e não me levava à estrada principal. Depois de algum tempo a deixar o GPS “achar-se”, lá consegui voltar à estrada e chegar a Chaumont-sur-Loire, onde aproveitei para comer numa das pastelarias locais, antes de ir para o castelo.

No meio das vinhas - Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo

No meio das vinhas – Na estrada no Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Encruzilhada nas vinhas - Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Encruzilhada nas vinhas – Na estrada no Vale do Loire – França © Viaje Comigo

De seguida, fui ao Château de Chaumont-sur-Loire onde decorre, todos os anos, o Festival Internacional dos Jardins de Chaumont-sur-Loire. Se for também na altura do festival reserve quase um dia inteiro para este château. Além da visita ao castelo e às cavalariças, desfrute dos vários jardins artísticos, que é algo que leva tempo se quer usufruir bem do que o espaço tem para oferecer.

Château de Chaumont-sur-Loire - França © Viaje Comigo

Château de Chaumont-sur-Loire – França © Viaje Comigo

Festival de Jardins de Chaumont-sur-Loire - França © Viaje Comigo

Festival de Jardins de Chaumont-sur-Loire – França © Viaje Comigo

Festival de Jardins de Chaumont-sur-Loire - França © Viaje Comigo

Festival de Jardins de Chaumont-sur-Loire – França © Viaje Comigo

Ao final do dia, parti de Chaumont-sur-Loire para chegar à pequena vila de Saint-Dyé sur Loire (são cerca de 40 minutos de carro, numa estrada junto do rio Loire) para fazer o check-in no barco-casa La Cabiche, onde iria ficar a dormir. Como na vila não havia nada aberto, fui jantar a Blois, que fica muito perto. Para fazer esta distância, é só seguir o Loire – viagem de cerca de 20 minutos, no máximo, para fazer 16 Km numa estrada sem luz – com o rio na sua direita.

Barco-casa no Loire - França © Viaje Comigo

Barco-casa no Loire – França © Viaje Comigo

Em Blois, fui jantar a um restaurante excelente. O restaurante La Creusille fico do outro lado da margem do Château de Blois. Durante o verão, o castelo de Blois tem sempre muita animação e atividades. Poderá ir lá depois do jantar, antes de voltar para o local de alojamento e descansar.

Restaurante La Creusille - Blois - Loire - França © Viaje Comigo

Prato de carne – Restaurante La Creusille – Blois – Loire – França © Viaje Comigo

Sobremesa no Restaurante La Creusille - Blois © Viaje Comigo

Sobremesa no Restaurante La Creusille – Blois © Viaje Comigo

DIA 3 NO VALE DO LOIRE

Manhã cedo, depois do pequeno-almoço em Saint-Dyé-sur-Loire, percebo que estou muito perto do próximo castelo a visitar… e que é um dos mais importantes desta viagem. Estou a cerca de 10 minutos do Château de Chambord. Em 5 Km estamos às portas do domínio de Chambord, apesar de levar mais tempo chegar ao castelo: entrar na floresta, estacionar o carro (estacionamento pago) e chegar à porta do castelo… são uns bons 20 minutos.

Château de Chambord - França © Viaje Comigo

De barco no canal do Château de Chambord – França © Viaje Comigo

Château de Chambord - França © Viaje Comigo

Château de Chambord – França © Viaje Comigo

Château de Chambord - França © Viaje Comigo

Vista do terraço para o canal – Château de Chambord – França © Viaje Comigo

Chambord é outro dos locais que merece um dia inteiro de visita, por isso, vai ver muita gente a levar o piquenique e aproveitar a zona de sombra de árvores, com mesas e bancos, para desfrutar ao máximo. Além da visita ao castelo, no interior e exterior, tem depois várias atividades para fazer: pode passear nos jardins, fazer passeios de barco elétrico no canal, passeios de bicicleta, experimentar os restaurantes, fazer provas de vinhos e levar consigo os doces, das lojas gourmet junto da entrada.

Parei para almoçar no Monument Café – já dentro do espaço do Château de Chambord – onde tudo tinha uma aspeto delicioso e o melhor é que não tive de esperar para ser servida. É self service, com várias opções: saladas variadas (com ovo cozido, camarão, quinoa, massa com pesto e queijo); depois tem os pratos quentes em pequenos tachinhos, com propostas de carne ou de peixe, com legumes a acompanhar; e as sobremesas (com muito bom aspeto) desde fruta a cheesecake, bolo de chocolate e macarron… Os restaurantes estão situados na praça, antes de chegar ao castelo, junto da receção e da loja.

Monument Cafe - Château de Chambord - França © Viaje Comigo

Monument Cafe – Château de Chambord – França © Viaje Comigo

Monument Cafe - Château de Chambord - França © Viaje Comigo

Monument Cafe – Château de Chambord – França © Viaje Comigo

Se conseguir ver tudo o que quer rapidamente pode ainda encaixar na sua agenda deste dia a visita ao Château de Meung-sur-Loire (fica a 31 Km, cerca de 40 minutos de carro). Este castelo é, de todos os que visitei, um dos mais apropriados para famílias, com uma agenda muito bem feita com atividades para miúdos e graúdos. A vila é também muito pitoresca e poderá optar por jantar por lá antes de partir para o local de alojamento escolhido para esta noite.

