Museu Vista Alegre © Viaje Comigo Museu Vista Alegre © Viaje Comigo
Publicado em Março 18, 2017

Museu Vista Alegre, Ílhavo, Portugal

Portugal [ Ílhavo/ Museus ]

Em Ílhavo, o Museu Vista Alegre revela a história da fábrica, como foi pioneira em muitas vertentes, e a evolução da produção da cerâmica, assim como mostrar a sua importância nos séculos XIX e XX. São mais de 30 mil peças que aqui estão reunidas e que podem ser vistas de perto. Mas, mais do que uma exposição de peças, este museu conta uma história que faz parte da História. Um projeto museológico e museográfico desenvolvido pelo Museu Nacional de Arte Antiga.

Desde o início da produção da Vista Alegre que foram guardadas peças que mostravam a sua história e evolução. Incluindo os primeiros testes, que correram mal, em alguns casos, e todas as maiores novidades e inovações na área da cerâmica.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Além do Hotel e Palácio e da Fábrica e Museu, estão ainda preservados vários espaços, como o Teatro – construção data provavelmente de 1826; foi reconstruído em 1851 – que continua a acolher apresentações e atividades. Aqui ao lado, também se mantêm as casinhas do Bairro da Vista Alegre, criado para os trabalhadores, tendo o Refeitório e a Creche.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Sala do Teatro - Vista Alegre © Viaje Comigo

Sala do Teatro – Vista Alegre © Viaje Comigo

Junto do Palácio e do Hotel está a Capela da Nossa Senhora da Penha de França – mandada edificar, em finais do século XVII, pelo Bispo de Miranda, D. Manuel de Moura Manuel. Foi adquirida em hasta pública em 1816 por José Ferreira Pinto Basto e classificada como Monumento Nacional em 1910.

Capela Nossa Senhora da Penha de França, Vista Alegre © Viaje Comigo

Capela Nossa Senhora da Penha de França, Vista Alegre © Viaje Comigo

Na fachada principal exibe a imagem da Nossa Senhora da Penha de França, Padroeira da Vista Alegre. No interior, admire os azulejos seiscentistas de Gabriel del Barco, os retábulos em mármore e talha dourada e as abóbadas decoradas com frescos. No vão da Capela-Mor está o túmulo episcopal de D. Manuel de Moura Manuel, num trabalho em pedra de Ançã, da autoria do artista Claude Laprade.

Capela Nossa Senhora da Penha de França, Vista Alegre © Viaje Comigo

Capela Nossa Senhora da Penha de França, Vista Alegre © Viaje Comigo

Foi em 1947, que ficou disponível o primeiro museu organizado e estava instalado no palácio, junto da Capela da Vista Alegre. No ano de 1964, o museu foi ampliado e aberto ao público em geral, mudando para os antigos edifícios da fábrica, local que foi renovado em 2001. Também, entre 2014 e 2016. o Museu Vista Alegre teve obras de requalificação e foram integrados dois antigos fornos, junto da receção. Durante a exposição encontra gavetas com documentos históricos que o ajudam a enquadrar toda a evolução da empresa.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Louça da Creche - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Louça da Creche – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Pela viagem entre as porcelanas, damos de caras com a louça especial que fazia parte da Creche da Vista Alegre, onde os funcionários podiam deixar os seus filhos, enquanto trabalhavam. O edifício da antiga Creche da Vista Alegre foi também recuperado e é atualmente uma extensão educativa do Museu.

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

No final da visita tem entrada direta para a loja e mesmo ao lado tem um espaço Outlet com algumas peças (de coleções descontinuadas) a preços mais baixos.

Outlet Vista Alegre © Viaje Comigo

Outlet Vista Alegre © Viaje Comigo

Outlet Vista Alegre © Viaje Comigo

Outlet Vista Alegre © Viaje Comigo

ESPAÇOS DO MUSEU VISTA ALEGRE

1. Os Fornos

São dois os antigos fornos a carvão e lenha da Vista Alegre que agora podem ser visitados, mesmo no seu interior. Em meados do século XX, eram 10 os fornos que se encontravam a funcionar e onde trabalhavam mais de 100 operários.

