Nova Iorque
Publicado em Outubro 23, 2013

Guia de viagem em Nova Iorque

Estados Unidos [ Nova Iorque ]

Nova Iorque é a cidade que muitos sonham visitar. A cidade que nunca dorme e que é imaginada através das muitas séries e dos filmes que já vimos. É uma das minhas cidades preferidas e por isso estou sempre a pensar em voltar lá.

Chinatown Nova Iorque

Chinatown Nova Iorque © Viaje Comigo

São essas referências cinematográficas, e o facto de ser a cidade “onde tudo é possível alcançar”, que fazem dela a verdadeira cidade de sonho. Já Frank Sinatra em “New York New York”, dizia “If I can make it there, I’m gonna make it anywhere”. E muito acreditam e comprovam essa frase.

Este guia está em permanente atualização – ainda faltam abordar muitos outros temas como compras, coisas a fazer com miúdos, espetáculos, etc mas já consegue ser uma ajuda para quem nunca foi a Nova Iorque.

Compre aqui os seus bilhetes para as maiores atrações de Nova Iorque, sem perder tempo em filas, e com promoções

COMO IR

Se vai viajar de Portugal, a TAP vai direta para Newark e costuma ter promoções por altura da primavera/verão – no Viaje Comigo já vimos o preço de 390€ (ida e volta) que nos parece bastante bom para a viagem em questão, em comparação com outras. Mais normal é as promoções irem até aos 500€. Na época de Natal, quando muita gente viaja, os voos podem ir aos 750€ e para cima desse valor.

9/11 Memorial

9/11 Memorial © Viaje Comigo

Pela KLM vai ter de ir até Amesterdão antes de seguir para os Estados Unidos. Com a Lufthansa vai ter de ir até Frankfurt. Estas duas companhias costumam ter mais promoções e preços mais baixos, é uma questão de ajustar as datas em que vai e, se não se importar de estar a perder algum tempo em aeroportos, poupar uns 200 ou mais euros. Para Nova Iorque, os voos na altura de Natal e de Ano Novo são os mais caros.

VISTO

É necessário tratar do ESTA que é uma pré-aprovação da sua viagem para os Estados Unidos. O que não implica, para toda a gente, que tem entrada garantida nos EUA.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

O ESTA deve ser tratado com antecedência através deste site: https://esta.cbp.dhs.gov/esta/. Custa cerca de 15 dólares cada um – e tem a validade de dois anos.

No preenchimento vai ter de dar uma morada, a do seu hotel, ou do local onde vai ficar alojado. É assim que os EUA sabem que você vai viajar para lá. Se, ao sair do avião, eles virem que você pode ser uma ameaça ao país, não chega nem a passar a parte do aeroporto.

No aeroporto, vão-lhe perguntar o que foi lá fazer: se foi de férias, em trabalho, etc Não pense que vão ser simpáticos consigo. O trabalho deles é confirmar quem está a entrar para o país por más razões… uma delas é a emigração ilegal. Muitos entram e poucos saem…

Guia de viagem em Nova Iorque

Metro de Nova Iorque © Viaje Comigo

QUANDO IR

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

Sempre tinha sonhado em ir a Nova Iorque na altura do Natal. Portanto foi nessa altura que fui a primeira vez àquela cidade. É uma altura de muito frio, mas ainda assim tivemos muita sorte com o tempo. Estava um frio horroroso, sempre com temperaturas negativas – dentro dos espaços fechados está muito calor, por isso vista-se com camadas de roupa, para ir tirando – e apanhámos um dia de neve.

Mas, por muito engraçado que tenha sido andar em Nova Iorque com neve, começámos a não achar tanta piada quando vimos que o aeroporto ficou dois dias com voos em atraso… Mas, mais uma vez, a sorte esteve do nosso lado e quando chegou o dia de ir para o avião já estava tudo normalizado e partimos à hora marcada. Não há coisa pior do que apanhar horas e horas de espera no aeroporto… e quem sabe ficar ali à espera (e a dormir, como tantos) à espera do nosso voo.

