Penang - Malásia © thewanderlust
Publicado em Março 8, 2017

Querem Viajar Comigo para a Malásia? Inscrevam-se aqui

Notícias/ Próximas Viagens/ Viagens promovidas/ Viaje Comigo

Como alguns já sabem, todas as viagens comigo (Susana Ribeiro) são asseguradas, preparadas e acompanhadas por agências de viagens em quem confio. São eles que são os profissionais e eu só acompanho. Esta viagem à Malásia será feita em parceria com a The Wanderlust e vamos ter a companhia da fundadora da agência de viagens, a Miriam Augusto, que será nossa guia no país. Querem viajar connosco? Inscrevam-se quanto antes – os lugares são limitados.

Taman Negara © thewanderlust

Taman Negara © thewanderlust

Penang © thewanderlust

Penang © thewanderlust

DATAS DA VIAGEM À MALÁSIA:

20 DE AGOSTO A 2 DE SETEMBRO 2017

O grupo não vai ser grande! No máximo, serão 9 pessoas, por isso apressem-se a reservar o vosso lugar!
Eu só me juntarei ao grupo se houver no mínimo 5 reservas (convidem amigos!).
Se não houver, com 4 reservas (no mínimo) irão somente com a Miriam Augusto.

PREÇO: 1280€ (passagem aérea internacional não incluída)
Duração: 14 dias de viagem

Mais informações sobre a viagem e reservas pelo e-mail: info@thewanderlust.pt

Cameron Highlands © thewanderlust

Cameron Highlands © thewanderlust

Kuala Lumpur © thewanderlust

Kuala Lumpur © thewanderlust

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

Em 14 dias de viagem:
– Alojamento: 10 noites em guesthouse, 3 noites em resort
– Transportes: 5 viagens de autocarro, 2 viagens de barco, 2 viagens de comboio, todos os transferes nas datas do programa
– 8 Refeições: 7 pequenos-almoços, 1 pequeno snack
– Atividades: todas as atividades mencionadas no programa
– Guia nas Cameron Highlands
– Seguro de viagem nas datas do programa
– Acompanhamento e orientação durante toda a viagem pela Miriam Augusto

O QUE NÃO ESTÁ INCLUÍDO?

– Passagem aérea internacional
– Visto: não aplicável
– Suplemento single: 200€
– Alimentação não especificada
– Atividades extra
– Visitas não especificadas
– Despesas de caráter pessoal
– Gorjetas

Penang © thewanderlust

Penang © thewanderlust

Mossy Forest © thewanderlust

Mossy Forest © thewanderlust

UMA AVENTURA PELA MALÁSIA COM MIRIAM AUGUSTO E SUSANA RIBEIRO
(realizado apenas com número mínimo de participantes- descrito acima)

A Malásia, habitada por uma mistura de Malaios, Indianos, Chineses e grupos indígenas, possui uma enorme herança cultural patente na sua arquitectura, gastronomia e artesanato rural.

Embora a força cultural dominante seja o Islão, a pluralidade religiosa é extremamente atrativa, proporcionando a convivência de mesquitas, templos e igrejas. Uma sociedade multicultural de sucesso, onde as suas ruas têm uma cor que não se vê noutro lado e o seu povo simpático e acolhedor, faz-nos render ao primeiro contacto.

De beleza incrível, a sua natureza presenteia-nos com uma das florestas mais antigas do mundo, praias idílicas, montanhas de vistas deslumbrantes e grutas ancestrais. Os seus inúmeros Parques Naturais, são um constante convite às caminhadas e observação de vida selvagem e as suas águas cristalinas, à exploração de um mundo subaquático encantador.

Em 14 dias, não é possível ver tudo na Malásia, mas esta aventura levar-te-á até ao centro da ação, proporcionando-te um vislumbre deste país fascinante.

Batu Caves © thewanderlust

Batu Caves © thewanderlust

DESTAQUES

– Descobre os recantos da cosmopolita cidade de Kuala Lumpur;
– Encanta-te com as plantações de chá e “farmácia verde” das Cameron Highlands;
– Deixa-te assaltar por uma mistura exótica de culturas, arte e gastronomia em Georgetown;
– Faz snorkeling nos mares turquesa das paradisíacas Perhentian Islands;
– Aventura-te pelos trilhos de uma das florestas mais antigas do mundo no Parque Nacional Taman Negara.