Château de Meung sur Loire, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Château de Meung sur Loire, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Château de Meung-sur-Loire, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Cozinha do Château de Meung-sur-Loire, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Em Meung-sur-Loire estou a cerca de 25 Km de Orleães (cerca de 30 minutos de carro) e é lá que vou dormir nessa noite, no Empreinte Hôtel, Boutique e Spa, no centro da cidade e com vista para o rio Loire. Acabei por fazer o jantar em Orleães, no Oh Terroir, um restaurante que usa produtos biológicos e de produtores locais.

Empreinte Hôtel - Boutique e Spa - Orleães, França © Viaje Comigo

Empreinte Hôtel – Boutique e Spa – Orleães, França © Viaje Comigo

Orleães - Franca © Viaje Comigo

Orleães – Franca © Viaje Comigo

Cidade de Orleães, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Cidade de Orleães, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Cidade de Orleães, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

Cidade de Orleães, Vale do Loire, França © Viaje Comigo

DIA 4 NO VALE DO LOIRE

De manhã cedo, tenho marcada uma visita guiada pelo centro histórico da cidade de Orleães – pode descobrir aqui o que pode visitar em Orleães. O almoço também foi em Orleães, na Creperie Bretonne, que fica mesmo no pitoresco centro histórico da cidade.

Creperie Bretonne -Orleães - Franca © Viaje Comigo

Creperie Bretonne -Orleães – Franca © Viaje Comigo

Creperie Bretonne -Orleães - Franca © Viaje Comigo

Creperie Bretonne -Orleães – Franca © Viaje Comigo

De Orleães, parto para o Château de Cheverny. São 75 km de estrada que me esperam, mas que se fazem muito facilmente. Em uma hora estou já a estacionar no parque de estacionamento de Cheverny (parque grátis) e preparada para conhecer o château ligado às aventuras de Tintin. Também neste castelo tem muito para ver e se eu soubesse antecipadamente disso tinha almoçado por lá em vez de ter “perdido” esse tempo em Orleães. A visita ao interior do castelo é relativamente rápida, mas há exposições para ver, a estufa, o passeio de barco, passeios no jardim, a exposição de Tintin… e eu que tinha marcado o voo sobre os castelos, acabei por ver tudo um pouco a correr… nem tive tempo para ver todo  merchandising do Tintin na Loja.

Eu e o Château de Cheverny - Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Eu e o Château de Cheverny – Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Exposição de Tintin no Château Cheverny - Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Exposição de Tintin no Château Cheverny – Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Château Cheverny - Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Passeio de barco – Château Cheverny – Vale do Loire – França © Viaje Comigo

De Cheverny, saí para fazer cerca de 27 Km (uns 45 minutos de carro porque apanha uma parte de estrada de terra) para chegar a Chouzy-sur-Cisse e fazer o voo sobre os castelos e o rio Loire, com a Loisirs Loire Valley (que fica no Domaine de la Pépinière). O GPS entendeu muito bem onde este local, meio ermo, ficava e em pouco tempo estava eu a voar e a ter a incrível experiência de ter a vista dos castelos a partir do céu.

Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chambord - Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chambord – Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chambord - Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chambord – Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Cheverny - Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Cheverny – Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chaumont-su-Loire - Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Château de Chaumont-su-Loire – Voo com a Loisirs Loire Valley © Viaje Comigo

Depois da viagem de avião, e ainda com a adrenalina ao máximo, fiz a estrada para Tours – de Chouzy-sur-Cisse para Tours são 50 Km, ou seja, cerca de uma hora para entrar na cidade. O problema em Tours foi encontrar estacionamento, mas lá tive uma sorte e fiquei relativamente perto do alojamento. Fiquei instalada no bonito B&B La Maison Jules, a uns cinco minutos a pé da Catedral de Tours.

La Maison Jules - Tours - Loire - França © Viaje Comigo

La Maison Jules – Tours – Loire – França © Viaje Comigo

La Maison Jules - Tours - Loire - França © Viaje Comigo

Pequeno-almoço na La Maison Jules – Tours – Loire – França © Viaje Comigo

Como era Dia de França, no dia em que estive em Tours, havia muita gente na rua, preparada para ir ver o fogo de artifício. O jantar foi feito com base numa sugestão de uma amiga, que me levou a um restaurante tipicamente português. E provei lá uma ótima francesinha.

Restaurante Bonne Assiette - Tours © Viaje Comigo

Restaurante Bonne Assiette – Tours © Viaje Comigo

DIA 5 NO VALE DO LOIRE

O dia seguinte é o último da minha viagem e é feito com a visita a Tours e principalmente ao recém-inaugurado Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré – que tem várias exposições para visitar.

É o dia da partida, com a devolução do carro no aeroporto. Antes de sair do centro de Tours, encha o depósito do carro. O Aeroporto fica a uns 15 minutos do centro da cidade. É só chegar ao aeroporto, estacionar e deixar a chave do automóvel na caixa da respetiva rent-a-car (nota: alugar o carro ficou por menos de 300€ para os cinco dias). Depois é só atravessar a rua e apanhar o voo. Fácil! Boa viagem!

Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, Tours, França © Viaje Comigo

Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, Tours, França © Viaje Comigo

Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, Tours, França © Viaje Comigo

Entrada do Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, Tours, França © Viaje Comigo

Saiba mais sobre minha viagem ao Vale do Loire: com sugestões de hotéis, restaurantes e muitos mais locais para visitar. Clique aqui!

Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Na estrada no Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Na estrada: rio Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Na estrada: rio Loire – França © Viaje Comigo

Na estrada no Vale do Loire - França © Viaje Comigo

Na estrada no Vale do Loire – França © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Regressar ao topo

Partilhe esta página