E mesmo os nova iorquinos estavam excitadíssimos por causa da neve que caía! Isto porque já há muitos anos que não nevava na altura de Natal em Manhattan! A excitação era tanta que abriam os telejornais regionais com isso e os pivots dos canais de informação vibravam com as imagens em direto de Times Square coberta de neve.

Em dezembro, a magia de Natal está em todo o lado e é espetacular o ambiente natalício nova iorquino: as decorações nas ruas principais, a musiquinha de Natal… Ah! E os americanos fazem promoções (super-promoções) a seguir ao Thanksgiving Day (ação de Graças), então as grandes lojas (megastores) estão todas com pechinchas.

Empire State Building

Empire State Building © Viaje Comigo

Mas, já vos disse que o frio é de rachar? E com algum azar pode não conseguir ver nada em locais como Empire State Building – se estiver nevoeiro ou muitas nuvens perde-se metade da magia das vistas do local. Se estiver a nevar ferozmente, como nós apanhamos num só dia, não se vê um palmo à frente. Os gorros ganham uma película de gelo no topo e estamos sempre desejosos de entrar num café para aquecer as mãos com um copo de café – sim, mãos geladas, mesmo com luvas.

Da segunda vez que fui para Nova Iorque foi em fevereiro. No meu aniversário. O frio não era tanto (mas estava frio!) e apanhamos sempre sol. Mais uma vez a sorte estava do nosso lado. Só apanhamos um dia com tanto vento, mas com tanto vento, que até custava caminhar na rua. E as temperaturas eram tão baixas que o sol não fazia efeito nenhum. Aquecimento zero.

Ainda hei-de descobrir tudo o que me falta conhecer na cidade desfrutando da primavera nova iorquina. Gostava de viajar para lá sem casacões, cachecóis, luvas, gorros e meias quentes. E de andar em Central Park sem ser a tiritar. O verão será demasiado quente, com temperaturas médias de 23º e podendo chegar aos 40º.

No inverno, a temperatura média é de 1 grau. Na primavera, mínimas de 10º e máxima de 25º.

ONDE FICAR ALOJADO EM NOVA IORQUE

Escolher um sítio onde ficar em Nova Iorque não é propriamente fácil. Há muita oferta, em diferentes locais, e os preços variam muito consoante a área onde estão situados os hotéis.

Nova Iorque não tem época baixa… está sempre em alta, mas os preços podem ir variando e há hotéis (desde os mais caros e luxuosos aos mais baratos) que vão fazendo promoções que valem mesmo a pena. Sugestões de hotéis em Nova Iorque e a experiência do Viaje Comigo em Manhattan.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

Vista do Top of The Rock

Vista do Top of The Rock© Viaje Comigo

 NOVA IORQUE É SEGURA?

Central Park

Central Park © Viaje Comigo

É uma das perguntas que mais me fazem. Nova Iorque é das cidades mais seguras onde já estive. A cidade vive tanto do turismo que não pode dar-se ao luxo de ter muita gente a roubar no meio da rua. Hão-de existir alguns meliantes. Certamente! Eu nunca os vi!

É certo que na televisão vemos aqueles aparatos policiais todos, mas nunca tive receio de andar na rua, mesmo de noite, até porque a maioria das ruas é muito movimentada.

Há polícias em quase todas as esquinas e por zonas de Manhattan e ainda há polícias à paisana também espalhados – informação que me foi dada por quem lá vive há muitos anos.

Já vimos operações stop em Times Square com unidades anti-bomba, a passar um espelho debaixo dos carros para ver se têm explosivos. Mas está toda a gente tão habituada a isso, que já ninguém liga, nem pára para olhar.

Tiffany & Co

Tiffany & Co em Nova Iorque © Viaje Comigo

TRANSPORTES

Eu caminho muito, muito, mas mesmo muito em Nova Iorque. Nunca lá andei de táxi (mas se andar, saiba que lhe vão pedir gorjeta no final) e quando me precisava de deslocar para grandes distância ia de metro.

