Moliceiros em Aveiro © Viaje Comigo®
Publicado em Setembro 5, 2016

Roteiro: 2 dias a passear na cidade de Aveiro

Centro/ Notícias/ Portugal [ Aveiro ]

São os canais que se cruzam com as ruas de Aveiro que a fazem ser apelidada de Veneza portuguesa (e também pelos barcos típicos). Eu chamaria mais de Amesterdão, pela forma como se adaptou aos tempos modernos e como se tornou uma cidade jovem (muito por causa da Universidade) sem perder o seu lado mais tradicional.

Posso dizer que já fui muito feliz em Aveiro e que esta cidade é uma das minha preferidas. Muitas vezes apanhei o comboio no Porto para ir passear ou às festas aveirenses. Nos últimos anos, distanciei-me, mas voltei para me apaixonar por esta tão pitoresca cidade.

Ria de Aveiro © Viaje Comigo

Ria de Aveiro © Viaje Comigo

O centro da cidade pode ser facilmente visitado a pé, passando pelo roteiro de Arte Nova, fazendo um passeio de moliceiro, provando ovos moles (há lojas, confeitarias e quiosques pela cidade) e conhecendo monumentos que fazem parte da sua história. Aveiro é também uma cidade que convida a andar de bicicleta: as BUGAS, são as bicicletas de utilização gratuita de Aveiro.

Normalmente, os viajantes dedicam apenas um dia à cidade – e ficam tristes por não ficarem mais tempo -, por isso, decidimos dar sugestões para dois dias em Aveiro. Boas viagens!

Escadas I Love Aveiro © Viaje Comigo

Escadas I Love Aveiro © Viaje Comigo

O QUE FAZER / VISITAR EM AVEIRO

1 – Arte Nova

A Arte Nova está por todo o lado em Aveiro. Existe um roteiro que pode fazer a pé, para admirar os edifícios com vestígios desta corrente artística. Para saber mais sobre a Arte Nova e sobre esse circuito, o edifício do Museu de Arte Nova é um ponto de partida, para perceber do que se fala.
Tem também, no seu interior, a acolhedora Casa de Chá Arte Nova e uma esplanada nas traseiras.

Pode ter todas as informações sobre o Museu de Arte Nova aqui no Viaje Comigo.

Edifício do Museu de Arte Nova de Aveiro © Viaje Comigo

Edifício do Museu de Arte Nova de Aveiro © Viaje Comigo

2 – Moliceiros

Os moliceiros são os barcos que navegam na ria de Aveiro. Antigamente, eram usados para a apanha do moliço (lodo que existia na ria), atividade que foi desaparecendo, e atualmente são usados para passear os turistas.

Saiba mais informações sobre os passeios de moliceiro aqui.

Passeios de Moliceiro em Aveiro © Viaje Comigo

Passeios de Moliceiro em Aveiro © Viaje Comigo

3 – Ovos moles

É a iguaria mais típica de Aveiro.
São várias as casas que vendem os ovos moles, mas procure sempre as que são certificadas. A Oficina do Doce, além de loja, como o nome indica tem um espaço para mostrar verdadeiramente como são feitos os doces.

Clique aqui para saber a história dos ovos moles e como pode participar nos workshops da Oficina do Doce.

Ovos Moles © Viaje Comigo

Ovos Moles © Viaje Comigo

4- Estação de comboios

A cidade de Aveiro tem uma Universidade e, como tal, cresceu muito com isso. Porque muita gente usa o comboio para ir para Aveiro, a antiga estação já não dava conta das composições que por aqui passavam e tiveram de construir uma nova, com mais linhas.

No entanto, não deixe de admirar os painéis de azulejos, com motivos regionais, do edifício da antiga estação de comboios, que fica no cimo da avenida principal da cidade.

Os azulejos mostram cenas e personagens como o pescador, a peixeira, a tricana, o Farol da Barra, as marinhas de sal, e também da região como as margens do rio Vouga, as vindimas na Anadia, a Costa Nova ou o Castelo de Almourol.

5- Museu de Aveiro

Foi um dos museus que mais me impressionou até agora. Principalmente porque não estava a contar com tamanha riqueza de obras de arte sacra, de espaços e de peças que contam a história também da própria cidade.

O museu está localizado no Convento de Jesus, a alguns passos da Sé de Aveiro. Dentro do espaço museológico vai encontrar a Igreja de Jesus, que surpreende com a sua talha dourada.

Mas, se quiser saber mais sobre o Museu de Aveiro, onde está o túmulo da Princesa Santa Joana, clique aqui.