Prehentian Islands © thewanderlust

Prehentian Islands © thewanderlust

Perhentian Islands © thewanderlust

Perhentian Islands © thewanderlust

PROGRAMA DETALHADO – ITINERÁRIO DA VIAGEM PARA A MALÁSIA

Dia 1 – Chegada a Kuala Lumpur

Selamat datang ke Malaysia!

Depois de instalado, poderás descansar das longas horas de voo ou então aproveitar para começar a descobrir a capital deste país.
Kuala Lumpur, fundada em meados do século XIX é uma autêntica amálgama, sem um estilo coerente e facilmente o perceberás assim que deres os primeiros passos por aqui. Prédios gigantes, centros comerciais, bares, restaurantes e hotéis chiques, contrastam com barracas de comida concorridas, mercados tradicionais e templos hindus, muçulmanos e budistas.

Alojamento: guesthouse
Refeições: –

Dia 2 – Kuala Lumpur

Hoje, pela manhã, o destino são as emblemáticas Batu Caves a cerca de 13 Km de Kuala Lumpur, numa viagem de comboio.

As Batu Caves, foram descobertas pelo explorador Americano William Hornbay. Dez anos depois, dignatários Indianos locais, acharam que este era o local ideal para a devoção dos deuses Hindus e assim começou a peregrinação ao local, onde o emblemático Lord Subramanian nos dá as boas-vindas.

No entanto, a verdadeira razão para virmos até aqui são as Dark Caves. Numa tour de cerca de 45 minutos, devidamente acompanhados por guias especializados, iremos entrar num mundo cheio de formações calcárias magníficas e antigas comunidades animais com mais de 100 milhões de anos, incluíndo a aranha mais rara do mundo.

Regressados a Kuala Lumpur, a tarde é livre para descansar ou explorar os recantos da cidade. Ao fim do dia, quando o calor já não é tão abrasador, vamos até à Menara KL Tower para desfrutar do pôr-do-sol sobre a cidade. No entanto, antes de lá chegarmos, passamos pela zona florestada Bukit Nanas e fazemos o percurso de pontes suspensas.

Seguimos até às emblemáticas Petronas, o símbolo da Malásia com os seus 451,9 metros de altura, onde assistimos ao espetáculo diário de luz e som no Parque KLCC.

Podemos jantar por aqui e acabar por beber um copo nos famosos Sky Bar ou Marini’s on 57, mas sem nos esticarmos que na manhã seguinte uma longa viagem nos espera.

Alojamento: guesthouse
Refeições: pequeno-almoço

Dia 3 – Cameron Highlands

Partimos manhã cedo com destino às Cameron Highlands, numa viagem de cerca de 5 horas de autocarro entre curvas e contra-curvas.

As Cameron Highlands encontram-se a mais de 1000 metros de altitude e a verdadeira razão pela qual os viajantes aqui vêm encontra-se reflectida nas suas paisagens de beleza excepcional, nomeadamente das suas plantações de chá. No entanto, esta zona agroindustrial, alberga também produções de flores, legumes e frutas que são exóticas para o país. Sabias que o morango é o símbolo das Cameron Highlands?

Após almoçarmos a tarde é livre. Aproveita para descansar ou começar nos primeiros passos de descoberta de algumas das atrações locais.

Alojamento: guesthouse
Refeições: pequeno-almoço

Dia 4 – Cameron Highlands

A grande atração das Cameron Highlands são, sem dúvida, as suas plantações de chá. Contudo, a região proporciona fantásticas caminhadas. É precisamente isso que vamos fazer hoje!

Acompanhados por um guia, por cerca de 5 horas, percorremos os trilhos da floresta que nos levam até ao Gunung Jasar (1696m). Pelo caminho, um pouco extenuante, são-nos dadas a conhecer algumas das plantas que a “farmácia verde” da Malásia possui e a sua aplicação medicinal. Após uma paragem para desfrutar das vistas panorâmicas e reforçar energias com um pequeno snack, iniciamos a nossa descida até ao vale de plantações de chá. Prepara-te, pois a paisagem é surreal! Seguimos depois até ao Bharat Tea Estate, para uma explicação mais alargada sobre a produção das diferentes qualidades de chá.