Fornos do Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Fornos do Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

2. A Fundação

O fundador da Vista Alegre, José Ferreira Pinto Basto era um comerciante de sucesso com uma frota de navios onde comerciava tabacos e sabões. Encontramos pormenores da sua vida, ao longo da exposição, vendo o quanto foi empreendedor e inovador. Uma das imagens mais marcantes é a fotografia, junto do seu busto, que mostra todos os que faziam parte da Vista Alegre. Ua imagem que marca a celebração do centenário da empresa e onde estão também as crianças, filhos dos trabalhadores.

Fotografia do centenário - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Fotografia do centenário – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

3. O Vidro

Antes da porcelana, a Vista Alegre produziu vidro e cristal entre 1824 e 1880. A coleção museológica reúne peças, desde 1826, e um catálogo de vidros de 1829.

A coleção integra diferentes objetos, desde copos, garrafas, frascos, galheteiros, peças decorativas e ainda outras de uso industrial.

Vidros e Cristais - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Vidros e Cristais – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

4. Pó de Pedra

Até ser encontrada a fórmula certa para a porcelana perfeita, foram feitas muitas experiências – entre 1824 e 1834 – que também podem ser vistas aqui. A coleção é composta por exemplares em porcelana, fabricados na Vista Alegre, desde 1835 até à atualidade.

Experiências - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Experiências – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

5. Modernismos

Os desenhos passaram a fazer parte das porcelanas e cada peça era uma obra de arte. Nomes como Raul Lino, Ruy Roque Gameiro e António Lima estiveram ligados à Vista Alegre com os seus trabalhos de Art Noveau, Arte Déco e Modernismo.

Abrange diferentes técnicas, entre elas grafite, tinta-da-china, aguarela, guache, pastel, carvão e refere-se a obras de caráter técnico e artístico.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

6. Comunidade Fabril

Nesta sala onde estão objetos que fizeram parte da vida de trabalhadores da Vista Alegre. Desde pincéis a tamancos ou até um antigo carro de bombeiros (a fábrica tinha a sua própria corporação).

Carro de Bombeiros - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Carro de Bombeiros – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

7. A Comemoração

Neste espaço estão peças comemorativas, desde pratos com brasões, ou porcelanas encomendadas para assinalar datas importantes do Estado, de associações e outra entidades.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

8. O Fascínio da China

“Os portugueses foram os primeiros a associar a nobreza da porcelana da China aos símbolos de linhagem de família. A louça brasonada difundiu-se e permaneceu até aos dias de hoje”, diz na informação do museu.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

9. Litofanias

A litofania é algo muito curioso e foi introduzido em Portugal pela Vista Alegre em 1860. Com uma luz no interior da porcelana desvendam-se bonitas gravuras da época. Algumas peças, além de decorativas, tinham utilidade como bules, por exemplo.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

10. Animália

Sala com peças de porcelana onde estão representados animais: alguns estão em tamanho real e com uma perfeição sublime. É de facto um notável o trabalho dos artífices, escultores e pintores da Vista Alegre.

11. Escultura

Sala com várias esculturas da Vista Alegre.

12. Louça de Aparato

A porcelana de aparato conta com peças nacionais e estrangeiras.

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

13. Contemporâneos

Peças de porcelana que são autênticas obras de arte, e que têm o cunho de artistas portugueses e estrangeiros.

Malangatana - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Malangatana – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Oficina de Pintura Manual

Depois da visita ao Museu, pode ir à oficina de pintura manual – que funciona durante a semana, em horário laboral – e onde pode observar o trabalho de pintores da Vista Alegre.

Horário Oficina de Pintura Manual: dias úteis, entre as 10h15 e as 12h30 e as 14h00 e as 16h30 (encerramento anual para férias no Verão e Natal).

Sala Vista Alegre

Desde 1851 que a Vista Alegre coleciona prémios internacionais e as peças premiadas estão aqui expostas.

Peças Premiadas - Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Peças Premiadas – Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

VISITAS E TURISMO ATIVO – ARREGAÇAR AS MANGAS

Ir visitar o Museu Vista Alegre não é só ver, mas também tem a possibilidade de arregaçar as mangas e fazer… Por exemplo, pode ser oleiro ou pintor por um dia.
Oficina de pintura: 7,00€/ peça; Oficina de olaria: 5,00€/ participante; Bilhete de família Oficina de olaria: 12,00€ (1 adulto e até 2 crianças < 18 anos)

Horário: julho a setembro, de segunda a sábado, 10h00 – 13h00 / 14h00 – 19h00; uutubro a maio – com marcação prévia; encerrado aos domingos e feriados.

