Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo
Publicado em Novembro 28, 2017

#332 Castelo de Castro Laboreiro, Melgaço, Portugal

Norte/ Notícias/ Portugal [ Melgaço/ Uma fotografia por dia... ]

A norte de Portugal, em Melgaço, é possível visitar as ruínas o Castelo de Castro Laboreiro. Bastam cerca de 800 metros para chegar ao topo do monte e entrar nas muralhas do castelo, construído no século XIII. A entrada é grátis e a subida requer algum esforço – mas nada muito exigente. Vá subindo e fazendo as paragens que necessitar.

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Subida para o Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Subida para o Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

O castelo de Castro Laboreiro foi mandado construir pelo rei D. Dinis, embora algumas referências em documentos adiantem que existia, no mesmo local, um castelo anterior.

Este Monumento Nacional tem planta oval, com restos de pano de muralha erguida sobre fragas.

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Porta para o Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Na entrada principal, a nascente, temos a designada porta do Sol. A Porta da Traição, Porta do Sapo, fica a norte, de arco pleno sobre pés direitos.

Segundo os desenhos de Duarte Darmas, o Castelo de Castro Laboreiro tinha, por volta de 1505, as muralhas reforçadas por cinco torres quadrangulares envolvendo a torre de menagem, e com uma cisterna mais para norte.

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castro Laboreiro fica integrado no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Tem várias indicações para a subida do castelo. Do lado norte, parte do percurso tem um corrimão, ou seja, facilita na subida e descida, a quem tenha mais dificuldades. O lado sul é mais de terra batida, sem escadas em pedra, mas bem indicado e definido. Subi pelo lado de terra batida e desci pelo do corrimão. Fácil.

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Durante o ano de 2017 vou estar aqui, no Viaje Comigo, com este desafio de “Uma fotografia por dia”. A cada dia vão encontrar uma fotografia de viagem e a história que está por detrás da mesma.

Veja aqui outras imagens e outras histórias da rubrica “Uma fotografia por dia…”. Boas viagens!

Aldeia de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Aldeia de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Indicação para o Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Caminho para o Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Castelo de Castro Laboreiro - Melgaço - Portugal © Viaje Comigo

Vista do Castelo de Castro Laboreiro – Melgaço – Portugal © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página