Túmulo de Santa Joana Princesa © Viaje Comigo

Túmulo de Santa Joana Princesa © Viaje Comigo

Igreja de Jesus - dentro do Museu de Aveiro © Viaje Comigo

Igreja de Jesus – dentro do Museu de Aveiro © Viaje Comigo

6 – Sé de Aveiro

A Sé de Aveiro é também conhecida por Igreja de São Domingos de Aveiro e classificada como Imóvel de Interesse Público. A atual Sé foi, no início, a igreja do Convento de São Domingos, do início do século XV. A torre sineira ainda conserva o sino original e foi construída em 1860. Fica na rua Batalhão Caçadores Dez, 67, Aveiro.

Sé de Aveiro © Viaje Comigo

Sé de Aveiro © Viaje Comigo

7 – Edifício da Capitania

Pode admirar este edifício a partir das pontes ou das margens da ria, mas o melhor mesmo é fazê-lo a bordo de um dos moliceiros. O Edifício da antiga Capitania do Porto de Aveiro é também denominado de Casa dos Arcos e é classificado como Imóvel de Interesse Público.

É a sala de visitas da cidade, num edifício remodelado a partir de uma moagem, de princípios do século XIX. Foi construído junto à ria, com os arcos submersos. O segundo piso foi acrescentado em 1908.

Edifício da Capitania - Aveiro © Viaje Comigo

Edifício da Capitania – Aveiro © Viaje Comigo

8 – Parque Infante D. Pedro

Um espaço verde com a Avenida das Tílias, lagos, fontes, cascatas, pontes e muitos canteiros floridos. Começou a ser preparado a partir de 1862, numa área que era do Convento de Santo António. e tem também elementos de Arte Nova. Aproveite para relaxar na Casa de Chá ou num dos muitos bancos deste parque.

9 – Estátuas da Ponte

Na ponte sobre a ria de Aveiro, de frente para o edifício da Capitania (na Praça General Humberto Delgado), estão quatro estátuas que representam figuras típicas da cidade como o marnoto, a salineira, o fogueteiro e a parceira do ramo, que representam trabalho e festas. Todas são da autoria do o escultor aveirense Afonso Henrique.

Estátua O Fogueteiro - Aveiro © Viaje Comigo

Estátua O Fogueteiro – Aveiro © Viaje Comigo

Estátua A Parceira do Ramo - Aveiro © Viaje Comigo

Estátua A Parceira do Ramo – Aveiro © Viaje Comigo

10 – Igreja da Misericórdia de Aveiro

É a fachada coberta de azulejos que chama a atenção para esta igreja. A igreja com projeto de 1585 só foi finalizada em 1653, atualmente é Imóvel de Interesse Público (desde 1974).

11 – Mercado Manuel Firmino e Mercado do Peixe

Fica na Praça do Mercado, este mercado tradicional onde os aveirenses fazem as suas compras de alimentos frescos, como frutas, legumes, peixes e carnes, flores e sementes, entre outros.
Horário: segunda-feira a sábado, 07h00 às 19h00

O Mercado do Peixe celebrou 100 anos em 2004 e continua a funcionar. tem também um restaurante no piso superior.

Mercado do Peixe © Viaje Comigo

Mercado do Peixe © Viaje Comigo

12 – Ecomuseu Marinha da Troncalhada

Um espaço que conserva a história da produção artesanal do sal, tão tradicional nesta região. É um núcleo museológico ao ar livre, ou seja, o que tem para ver são os painéis explicativos que a marinha da Troncalhada exibe. Também existem visitas guiadas com técnicos para explicar tudo. Mais informações pelo telefone: +351 234 406 300

13 – Salinas

As salinas fazem parte da história de Aveiro. Pode fazer visitas, comprar produtos com flor de sal e alguns, no verão, abrem como piscina salgada e spa, com benefícios terapêuticos, como é o caso do Spa Cale do Oiro. Informações: +351 966 924 328. Preço: a partir de 2€

Salinas Cale do Oiro, Aveiro © Viaje Comigo

Salinas Cale do Oiro, Aveiro © Viaje Comigo

Spa e piscina Cale do Oiro, Aveiro © Viaje Comigo

Spa e piscina Cale do Oiro, Aveiro © Viaje Comigo

14 – Teatro Aveirense

Quando visitar Aveiro, aproveite para ver a agenda do Teatro Aveirense, para assistir a algum dos espetáculos.