As estações do metro serão conhecidas mesmo para quem nunca foi a Nova Iorque. É tal e qual como nos filmes 😀 Milhares de pessoas a entrarem e saírem e longe de ter um aspeto limpo!

Uma vez apanhámos um sujeito a ler a Bíblia, em voz alta, na estação de metro. Nem a passagem do metro lhe abafava a voz. E enquanto lia dizia “E a maior mentira de todos os tempos é dizer que o filho de Deus nunca existiu”. E repetia isto de cada vez que tinha novos “ouvintes” na estação.

Bilhetes para o metro: há a opção para uma semana de viagens ou então bilhetes avulsos.

ONDE COMER

Little Italy

Little Italy © Viaje Comigo

Os famosos cachorros nova-iorquinos estão nas ruas à venda. É só pão com salsicha, e molhos, mas quando a fome aperta é muito bom, para comer e continuar a caminhar na rua. Na rua tem ainda comida asiática, feita nos carrinhos mesmo à sua frente com take away.

Agora, na cidade que nunca dorme, pode encontrar todo o tipo de restaurantes. Os hambúrgueres são obviamente o que mais há, mas há mais vida além do McDonald’s. Em quase todos os lados que provei hambúrgueres são bons – a Wendy’s é um exemplo. Pelo menos nunca tive uma má experiência.

Sugiro uma passagem pelo bar que serviu de inspiração à série “How I met your mother”. O McGee’s Pub não é igual ao bar da série! Mas era aqui que os guionistas da série se inspiravam para escrever as histórias do Ted, Barney e amigos.

É um bar ao estilo irlandês com bom ambiente e uns bons hambúrgueres. Têm cartazes com os atores pendurados na parede, passam os episódios da série nas televisões e na ementa garantem que vai ser  Legen… Wait For It… Dary! (os fãs da série perceberam!). O McGee’s fica na 240W na 55th Street, entre a Broadway e a 8ª avenida. Pode saber mais sobre o espaço aqui.

How I met your mother

O grupo “How I met your mother” em frente ao bar – DR

Do outro lado da rua deste bar, está o “nazi das sopas”. Agora, só vai perceber o que quero dizer com isto, quem é fã da série Seinfeld. Há um episódio sobre um homem que vende sopas em Nova Iorque e ele ficou famoso. Só mesmo em Nova Iorque 😀

Se não sabem do que falo, podem clicar aqui mesmo e ver e ler mais.

A próxima sugestão fala de Portugal, mas não, não vos vou mandar comer comida portuguesa em Nova Iorque! José Meireles é um português emigrado, há muitas décadas, em Nova Iorque e dono do Le Marais, um restaurante de cozinha Kosher com pratos fantásticos. Um dos restaurantes de alto nível em Nova Iorque e onde vão algumas celebridades. Preço médio: 70 dólares.

Não se esqueça que a gorjeta é obrigatória. Explicando melhor: existe o hábito de deixar cerca de 10% da conta como gorjeta, se acha que foi bem servido. Se não deixar, vão questioná-lo sobre o que correu mal. Ou seja, nos preços que vê nos restaurantes acrescente sempre uns 10 ou 15% para deixar ao empregado. Os empregados da restauração ganham por norma o salário mínimo nacional, tudo o resto é ganho com a divisão das gorjetas, no final de um dia de trabalho. Por isso, o serviço em geral é rápido. Quantos mais clientes servirem e ficarem satisfeitos mais eles ganham e mais ganha também o patrão.

Little Italy é muito turístico e o pouco que sobra (já só é uma rua e pouco mais) são os restaurantes, com preços um pouco mais elevados, porque só mesmo os turistas é que lá vão. Os cafés em Little Italy são muito frequentados por gente conhecida, do cinema e das artes.

O QUE VISITAR EM NOVA IORQUE

A maior parte dos sítios turísticos são a pagar… e bem! As atrações são bastante caras, mas ainda existem algumas de borla – leia mais abaixo o que fazer em Nova Iorque gratuitamente.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

1. Empire State Building

Tem vistas fantásticas sobre a cidade, mas assegure-se que as vai ver. Se estiver mau tempo vai pagar e não vai ver nada. Para evitar filas, compre o seu bilhete online.