Voltamos ao nosso alojamento a tempo de almoçar e de desfrutar de mais uma tarde livre.

Alojamento: guesthouse
Refeições: pequeno snack

Dia 5 – Cameron Highlands

Hoje deixamos as caminhadas de parte e entramos num jipe para descobrir mais um pontos da região.

A primeira paragem é no Gunung Brinchang, o ponto mais alto da Península da Malásia acessível de carro, com cerca de 2032 metros de altitude. Aqui existe um pequeno miradouro de onde se têm vistas excepcionais da área circundante, desde que as nuvens assim o permitam.

Pelo caminho, paramos ainda num jardim de plantações de chá, para mais uma explicação sobre a produção do mesmo e esclarecer alguma dúvida que tenha ficado do dia anterior. Mas o melhor, fica mesmo para o fim, a Mossy Forest e o seu cenário que mais parece tirado de um filme do Senhor dos Anéis!

Numa caminhada, iremos descobrir esta floresta e o seu ecossistema, cuja origem se deve às nuvens que constantemente cobrem esta área criando, graças à humidade, o ambiente ideal para a formação de musgo, líquenes e orquídeas.

O resto do dia, após o nosso regresso é, mais uma vez, livre.

Alojamento: guesthouse
Refeições: –

Dia 6 – Penang – Georgetown

Mais uma viagem matinal, desta vez com destino à ilha de Penang, mais propriamente à cidade de Georgetown.

Georgetown pode não impressionar à primeira vista, mas assim que chegamos ao centro, facilmente percebemos o porquê de ser património da UNESCO. Preserva lindíssimos edifícios coloniais, bem como uma mistura exótica de culturas e uma gastronomia que tem chamado a atenção internacional.

Hoje há um desafio: de mapa na mão, descobre os vários murais de arte de rua que adornam a cidade, perdendo-te entre templos budistas e hindus, sem deixar de visitar o Clan Jetty à beira-mar com as suas casas sobre estacas.

Ao final do dia, ainda que não se veja pôr-do-sol, fica a sugestão de um agradável passeio à beira-mar no distrito colonial, onde a praça de alimentação Kota Selera, nos leva pelos sabores Malaios.

Alojamento: guestouse (WC partilhado)
Refeições: –

Dia 7 – Penang – Georgetown

O dia de hoje é inteiramente livre!

Para os amantes da natureza, fica a sugestão de uma visita ao Parque Nacional de Penang, para percorrer os seus trilhos ou simplesmente desfrutar da praia.

Os amantes de cultura, poderão visitar o maior templo budista da Malásia de seu nome Kek Lok Si, bem como outros templos budistas pela cidade e apreciar um pouco mais da arquitetura eclética da cidade com uma visita à mansão Cheong Fatt Tze. O centro Hin Bus Depot Art, é também uma excelente opção para apreciar exposições, concertos e mercados de artistas nacionais e internacionais

Alojamento: guesthouse (WC partilhado)
Refeições: pequeno-almoço

Dia 8 – Perhentian Islands

De manhã cedo, despedimo-nos da Ilha de Penang e seguimos rumo a Kuala Besut, numa viagem de autocarro de cerca de 7 horas.

Chegamos ao fim da tarde e apanhamos o barco que nos levará até a um dos paraísos Malaios, as Perhentian Islands, mais propriamente a Perhentian Besar, numa viagem de cerca de 45 minutos.

Localizadas ao largo da costa Este da Malásia, as Perhentian Islands são umas das ilhas mais bonitas do mundo, com recifes de coral luxuosos e praias de areia branca, banhadas por águas cristalinas. Vai valer a pena a longa viagem de hoje!

Alojamento: resort
Refeições: pequeno-almoço

Dia 9 – Perehentian Islands

Bom dia! Podem acreditar, estão mesmo no paraíso!