15 – Lugar dos Afetos

Que saibamos não existe projeto igual em todo o Portugal. Este espaço é uma obra criativa de Graça Gonçalves, escritora e médica. O Lugar dos Afetos contém várias casas temáticas, caminhos, jardins e recantos e inclui o Parque das Emoções que é “o primeiro e único parque de jogos de tabuleiro em Portugal. Com casas, jardins e recantos temáticos inspirados nos diversos jogos de Graça Gonçalves”. Todos os jogos estão recomendados para todas as idades. Saiba mais aqui.

Casa de Aveiro © Viaje Comigo

Casa de Aveiro © Viaje Comigo

16 – Ao ar livre para famílias e crianças:

– Jardim do Rossio
– Há um parque infantil no Parque da Fonte Nova
– Parque infantil no Fórum Aveiro

Parque infantil da Fonte Nova - Aveiro © Viaje Comigo

Parque infantil da Fonte Nova – Aveiro © Viaje Comigo

Jardim do Rossio © Viaje Comigo

Jardim do Rossio © Viaje Comigo

17 – Aqui perto pode também visitar:

– Reserva Natural de S. Jacinto
– Pateira de Fermentelos, um dos maiores lagos da Península Ibérica
– Praia da Barra (com o maior farol do país)
Costa Nova do Prado – com as casas coloridas às riscas
– Ílhavo (Museu Marítimo)

Antiga Fábrica de Cerâmica de Jeronymo Pereira Campos- Aveiro © Viaje Comigo

Antiga Fábrica de Cerâmica de Jeronymo Pereira Campos- Aveiro © Viaje Comigo

18 – ONDE COMER – DOCES E RESTAURANTES

O que provar nesta região, além dos ovos moles?

Outra iguaria típica é a Tripa de Aveiro. É bolacha americana (mole e doce) com recheio. Tem muitos recheios disponíveis. Pessoalmente, gosto muito das de queijo (que fica derretido) e das de chocolates. Claro que há de ovos moles…

Tripas de Aveiro © Viaje Comigo

Tripas de Aveiro © Viaje Comigo

Caldeirada de enguias, peixes do rio e do mar (incluindo muitas receitas de bacalhau), leitão à Bairrada, chanfana (de borrego ou cabrito) e espetadas de marisco. Da última vez que andamos por Aveiro aproveitámos pata experimentar o restaurante do hotel Meliá Ria.

Numa outra vez, fui até à Costa Nova (a 10 minutos de carro do centro de Aveiro), experimentar o restaurante Canastra do Fidalgo, e aconselho.

O Sal Poente é também um dos restaurantes famosos de Aveiro e especialista em bacalhau. Apresenta uma gastronomia muito criativa, como o bacalhau mergulhado em vinho tinto, que ficou com aquela cor que consegue ver na fotografia abaixo.

Bacalhau do Salpoente © Viaje Comigo

Bacalhau do Salpoente © Viaje Comigo

Bacalhau do Salpoente © Viaje Comigo

Bacalhau do Salpoente © Viaje Comigo

Aconselharam-me também a Taberna do Canal, no Canal de São Roque, com as enguias fritas, amêijoas e chouriço assado.
Telefone: +351 234 042 475
Horário: segunda-feira a sábado: 11h00-02h00; encerra ao domingo

Casas de Ovos Moles - Aveiro © Viaje Comigo

Casas de Ovos Moles – Aveiro © Viaje Comigo

Vista do Restaurante do Meliá Ria Hotel & Spa, Aveiro © Viaje Comigo

Vista do Restaurante do Meliá Ria Hotel & Spa, Aveiro © Viaje Comigo

Restaurante do Meliá Ria Hotel & Spa, Aveiro © Viaje Comigo

Restaurante do Meliá Ria Hotel & Spa, Aveiro © Viaje Comigo

19 – COMPRAS

Ainda existem muitas lojas de comércio tradicional em Aveiro, assim como um enorme centro comercial (Fórum Aveiro) a céu aberto.

Ponte com declarações de amor - Aveiro © Viaje Comigo

Ponte dos Laços – Uma declaração de amor a Aveiro… e não só! © Viaje Comigo

20 – ONDE DORMIR

Fique com as sugestões de alojamento em Aveiro, no Viaje Comigo- leia aqui.

Meliá Ria Hotel & Spa © Viaje Comigo

Meliá Ria Hotel & Spa, Aveiro © Viaje Comigo

Aveiro © Viaje Comigo®

Aveiro © Viaje Comigo®

Aveiro © Viaje Comigo

Aveiro © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página