Horários: diariamente, mediante marcação prévia. A entrada na Oficina de Pintura Manual realiza-se nos dias úteis entre as 10h15 e as 13h30 e entre as 14h45 e as 16h45.

Loja do Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja do Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Visita Livre ao Museu Vista Alegre

Programa que inclui visita guiada à Capela da Nª Sª da Penha de França e introdução na receção do Museu. A restante visita ao Museu tem caráter livre e inclui entrada na Oficina de Pintura Manual da Fábrica.

Horários: diariamente, mediante marcação prévia. A entrada na Oficina de Pintura Manual realiza-se nos dias úteis entre as 10h15 e as 13h30 e entre as 14h45 e as 16h45.

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

Loja Vista Alegre © Viaje Comigo

O Bairro Operário, Onde Eu Nasci

Embarque numa viagem ao passado e venha conhecer histórias do Bairro da Vista Alegre, narradas na primeira pessoa.

Horários: 2ª a 6ª feira, mediante marcação prévia
Duração: 45 minutos
Inscrição: 5,00€/ pessoa. A realização deste programa está dependente das condições atmosféricas. Participantes: mínimo 15 pessoas, máximo 30

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

VISITAS OFICINA

Visita guiada ao Museu Vista Alegre, incluindo a Oficina de Pintura Manual da Fábrica. Oportunidade de iniciação na arte da decoração cerâmica, aprendendo competências básicas da pintura a pincel com tintas cerâmicas e acompanhamento de pintores especializados da Vista Alegre.

Horários: diariamente, 10h15 / 14h00 / 16h00, mediante marcação prévia. A entrada na Oficina de Pintura Manual realiza-se nos dias úteis entre as 10h15 e as 13h30 e entre as 14h45 e as 16h45

Duração: 2h30
Inscrição: 20€/ pessoa
Participantes: mínimo 10 pessoas, máximo 20
Nota: inclui material, presença de um pintor profissional, cozedura e embalagem dos pratos

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

 

Eu Sou Ceramista!

Oportunidade de ser oleiro/a ou pintor/a por um dia, participando numa oficina de pintura ou modelação de porcelana. Dê asas à sua imaginação, trabalhando com pasta plástica ou líquida, e explorando a cor e o desenho através de pintura com tintas acrílicas. Visita guiada ao Museu Vista Alegre, incluindo a Oficina de Pintura Manual da Fábrica.

Horários: diariamente, 10h15 / 11h15 / 14h30 / 15h30, mediante marcação prévia. A entrada na Oficina de Pintura Manual realiza-se nos dias úteis entre as 10h15 e as 13h30 e entre as 14h45 e as 16h45

Duração: 2h
Inscrição: 15€/pessoa (cada participante leva a peça pintada por si ou as peças realizadas em cru)
Participantes: mínimo 15 pessoas, máximo 40

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

INFORMAÇÕES

Museu da Vista Alegre
Fábrica da Vista Alegre, 3830-292, Ílhavo, Portugal
Telefone: (00351) 234 320 600 ou (00351) 234 320 628
E-mail: museu@vistaalegre.com
No site da Vista Alegre tem a indicação dos horários e dos preços de entrada que variam muito consoante as atividades e visitas associadas

Horários do Museu: todos os dias, maio a setembro, 10h00 às 19h30; outubro a abril, 10h00 às 19h00
Encerra a 1 de janeiro, Domingo de Páscoa e 25 de dezembro
Última entrada 45 minutos antes do encerramento

Visita à Capela

Horários: diariamente, de maio a setembro: 10h45 / 11h45 / 12h30 / 14h00 / 15h00 / 16h00 / 17h00 / 18h30; de outubro a abril: 10h45 / 11h45 / 15h00 / 16h00 / 17h00 / 18h00.
Aquisição do bilhete na receção do Museu. Entrada pela porta lateral, junto ao jardim da loja

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Museu Vista Alegre © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página