2. Top of The Rock

No primeiro ano em Nova Iorque toda a gente faz questão de ir ao Empire State Building, por isso, da segunda vez fui ao Top of The Rock. Primeiro porque a série estava na moda, segundo porque tem muito a ver com a minha área de comunicação – tem lá estúdios de gravação de programas e até pode fazer uma simulação. Mas se quiser trazer esse DVD da simulação passa couro e cabelo. Isto tudo para dizer que tem muito mais para ver e fazer do que o Empire State Building e – para mim – a vista é muito melhor, diretamente para o Central Park. Evite as filas comprando o seu bilhete online.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

3. Rockefeller Center

Quem souber patinar tem aqui um sítio para se divertir. Quem não souber patinar tem aqui um sítio para ficar com algumas nódoas negras, espalhadas pelo corpo, e correr sérios riscos de o vídeo da sua experiência ir parar ao YouTube 😀

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade © Viaje Comigo

4. Estátua da Liberdade

Vale a pena apanhar o barco e ir à Estátua da Liberdade e a Ellis Island. É um bonito passeio e vimos com uma lição de história monumental, principalmente depois da viagem à segunda ilha. Por causa dos atentados, a Estátua da Liberdade esteve sempre fechada a turistas quando lá fui, por isso, só a visitei por fora. Compre o bilhete online e evite filas.

5. Museu da Imigração de Ellis Island

É museu e história viva da emigração em Nova Iorque. Lembram-se de no filme “O Padrinho” quando o Vito “Corleone” chega à América? É aqui mesmo que fica e decorre a cena em que o pequeno Vito fica a olhar, pela janela, a Estátua da Liberdade. Evite filas, compre o seu bilhete online.

Ellis Island

Ellis Island © Viaje Comigo

6. 9/11 Memorial

No mesmo local onde estavam as torres gémeas do World Trade Center está agora o memorial dedicado a todas as vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001. Tem também, neste local, o Museu do 11 de Setembro, aberto em maio de 2014.

7. Museus (ver abaixo a lista dos Museus mais importantes)

Dizem-nos que a entrada é gratuita, mas existe sempre um preço indicativo de donativo e ronda os 20 dólares ou mais.

Tenha em conta que, ao visitar um museu, vai lá passar quase um dia inteiro. Mas, alguns têm a possibilidade de fazer uma visita guiada, organizada, que permite conhecer as partes mais importantes, já que é impossível conhecer num só dia qualquer um dos museus. Aconselhámos uma visita: o Met – The Metropolitan Museum of Art; MoMA – The Museum of Modern Art; Guggenheim; e American Museum of Natural History.

Veja as promoções disponíveis nesses museus e compre o seu bilhete online, para evitar as filas.

Há ainda o Museu do 11 de setembro, aberto desde maio de 2014.

8. Espetáculos da Broadway – pode comprar nas bilheteiras dos próprios teatros, escolhendo os lugares mais baratos. Em Times Square existem bilheteiras com ingressos a metade do preço, mas são para as primeiras filas, por isso, mesmo com metade do preço os bilhetes são caros. Eu consegui ir ver “O Fantasmas da Ópera” por 20€ doláres/ por pessoa.

Pode ainda ler mais sobre outros musicais que estão na Broadway – clique aqui.

9. Wall Street

10. Flatiron Building

11. Harlem: Apollo Theater

Flatiron

Flatiron © Viaje Comigo

Apollo Theater

Apollo Theater © Viaje Comigo

12. Bairros a visitar em Nova Iorque: Chinatown, Little Italy, SoHo, Greenwich Village, etc

(guia em permanente atualização com novos dados)

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

13. Museu e Memorial 9/11

O Museu do 9/11 tem entrada paga, mas às terças a entrada é gratuita. Saiba tudo aqui.

No Memorial 9/11 já não é necessário ingresso para entrar.