Mas se pensam que vão ficar pela praia a relaxar, desenganem-se! Coloquem a máscara de snorkeling e desfrutem de um passeio de meio dia nestas águas azul turquesa. Por entre corais lindíssimos e milhares de peixes tropicais, mantenham-se atentos! Pode ser que se vejam umas tartarugas verdes e, quem sabe, um ou outro tubarão cinzento dos recifes.

Alojamento: resort
Refeições: pequeno-almoço

Dia 10 – Perhentian Islands

O dia de hoje é inteiramente livre, uma ótima oportunidade para descansares neste local divino.

Contudo, se não és daqueles que gosta de estar a relaxar na praia, podes sempre fazer um trekking pela floresta, andar de canoa, fazer mergulho, snorkeling ou voluntariado no Projecto de Conservação de Tartarugas, fazendo a diferença na tua viagem.

Alojamento: resort
Refeições: pequeno-almoço

Dia 11 – Parque Nacional Taman Negara

Bem cedo despedimo-nos das Perhentian Islands. Ainda agora estamos a partir e já temos saudades, mas chegou a altura de visitar o primeiro Parque Nacional da Malásia, o Taman Negara.

Acredita-se que esta área de beleza natural, seja uma das florestas mais antigas do mundo com cerca de 130 milhões de anos. É casa para uma variedade incrível de vida selvagem desde elefantes a macacos, bem como de pássaros exóticos como o calau. Aqui, encontramos também uma das maiores diversidades de árvores do planeta.

Chegamos ao fim da tarde, pelo que já não são permitidas visitas parque. Resta-nos descansar e esperar ansiosamente pelo dia seguinte.

Alojamento: guesthouse
Refeições: pequeno-almoço

Dia 12 – Parque Nacional Taman Negara

Pela manhã, e após um bom pequeno-almoço, atravessamos o rio de barco para chegar ao Parque Nacional. As sugestões de trilhos a percorrer são várias, mas um dos trilhos que não vamos perder é o das pontes suspensas, que nos permite experienciar a floresta do ponto de vista de um macaco, ao longo de 500 metros. Aqui, as árvores chegam a atingir os 30 metros de altura e as pontes proporcionam uma caminhada acima de algumas dessas copas de árvores. O cenário é espectacular!

Seguindo a caminhada, para aqueles que procuram um desafio adicional, podem explorar o Bukit Teresek. Estre trilho, ainda que pouco desafiante, é um pouco rigoroso mas recompensador, oferecendo uma vista panorâmica sobre o parque. Já disse que era rigorosos? Prepara-te para suar graças às condições atmosféricas tipo sauna!

A meio da tarde, partimos rumo à aldeia Orang Asli, os habitantes mais antigos da Península da Malásia. Este povo, tradicionalmente animista, tem vindo a converter-se ao Islamismo por dakwah apoiados pelo estado e evangelizados por missionários Cristãos. No entanto, o seu estilo de vida ainda se mantém bastante tradicional e é precisamente isso que vamos testemunhar hoje, respeitando, ao mesmo tempo, a sua privacidade familiar e individual.

A noite pode ser inteiramente dedicada ao merecido descanso depois deste dia de caminhada ou, para os que quiserem, fazer um trekking noturno (não incluído).

Alojamento: guesthouse
Refeições: –

Dia 13 – Para Nacional Taman Negara, Kuala Lumpur

Está na hora de regressar a Kuala Lumpur e algumas horas de barco e autocarro nos esperam. Aproveita a viagem para descansar, porque logo não há desculpas, vamos sair!

O jantar é já na movimentada Jalan Alor com os seus restaurantes e barracas de comida chinesa. Para terminar, que tal uma despedida na animada Jalan Bukit?

Alojamento: guesthouse
Refeições: –

Dia 14 – Regresso a partir de Kuala Kumpur

A tua aventura na Malásia, chega hoje ao fim. Acredito que as memórias são fantásticas, cheias de símbolos e cores diferentes, adornadas pela simpatia deste povo que tão bem nos acolheu.

Selamat tinggal dan terima khasi!

Alojamento: –
Refeições: pequeno-almoço

Mais informações aqui.

Penang - Malásia © thewanderlust

Penang – Malásia © thewanderlust

Cameron Highlands © thewanderlust

Cameron Highlands © thewanderlust

Comentários

Poderá também gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página