O QUE FAZER EM NOVA IORQUE SEM PAGAR: O QUE É GRÁTIS?

Além da arquitetura da cidade que se pode admirar em cada esquina existem muitas atrações que pode visitar sem ter de pagar nada. O Viaje Comigo reuniu uma lista de visitas e passeios que pode fazer sem ter de pagar nada. Leia aqui as Coisas Grátis que pode fazer em Nova Iorque.

Times Square

Times Square © Viaje Comigo

1. Times Square

Assim de repente, nem sabe bem dizer porque é que Times Square é assim tão importante. É um cruzamento com néons, luzes, cartazes dos espetáculos da Broadway e o local onde se celebra a passagem de ano em Nova Iorque. Times Square representa o brilho desta cidade. Dia e noite está sempre cheia de turistas e, de um momento para o outro, podem acontecer concertos pop up. Tanto estão lá como desaparecem!

Debaixo das escadas de Times Square, que toda a gente usa para fazer as fotografias, estão as bilheteiras para os espetáculos da Broadway. São bilheteiras especiais. Em cada dia – e a Broadway nunca fecha – há bilhetes para as melhores filas a metade do preço. Os primeiros a chegarem ficam com eles.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

Claro que a metade do preço continua a ser caro. Estamos a falar de bilhetes a 50 ou 70 dólares, ou seja, eram de 100 ou 140 dólares – e ainda há mais caros. Dica: nas próprias salas de espetáculos encontra bilhetes mais baratos mas são para filas mais para trás, no fundo da sala.

Em Times Square estão lojas emblemáticas: o Hard Rock Café, o Planet Hollywood, o TGIF, etc E ainda o Bubba Gump, a loja inspirada no filme “Forrest Gump” com todo o merchandising relativo ao filme. Frases em pins, canecas, tshirts, como “Stupid is as stupid does” ou “My mama always said life is like a box of chocolats”. Lembram-se do Tom Hanks nesse papel?

2. Grand Central Terminal Uma estação de comboios e metro que merece mesmo uma visita!

3. Central Park

Deve mesmo planear a visita ao Central Park – é tão grande que corre o risco de ir pelos sítios menos interessantes quando há tanta coisa gira para ver. E leve calçado confortável porque vai caminhar muito.

4. Ferry para Staten Island

É um passeio de barco e não se paga nadinha. Ainda apanha a vista para a Estátua da Liberdade e as melhores vistas para a Manhattan. Leve a máquina fotográfica e desfrute do passeio! Depois é só sair do barco, quando chegar a Staten Island, e voltar a entrar.

5. Catedral de Nova Iorque

É muito provavelmente a catedral com mais ecrãs, colocados nas colunas, em todo o mundo.

St. Patrick's Cathedral

St. Patrick’s Cathedral – Nova Iorque © Viaje Comigo

6. The High Line

Adoro este sítio! Acho fantástica a forma como foi reabilitada uma linha férrea (de 1930) transformada em parque urbano ou, se preferirem, jardim suspenso. Há sempre gente a passear por lá e tem cadeirões grandes para relaxar. É uma zona muito trendy.

High Line, Nova Iorque

High Line, Nova Iorque © Viaje Comigo

High Line

High Line, Nova Iorque © Viaje Comigo

High Line

High Line © Viaje Comigo

7. Ponte de Brooklyn

Mais coisas grátis em Nova Iorque.

COMPRAS EM NOVA IORQUE

O Viaje Comigo já fez uma lista das lojas mais fashion, as mais conhecidas e sugestões para todos os bolsos – dos mais caros aos mais baratos.

Basta clicar aqui e vai para a lista de locais de compras em Nova Iorque, desde a Victoria’s Secret até à Apple.

Dicas úteis:

New York Pass: o cartão lhe dá descontos nas entradas em muitos espaços que pode querer visitar, evitando ainda as filas de espera.

Guia de viagem em Nova Iorque

Guia de viagem em Nova Iorque © Viaje Comigo

Comentários

Poderá também gostar de

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regressar ao topo

Partilhe esta página